Carregando...

Sony registra patente de tecnologia anti-spoiler

Nas últimas horas, vimos como uma grande quantidade de conteúdo vazou de The Last of Us Part I I: vídeos de sua jogabilidade, cinemática e detalhes de sua história pularam na web devido a um vazamento que apareceu no domingo à noite na internet, especialmente no Reddit. Com o jogo esperando para ser lançado em 19 de junho, todo esse conteúdo caiu como uma bomba-relógio para jogadores que esperam por este título há anos.

É por isso que uma patente registrada pela Sony em outubro de 2018 veio à tona: é uma tecnologia anti-spoiler que permite que os desenvolvedores marquem conteúdo sensível em seus jogos, poupando assim aos usuários que ainda não jogaram.

“Os desenvolvedores poderão marcar objetos específicos do jogo como ‘ocultos’ por meio de uma ferramenta apropriada e os detalhes desse objeto serão ocultados de outros jogadores até que eles se descubram no jogo”, explica a descrição da patente, ilustrando com um exemplo que torna tudo muito mais claro: “O mesmo que os troféus ocultos. Os jogadores terão até a opção de ver além da trava do spoiler, se assim o desejarem.”

Dessa maneira, e de acordo com a patente em si, os jogadores poderão “interagir com os amigos e o resto da comunidade em relação aos jogos narrativos com a confiança de que não verão nenhum spoiler”. Ou seja, dessa maneira um jogador pode entrar para assistir a vídeos ou streaming de um determinado videogame que ainda não terminou e esse sistema esconde partes para não estragar sua experiência.

Note-se que esta tecnologia funcionaria tanto dentro como fora dos sistemas da Sony. A patente em si enfatiza que é um “método de plataforma cruzada para bloquear spoilers”; portanto, uma captura de tela de The Last of Us Part II com conteúdo confidencial pode aparecer bloqueada em um fórum, por exemplo.

Infelizmente, esta patente não impediu o desastre talvez mais alarmante da Sony nesta geração que exibiu os pontos principais da trama de um dos seus jogos principais, talvez o mais esperado do Playstation. Evitar spoilers parece que é não será possível.

O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.