The Medium está canalizando jogadores que sonham com um novo Silent Hill

The Medium, o título para Xbox Series X e PC da Bloober Team, criadores de Layers of Fear e Observer, será um jogo de terror em terceira pessoa inspirado em Silent Hill. Desde o estúdio, eles conversaram sobre como a nova perspectiva afetará a percepção da trama e do medo; e o uso dos dois mundos entre os quais o protagonista transitará.

“The Medium é completamente diferente de Layers of Fear e Observer. O jogo usa ângulos de câmera semi-fixos no estilo de Before Dawn e no clássico Resident Evils”, diz Wojciech Piejko, designer principal, em entrevista ao GamesRadar. Ele foi definitivo como um “jogo de terror old school” [da velha escolha, mais tradicional].

A principal diferença está na mudança da primeira para a terceira pessoa, o que permitirá aos criadores orientar os jogadores de maneira diferente : “Com ângulos de câmera fixos, você pode capturar a atenção do jogador em algo com apenas um ângulo de câmera. É uma experiência mais cinematográfica”.

Embora eles admitam que é mais fácil assustar os jogadores com uma câmera de primeira pessoa, com a câmera de terceira pessoa eles têm uma “paleta emocional maior” porque os usuários poderão “ver o personagem; seu rosto, seus olhos, suas emoções. Isso muda completamente nossa abordagem ao jogo”.

The Medium chamou a atenção de muitos em sua apresentação em maio passado, graças ao compositor de sua trilha sonora: Akira Yamaoka, criadora da música de Silent Hill. O produtor do jogo, Jacek Zięba, define seu novo jogo “como uma carta de amor” para o título da Konami, embora haja diferenças claras.

“Não é apenas música, mas é claro que Silent Hill também tem dois mundos“, diz Piejko, “embora a estejam usando de uma maneira completamente diferente”. Em The Medium, os quebra-cabeças e confrontos com os inimigos serão baseados na transição instantânea entre esses dois mundos, algo tornado possível pelo SSD do Xbox Series X.

“Mas acho que há muitos pontos que poderiam conectar esses jogos”, continua o designer. “Mas não estamos, é claro, tentando recriar Silent Hill 2 aqui; estamos criando nossa própria história. Desde o início, dissemos que queremos criar uma experiência cinematográfica séria, orientada por narrativa e com uma sensação de Silent Hill”.

The Medium chegará no final deste ano ao Xbox Series X e PC. Ele será incluído no Xbox Game Pass já no dia do seu lançamento.

72 comments on “The Medium está canalizando jogadores que sonham com um novo Silent Hill

  1. estou muito curioso por esse jogo,e bem provável que teremos gameplay dele em julho,já que ele lançará ao final do ano,e ainda é exclusivo do Xbox(temporário ou não) o que aumenta suas chances de aparece em julho com uma jogabilidade.
    obs:a melhor parte é que estará no gamepass day one ??

        1. 20 mil avaliações contra 94 da “Mídia Especializada” kkkkkk. Mas já que ele quer considerado só 94, IGN Japão deu 70 kkkkkk na própria casa do PlayStation não foi bem recebido kkkk.

  2. Se eles fizerem com base em estudos sobre mediunidade realmente, claro, que com a parte fantasia para se criar algo interessante, provavelmente vai ter muito material para um bom jogo e provavelmente continuações.

    1. Além do real, eles mencionam a personagem medium tem uma visão de dois mundos simultaneamente, o que torna a coisa mais interessante pois vai além do que temos na vida real.

  3. Mais uma tentativa de “novo Silent Hill” que vai entrar pro grupo de frustrações… Entendo que muitas pessoas queiram Silent Hill de volta, mas sinceramente, não creio que vá rolar, seja pela Konami, seja com o nome Silent Hill, ou por outra tentando “reviver” a coisa…

  4. The Medium, Scorn e Project Mara… A M$ se amarra nesse estilo de game e tenho a impressão que todos serão bem parecidos. Uma pena, pois eu não curto muito esse tipo de game, mas por estarem no Game Pass vou testar todos, quem sabe eu me surpreenda.

  5. Rapaz, eu tô com receio dessa expectativa toda. A Bloober sabe fazer bons jogos de terror, não tenho dúvidas disso. Mas a comparação constante com Silent Hills pode acabar gerando uma expectativa exagerada em cima do game e gerar frustração lá na frente. Espero muito estar enganado e quero que esse jogo surpreenda, mas tenho mais expectativas no Project Mara.

  6. Vem Day One na Game Pass, imagina você adquirir um Series X e já ter este game pra jogar, sem gastar mais nada do que você já está acostumado. Mãesoft!

  7. Esse The Medium e o Bright Memory foram os indies que me chamaram atenção no Inside Xbox, parecem ter mto potencial. No evento do PS5 destaco o Kena e o Returnal como os melhores. Já que Silent Hill não dá indícios de retorno, esse The Medium é a esperança rsrs, espero que não decepcione.

  8. Até o atual momento esse é o jogo da nova geração que mais estou com vontade de jogar.
    Gosto muito do trabalho de música do Akira Yamaoka (sou apaixonado em Silent Hill) e da franquia clássica Silent Hill.
    Curto o trabalho da Bloober Team também, amei Layers Of Fear.
    O potencial desse jogo é enorme!!
    Gostaria de uma aquisição da Bloober Team pela Microsoft.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *