The Outer Worlds está duplamente no top de vendas do Steam, apesar de ter um ano de idade

The Outer Worlds estreou ontem no Steam sendo lançado imediatamente na primeira posição no ranking global, apesar de ser essencialmente um título antigo de um ano. O desconto de 50% aplicado ao preço base de R$ 250 também deve ter dado um impulso, que deve ter aliciado muitos indecisos.

Na realidade, seria justo dizer que o jogo da Obsidian Entertainment ocupa as duas primeiras posições: a primeira com a edição suave, a segunda com o Pacote Patrocinado Corporativo Não Obrigatório que também inclui a trilha sonora e o Passe de Expansão. Este último inclui dois DLCs principais: Peril on Gorgon, já disponível, e Murder on Eridanos, a ser lançado em 2021.

É importante lembrar que The Outer Worlds já está disponível há um ano na Epic Games Store. Evidentemente, muitos simplesmente não gostam de comprar jogos fora do Steam. Este se soma a vários jogos da Microsoft que são lançados com sucesso na plataforma da Valve, assim como Sea of Thieves, Grounded, Microsoft Flight, Halo MMC, Age of Empires, e tantos outros.

Além da Epic Game Store, vale lembrar que The Outer Worlds também está disponível no PC pela Microsoft Store, e inclusive pode ser jogado sem custos adicionais pelos assinantes do Xbox Game Pass.

53 comments on “The Outer Worlds está duplamente no top de vendas do Steam, apesar de ter um ano de idade

  1. Esse jogo é bom demais, minha experiência só não foi melhor por causa das quedas de frame e travadas, além do loading de 40 segundos a cada porta que você entra 🤦‍♂️. Na nova geração vou rejogar com certeza

  2. Bom jogo, porém acho mais fácil ver um novo Fallout sendo feito pela Obisidan, agora que podem fazê-lo, do que a sequência de The Outer Worlds.

    1. Quando a pessoa não tem com o que se gabarz se gaba com uma parceria de uma empresa com outra, como se isso não acontecesse o tempo inteiro entre as empresas. E pior, se gaba e não ganha nada com isso. Mas o que esperar de alguém com um nome de usuário desses…

        1. Aqui já faz tempo que tá bloqueado. Tentando ganhar atenção, tá cheio dessas desgraças na internet. Só que quando dei block era outro nome, mas tanto faz. Irrelevante

          1. o esperto muda de nome, esse é fanatico sony não ganha nada dela, nem salario da sony para defender qualquer merda, aumentaram o preço dos jogos PSN conan exile R$ 644,00 no xbox R$ 220,00 a diferença. Block

  3. Gostei um monte desse jogo. Vou joga-lo novamente no último nivel. A história é muito bem feita e a jogabilidade lembra bastante fallout com traços de bioshock

    1. Mas, caixista não compra “jogu”, xbox original e xbox 360 só venderam por conta da pirataria, e o xbox one é só mendigopass, a 1 real todo mês trocando de conta… “Ah, essas vendas é du PêCê também”

      1. Não. A imagem está desatualizada as vendas de ambas franquias.

        Em 2017, o analista de mercado Michael Patcher afirmou que em conversa com a Microsoft, foi dito outro fato bem interessante. Apesar de não divulgar o número de vendas, a Microsoft afirmou que Halo 5: Guardians vendeu de igual para igual com os Halos desde o Combat Evolved até o Halo 4. Com isso, é de se imaginar que Halo 5: Guardians ultrapassou facilmente a marca de 10 milhões de cópias, considerando que todos esses outros Halos estiveram nessa marca.

        Fonte: Halo Project Brasil (Site, Twitter, Facebook e Instagram).
        Nome da matéria: “O Porquê de Halo 5 Ser um Sucesso”.

        1. Assim coloca o link:
          https://haloprojectbrasil.com.br/2020/03/01/o-porque-de-halo-5-ser-um-sucesso/
          Conforme a narrativa do próprio sonysta, Halo humilha GoW

          1. Valeu por me ensinar como postar link lá no Whatsapp, mano.

            Pois é. Nem sempre o que vende mais é melhor, é questão de gosto. Vai de cada um, mas eles custam a entender isso.

        2. O que faz sentido pois Halo é o Mario da Microsoft. Mesmo um título ruim vai vender muito.

          Só que Halo 5 já é um jogo antigo e nota-se um certo desdém da 343i com ele, por toda a recepção negativa que recebeu (muito menos da mídia que dos próprios fãs!).

          Pessoal espera Halo 5 na MCC do PC mas acho que ali é caso de versão estendida, com mais missões como Master Chief, talvez até com retcons. Halo 5 está longe de ser um jogo ruim, pelo contrário é um dos melhores FPS da geração, mas a história é xexelenta.

  4. Tai um game que tentei jogor mas não gostei,talvez por se parecer muito com fallout e eu não gostar de fallout…acho que tem muita conversa no game,não gosto muito de jogos que tem muita conversa,único jogo que me prendeu e que tem conversa a beça é o The Witcher 3.

    1. TW3 tem conversa mas também é muito focado em exploração, talvez tenha sido por isso!

      The Outer Worlds é um jogo que eu quero muito jogar mas estou com outros “projetos” gamers.

  5. Considerando que The Outer Worlds é um projeto da Obsidian absorvido pela Microsoft, assim como Bleeding Edge e o Grounded da própria Obsidian, foi estranho que o Phil Spencer não tenha feito muito esforço pra posicionar o The Outer Worlds como jogo XGS ano passado. The Outer Worlds era de longe o mais promissor dos três!

    Eu sei que já havia um acordo de publicação anterior, mas acordos se rompem o tempo todo… Não dá pra ser muito bonzinho com a concorrência, não.

    Eu tenho a impressão de que o Phil gosta desses joguinhos de gráficos medianos e forte interação coop/PvP, por isso que vimos vários jogos da XGS nesse sentido nos últimos tempos. Talvez fizesse mais sentido ao Xbox parar de enfiar online em jogo que não precisa e dar mais valor a IPs como The Outer Worlds.

    O problema é que essa mentalidade vai de encontro com a do Game Pass…

  6. Considerando que The Outer Worlds é um projeto da Obsidian absorvido pela Microsoft, assim como Bleeding Edge e o Grounded da própria Obsidian, foi estranho que o Phil Spencer não tenha feito muito esforço pra posicionar o The Outer Worlds como jogo XGS ano passado. The Outer Worlds era de longe o mais promissor dos três!

    Eu sei que já havia um acordo de publicação anterior, mas acordos se rompem o tempo todo… Não dá pra ser muito bonzinho com a concorrência, não.

    Eu tenho a impressão de que o Phil gosta desses joguinhos de gráficos medianos e forte interação coop/PvP, por isso que vimos vários jogos da XGS nesse sentido nos últimos tempos. Talvez fizesse mais sentido ao Xbox parar de enfiar online em jogo que não precisa e dar mais valor a IPs como The Outer Worlds.

    O problema é que essa mentalidade vai de encontro com a do Game Pass…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *