Sony anuncia plano para forçar retrocompatibilidade em futuros jogos do PS4 no Playstation 5

A Sony acaba de anunciar um plano que obriga a todos os desenvolvedores que irão lançar um jogo para o Playstaiton 4 após o dia 13 de julho de também criarem uma versão para o Playstation 5. Tal medida foi anunciada após a Microsoft oficializar que milhares de jogos estarão disponíveis no lançamento do Xbox Series X.

Isso significa que todos os jogos do PS4 recebidos pela Sony para testes após o meio daquele mês são tecnicamente retrocompatíveis – jogáveis ​​no console de última geração da Sony – embora seja responsabilidade do desenvolvedor de cada jogo garantir que esse seja o caso.

A documentação do desenvolvedor – lançada no site interno de parceiros da PlayStation e vista pela Eurogamer – detalha uma opção que os desenvolvedores devem verificar para confirmar se o jogo foi testado quanto à compatibilidade com o hardware PS5. Esta opção foi adicionada no final de abril em uma nova versão do kit de desenvolvedor de software PS4 da Sony.

Além disso, a documentação da Sony esclarece o que significa “retrocompatibilidade“. Um jogo será considerado retrocompatível com o PlayStation 5 somente se seu código de envio for executado sem problemas na máquina de próxima geração da Sony e oferecer os mesmos recursos no PS5 e no PS4.

Atenção, se um jogo foi originalmente enviado à Sony antes de 13 de julho de 2020, qualquer novo patch ou remasterização após essa data não exigiria retrocompatibilidade com o PS5, mas seria “fortemente recomendado” pela japonesa.

Se um jogo foi originalmente enviado à Sony após 13 de julho de 2020, qualquer patch ou remasterização futura desse jogo precisaria manter a retrocompatibilidade com o PS5. Uma vez que um jogo é compatível com PS5, ele deve permanecer assim.

Vale ressaltar que tudo isso se aplica aos jogos enviados à Sony após 13 de julho, que não são os mesmos lançados após essa data. Geralmente, os envios são feitos bem antes do lançamento para garantir que a equipe de certificação da Sony possa aprovar o jogo a tempo.

Por exemplo, o próprio Ghost of Tshushima da Sony é lançado em 17 de julho, mas terá entrado na certificação antes do encerramento de 13 de julho. Não precisará especificamente ser retrocompatível com o PlayStation 5. No entanto, como um dos títulos da Sony, talvez deverá suportar o PlayStation 5.

Muitos editores de terceiros já confirmaram que apoiarão o método Smart Delivery da Microsoft para propriedade entre gerações no Xbox, projetado para oferecer a melhor versão de um jogo para a plataforma em que você está jogando. A Ubisoft usará isso para fornecer a propriedade entre gerações do Assassin’s Creed Valhalla, assim como o CD Projekt Red com o Cyberpunk 2077. (A EA, enquanto isso, decidiu que alguns de seus jogos terão uma janela de “atualização” por tempo limitado ).

Quanto aos jogos lançados anteriormente, a Microsoft declarou sua intenção, há um ano, ter o catálogo completo do Xbox One trabalhando no lançamento do Series X, bem como todos os jogos do Xbox 360 existente no programa de retrocompatibilidade e do Xbox original também. E, como a Microsoft revelou à Digital Foundry em março, ela fornecerá melhorias – como a adição de HDR – aplicadas automaticamente.

Além disso, os jogos da retrocompatibilidade do Xbox poderá ter taxa de frama dobradas e resolução 4K. Já vimos como Red Dead Redemption (original) ficou com uma qualidade de remaster ou até mesmo The Witcher 2, um clássico do Xbox 360. Além disso, tais títulos irão se beneficiar do “Quick Resume“.

Esta atitude da Sony em obrigar desenvolvedores a suportar a retrocompatibilidade poderá consequências desconhecidas. Vamos acompanhar os próximos passos para entender como a indústria reagirá a isso.

126 comments on “Sony anuncia plano para forçar retrocompatibilidade em futuros jogos do PS4 no Playstation 5

    1. Isso está se tornando muito evidente agora, mas ela sempre foi assim. Não duvido que no caso da Sony quem quiser seu jogo retrocompatível terá que pagar, não à toa a Microsoft bateu logo na tecla que não será preciso pagar por isso.

    2. Bem burros vcs hein, a sony fez o mesmo em abril de 2018 com o ps4 pro, obrigando todos os jogos a serem enhanced. Ela tb fez o mesmo com ps vr obrigando todos os jogos a rodarem a 60fps. E não aconteceu nada. Só sucesso. Pro vendeu bem mais q o xboxta x e o ps vr é de longe o HMD mais vendido do mundo.
      Fiquei feliz com essa notícia CYBERPUNK, GHOST, LAST OF US, DREAMS (JÁ FOI DITO, VE NO GOOGLE), VINGADORES, só botar o disco no meu ps5 e jogar. E o principal pro povo NOVO COD E FIFA 21 RETRÔ DAY ONE NO PS5.

      1. O que a Sony fez foi obrigar que todos os jogos devessem funcionar tanto no PS4 normal quanto no Pro. O resultado disso foi que pouquíssimos jogos realmente tiraram bom proveito do “4k” e HDR, diria que uns 10. O resto foi só encheção de linguiça para dizer que era enhanced, melhor que a versão normal.
        E ok, supondo teoricamente que número de vendas fosse sinônimo de qualidade ou de benefícios para o consumidor, que fontes vc tem dizendo que o PS4 Pro vendeu mais que o XB One X (quando o número de vendas dos dois é bem obscuro) e que o VR (com “apenas” 5 mi de unidades vendidas) é o HMD mais vendido?
        OBS: Retrô de Fifa/PES e COD, que são jogos anuais, não é nada para se comemorar, até pq a tendência é que as atenções dessas produtoras 3º party sejam totalmente voltadas ao console novo e relegue o PS4 a ports capados e mal feitos.

    3. Isso prova a incompetência da Sony, tira o deles da reta, sabia q a retro do ps5 seria capada mas conseguiu ser pior do q imaginava. Parabéns para a Sony conseguindo se superar cada vez mais.

    4. Agora vc virou acionista de empresas. A decisão da sony é a melhor pro CONSUMIDOR, pois GARANTE a retro DAY ONE.
      Aliás essa notícia mata a outra notícia porca desse site KKKKKK
      Em vez de atualizar a outra e corrigir, a jorgete prefere mais views.

      1. Mais ele vevi disso. Views E aproveita a base de clientes que ficam na treta diariamente, discutindo coisas sem serem acionistas. rsrsrsrs. Falando nisso dá de investir nessas empresas daqui no Brasil.

  1. ”A Sony acaba de anunciar um plano que obriga a todos os desenvolvedores que irão lançar um jogo para o Playstaiton 4 após o dia 13 de julho de também criarem uma versão para o Playstation 5.”

    Se virem.

    1. Tomara, pois vai vender ps5 feito água. Ja o xboxta não terá exclusivos em 3 anos, pra q comprar um se halo infinite e hellblade 2 rodarão no xbox one kinect 720p de lançamento?

      1. Hellblade 2 é exclusivo de Series X. Agora você queria que um jogo lançado no fim do ano não saísse mais pro One? Que merda de consumidor é você?

      2. Não sei se é desinformação ou se você está tentando vender uma narrativa. A MS disse que nos primeiros anos do Xbox Series X, o console não teria jogos exclusivos para nova geração e sim compartilhados com a anterior, mas é óbvio que haverá varios exclusivos, só neste ano terá Scorn e The Medium. E eu particularmente acho isso ótimo para o consumidor, que vai poder aproveitar jogos novos no console antigo, ao contrário do PS4, que irá receber um ou outro exclusivo compartilhado com a estréia do PS5 e depois definhará com ports mal feitos/multis até morrer. Sem dúvidas a MS é a empresa do ramo de consoles que mais respeita o consumidor, especialmente no Brasil.

  2. “O que a Sony pretende apresentar na próxima semana? Espere um foco bem naquilo que for possível: jogos rodando em tempo real no PlayStation 5. A empresa está ciente da recepção negativa do Inside Xbox promovido pela Microsoft há algumas semanas, onde os fãs se irritaram com a falta de gameplay.”

    Diz o relatório.

    1. Chora, a retrô do ps5 será a melhor pq será automatica. O jogo de ps4 não sai sem isso. Day one junto com o xbox q vai ter q lançar patch depois kkk

  3. Enquanto ela for líder no mercado e os jogos venderem mais na sua plataforma, ela vai poder fazer esse tipo de coisa e as devs se sujeitaram a isso visto que terá lucro de toda maneira.

    Veja a Apple com suas frescuras para lançarem aplicativo em sua store, por exemplo. Os devs tem que pagar a licença todo ano e ter um mac obrigatoriamente para gerar os certificados necessários para publicação e as softwarehouse seguem isso e ninguém reclama.

    1. Imagine que tu ta a 2 anos fazendo um jogo pro PS4, ai quando vai lançar ele você é obrigado a lançar pro 5, tu vai ter que comprar o dev kit do 5, fazer muitos ajudes no jogo e refazer todos os teste que já foram feitos antes, imagine o custo e o atraso que vai dá

          1. Na vdd, pelo que tenho visto dos comentários dele, ele nem sabe o que fala. Uma hora fala que é retro e em outra fala que não. Uma hora fala que eles serão obrigados e em outra fala que não… Não leve a sério o que diz. ??‍♂️?

  4. Retro não, ela quer obrigar os desenvolvedores a lançar jogos compatíveis com o PS5, jogos que seriam lançados apenas no ps4 ela quer obrigar a ter uma versão par ao ps5, isso não é retro, retro seria lançar apenas no ps4 e o ps5 rodar da mesma forma.

      1. Melhor ainda, muito mais jogos pra ps5 vindos do Japão. Tem por volta de 500 jogos sendo produzidos agora no ps4. todos esses no ps5? maravilha

        1. É sério que diante dessa situação tu ainda defende? Incrível o quão vc é fissurado numa marca que ainda vem aqui aplaudir essa atitude. Tu quer comparar a biblioteca de retrocompatíveis do xbox original, 360° e one, tudo em um console só? Isso que é maravilha. Legal vai ser tu comprando um las of us 2 pro ps4 em junho e dps ter que comprar um remasterizado pro ps5. Maravilha!

        2. Tem fonte de que existe essa quantidade de jogos sendo produzida para o PS4? É muito mais sensato as produtoras lançarem direto para o PS5, ainda mais com essa nova obrigação da Sony, que já as fariam portar para o PS5 de qualquer modo.

    1. Um detalhe que tem passado desapercebido é que enquanto a Sony terceiriza o trabalho de testar a retrocompatibilidade dos jogos aos desenvolvedores, a MS faz todo o trabalho internamente.

      Isso vai se materializar na própria qualidade do recurso quando os consoles forem lançados.

  5. Cara, dá pra ver que estão fazendo tudo isso de última hora. Isso é um péssimo sinal.

    Olha isso aqui:
    “Um jogo será considerado compatível com PlayStation 5 apenas se seu código de envio for executado sem problemas na máquina de próxima geração da Sony, e fornece os mesmos recursos no PS5 como no PS4.”

    Claramente se vê uma tentativa da Sony de adequar seu console a uma coisa que não foi planejado desde o início pra ser feita, pelo menos não tão ambiciosa. Só que agora estão tentando fazer modificações por causa da concorrência. Isso não é bom.

    1. Essa parte que você pegou não é nada mais do que ela querendo dizer aos desenvolvedores que só não irá cobrar por 2 jogos lançados na Store se o jogo para se dar download seja o mesmo, o que piora a situação das desenvolvedoras.

    2. A retrocompatibilidade atual do Xbox vem de anos de muito trabalho, testes e lapidação, com uma equipe gigantesca, talvez a maior dos estúdios internos. É um trabalho que simplesmente a concorrência não pode igualar, não por demérito, mas por mérito da MS em acreditar numa visão e investir fortemente nela. Não é fruto de improviso.

      Os recursos prometidos com o Series X são uma grande evolução ao que já vem sendo feito com o Xbox One/ One X, então todo esse expertise adquirido durante o tempo fará toda a diferença no lançamento do novo console.

      1. Exatamente. O trabalho dessa equipe de retro é sensacional. Até acho que não é reconhecido.

        No último texto do blog de Xbox escrito pelo Jason Ronald, ele cita essas partes técnica. Disse que o Series X tem um processador e sistema operacional pensado na retro compatibilidade.

        1. O que eu percebi aí é que enquanto a MS traz pra si o trabalho de garantir compatibilidade dos jogos, a Sony repassa aos desenvolvedores. A diferença é bem clara pela mensagem que ambas as empresas passam.

  6. Bem burros vcs hein, a sony fez o mesmo em abril de 2018 com o ps4 pro, obrigando todos os jogos a serem enhanced. Ela tb fez o mesmo com ps vr obrigando todos os jogos a rodarem a 60fps. E não aconteceu nada. Só sucesso. Pro vendeu bem mais q o xboxta x e o ps vr é de longe o HMD mais vendido do mundo.
    Fiquei feliz com essa notícia CYBERPUNK, GHOST, LAST OF US, DREAMS (JÁ FOI DITO, VE NO GOOGLE), VINGADORES, só botar o disco no meu ps5 e jogar. E o principal pro povo NOVO COD E FIFA 21 RETRÔ DAY ONE NO PS5..

    1. Ae cabeça de camarão. Se sony enviar o cocô do Ken Kutaragi com leite moça de bride vocês comem rindo. Sem retrocompatibilidade capada wins chora !

  7. Já no xboxta….. Só depois q a MS testar um por um igual fez com 360. Será q chega a tempo do lançamento? No ps5 ta garantido q vai, até os indies.

  8. Até ontem haviam dito por aqui mesmo que não teria retro, decidam-se.
    Sony ”obrigando” os devs a trabalhar, isso só mostra o poder que a plataforma tem, os devs como sabem qual a plataforma que vai pagar seus projetos obedecerão como ovelhinhas no pasto.

  9. Sabe qual a diferença do PS5 e o Series X?

    A Microsoft planejou o novo Xbox com sangue nos olhos. “Vamos criar o melhor console!!”. Se percebe que o planejamento, a arquitetura do Xbox Series X é bem mais ambiciosa.

    Do outro lado a Sony planejou um console padrão, assim como foi o PS4. A diferença é que o salto geracional no PS5 é muito maior.

    1. Em hardware os cara perderam feio. Mas ainda vejo gente não aceitando isso.

      Vamos printando, e quando sair os multiplataformas e comparação da DF, mostraremos isso na cara deles… Pra colecionar mais uma vergonha dos pôneis.

    2. O PS5 é um console extremamente mal planejado. É completamente desiquilibrado a capacidade do SSD com o poder de processamento da GPU, e pra piorar o conjunto todo é desiquilibrado com a capacidade de arrefecimento de temperatura.

      1. Eu achei bem estranho mesmo essa diferença absurda no SSD. Posso estar muito enganado e não sei se é possível fazer, mas acredito que eles colocaram esse SSD de última hora pra tentar fazer uma frente na potência do Series X.

      2. Vc me deu uma boa idéia aqui, já pensou colocar o SSD do PS5 no Series X ? Tenho certeza que a Microsoft não vai possuir um bloqueio físico pra isso, imagine só os sonystas vendo um Xbox recebendo upgrade sendo que eles não vão poder tirar a CPU e GPU do SX kkkkkkkkkk

    3. Eu acho que a Sony investiu muito forte no SSD do ps5, que certamente deve ser mais caro e rápido que o implementado pela MS no Series X. Já a MS apostou tudo em criar um console mais poderoso mesmo no geral, a ponto de ousar no design pra chegar nesse objetivo.

      O salto geral dos novos consoles é maior em relação aos antecessores do que foi na era ps4/ps3/xbox one/xbox 360, isso sem dúvidas, com várias tecnologias novas estreando em consoles.

      1. Então, foi isso mesmo. Mas a visão que a gente tem é que a Sony “comprou” as peças mais caras e montou o console. Explicando bem porcamente, mas é mais ou menos isso.

        O Series X criou uma arquitetura específica. A digital Foundry disse que o Series X é a maior inovação tecnológica dos consoles. O PS5 tem um SSD super Parrudo, já o Series X funciona como um todo, alcançando certas velocidades por causa dessa arquitetura inovadora que DF disse.

        Foi por isso que eu falei, o PS5 parece um console padrão.

      1. Sim, claro. De ambos os consoles. A geração que vem aí deu um salto gigantesco.

        Corrigindo: A diferença é que o salto geracional do PS4>PS5, é muito maior que PS3>PS4.

  10. Sabe qual a diferença do PS5 e o Series X?

    A Microsoft planejou o novo Xbox com sangue nos olhos. “Vamos criar o melhor console!!”. Se percebe que o planejamento, a arquitetura do Xbox Series X é bem mais ambiciosa.

    Do outro lado a Sony planejou um console padrão, assim como foi o PS4. A diferença é que o salto geracional no PS5 é muito maior.

  11. E o Alehi salehi da entrevista apagada? Sumiu? kkkkkkkk

    Quando john carmack, que é um cara mil vezes mais conceituado do que esse cara acima que ninguém conhecia diz isso abaixo, ninguem fala nada:

    “O único problema que tenho com a citação de Tim Sweeney é que podes fazer bypass aos kernel buffers do PC com uma IO unbuffered. A driver GPU em cima ainda domina,” concluiu John Carmack.”

