Carregando...

Take Two: ‘É difícil saber se o Xbox Game Pass ajudou o The Outer Worlds’

A Take Two, que anunciou seus resultados fiscais e os próximos jogos algumas horas atrás, deu um pouco mais de perspectiva sobre os negócios existentes no Xbox Game Pass e as possibilidades comerciais que podem ou não ser extraídas do serviço de jogos por assinatura da Microsoft. Especificamente, eles colocaram o caso de The Outer Worlds, o RPG da Obsidian Entertainment, que chegou à plataforma no primeiro dia, em 25 de outubro de 2019. A Take Two gigante do videogame responsável pela Rockstar, e que com seu selo da Private Division publicou o novo Obsidian, e ainda não conseguiu avaliar os resultados.

“Não sabemos se isso ajudou ou prejudicou o sucesso da licença. É muito difícil dizer“, explicou Strauss Zelnick, CEO da Take Two. “Acho que o que dissemos há muito tempo como empresa é que, em termos gerais, queremos estar onde o consumidor está.” Acreditamos que as ofertas por assinatura, como existem, são provavelmente mais adequadas para o nosso catálogo, mas estamos dispostos a correr riscos e experimente quando eles fazem sentido para um título específico e quando o acordo subjacente a essa opção também faz sentido para nós”, disseram eles, colocando um pouco de terreno entre a possibilidade de seus videogames chegarem constantemente ao Game Pass.

“E, na verdade, estamos muito felizes por ter um bom relacionamento com a Microsoft e estamos muito satisfeitos por o título ser um grande sucesso, ter sido vendido em mais de dois milhões de unidades e conquistado 75 prêmios em diferentes premiações de jogos” , ele destacou para enfatizar o sucesso do RPG. “O que quero dizer é que ainda é muito cedo para julgar todas essas plataformas”, acrescentou Zelnick. “Obviamente, é cedo para muitas tecnologias, incluindo a tecnologia de streaming . Nosso objetivo é estar onde o consumidor está. Somos ecumênicos e de mente aberta”, disse ele.

O Take Two, que entrou em colapso no mercado de ações após a saída de Dan Houser da Rockstar, é claro que esses tipos de plataformas oferecem novas formas de negócios e possibilidades aos desenvolvedores de videogames. Uma coisa é certa, The Outer Worlds foi sucesso em vendas e no Xbox Game Pass pois ainda está entre os mais jogados do serviço, e certamente o título foi impulsionado pelo marketing da Microsoft – inclusive abriu a E3 do Xbox neste ano.

O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.