    Poneizinho vive no mundo de bob, ainda está achando que SSD é mais importante que GPU, coitados kkkkkkkkkkk.

    Que comecem os malabarismos e ginásticas mentais: “ain, mas é só 18%, aí mas o ssd vai renderizar, ain mas é de 2,23ghz” kkkkkkkkkk

  12. Rapaz é cada noticia que parece que o Ps5 não saiu nem do Papel, ai adiam pra final de 2021 e falam que a culpa foi do COVID-19 mas na verdade seria a incompetencia-20

  13. Alguém tentou comprar o dar eu classic e foi para a página americana? O preço está 5,70 e eu tenho mais q isso no saldo, na página americana está 2,99 dólares, e n aceita o saldo. Alguém teve esse problema?

  14. 5.3 MIL LIKES em 8 minutos de 63 dislikes de caixistas chorando. KKKKKK

    anúncio do anúncio tem mais likes q a revelação do xbox series x kkkk dá pena da falta de relevância da marca.

  15. Retro do PS5 vai ser com jogos do PS4 lançados depois do dia 13 de julho. Kkkkkkkkkkkkkkkkk… Depois do dia 13 de julho não existe jogo velho no conceito da Sony.

        1. Mas todos os jogos antigos receberão HDR, por exemplo. Isso não ocorre com o PC.

          A retrocompatilidade do Xbox melhora os jogos antigos. No PC os jogos estão lá, e só. A Microsoft fez um trabalho excepcional, temos que admitir.

          1. Mas tem suporte pra ultrawide a 144hz para rodarem a 144 quadros/s.

            Sem falar que monitores ultrawide possuem entrada DisplayPort que entrega uma qualidade de imagem melhor que a HDMI…

            HDR é bom, mas Ultra Settings é muito mais.

          2. Sou leigo no assunto, então pergunto nessa condição. Usar um monitor ultra wide e display port faz com que se possa jogar jogos antigos que não foram desenvolvidos para essa tecnologia com os efetivos benefícios da nova tecnologia? Os 144 FPS eu sei que não, pq pouquíssimos jogos no PC usam esse framerate alto e também pq não é só uma questão de hardware, mas também de game design. Muitos jogos mais antigos (de uns 7 anos pra cá) tem pouca ou nenhuma opção de fps, por exemplo.

  16. Se vai ter retro nem me importo, só quero saber dos jogos novos.

    Não compro uma nova geração pensando na velha.

    Tem caixista hypando jogos do xbox original, porque sabe que o futuro é nebuloso para o series x.

      1. Nem quero representar nada, falo por mim.

        Eu entendo os caixistas, precisam de retro porque a MS parou de produzir jogos bons, então precisam viver no passado.
        boa sorte com sua retro! kk

  17. Q delícia adicionem ai na lista de lançamentos pra ps5, the avengers, cyberpunk 2077, cod, fifa 2021, last of us 2, ghost of tsushima, outriders, wasteland 3, psychonauts 2.

  18. The Last of US 2 vai ser lançado em junho. Logo ele não terá a obrigação de ter o port automático para o PS5… Prevejo um The Last of US 2 Remasterizado…
    Está cada vez mais claro que a Microsoft está “forçando” a Sony a tomar medidas que ela não gostaria… Exemplo a Retro. A MS está fazendo como desejo de diferencial, a Sony fazendo por obrigação para tentar não ficar feio frente a concorrência..
    Outra questão quero ver se a Sony vai adotar medidas similares ao Smart Delivery…
    Essa situação toda me lembra o lançamento do ONE e PS4, quando a Microsoft queria proibir o “empréstimos de jogos mídia física” e Sony fez aquele video icônico do tutorial de como emprestar seu jogo a um amigo…
    Têm que tirar o chapéu para o sr. Phil Spencer, olha a diferença Colossal da Microsoft que lançou o ONE para a que está lançando o Series X…

    1. Phil Spencer é quem tem ditado as tendencias de mercado por ser um executivo visionario e por escutar o feedback dos jogadores. Infelizmente, tem caixista aqui que não compreende a importância do trabalho dele.

  19. Sony não é competente de trazer psnow para o sonystas do Brasil incluindo a maior colonia japonesa fora do Japão imagina uma retro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *