Carregando...

Uma nova versão “moderna” do Windows 10 para PCs pode estar a caminho

Uma nova versão “moderna” do Windows 10 para PCs pode estar a caminho

gerenciador-tarefas-fd-2

A Microsoft trabalha há muito tempo na criação de uma versão unificada do Windows que funciona em uma variedade de plataformas e formas de dispositivos. Inicialmente denominado ‘One Windows’ e ‘OneCore’, a última tentativa da empresa de executar essa visão é chamada ‘Windows Core OS’, que visa transformar o Windows em um sistema operacional mais modular.

Nós já sabemos que a variante focada em dispositivos móveis do sistema operacional Windows Core que será instalado em dispositivos móveis dobráveis, como o Surface Phone rumorizado, é o sistema operacional Andromeda. Um novo rumor do Zac Bowden, do Windows Central, sugere a versão do sistema operacional Windows Core será conhecido como Polaris e eliminará muitos dos códigos legados e compatibilidade com o qual o sistema operacional está atualmente engrossado.

O Polaris está sendo projetado para trabalhar com novos tipos de PC mais tradicionais, como desktops, laptops e 2-em-1, mas o que o separará do Windows 10 Pro é que ele será totalmente baseado na plataforma UWP da empresa. Quase todos os códigos do sistema antigos serão removidos do sistema operacional em favor da flexibilidade, melhor gerenciamento de energia e desempenho.

Do ponto de vista do usuário final, o Polaris estará ainda mais bloqueado do que o Windows 10 S. Embora essa versão do Windows também restrinja os usuários apenas à Microsoft Store em termos de compatibilidade de aplicativos, ela ainda compartilha uma base semelhante ao Windows 10 Pro e serve como um meio caminho para o que a Microsoft está finalmente planejando com a Polaris.

Uma shell de UI extensível e adaptável conhecida como CShell já está sendo trabalhada pela Microsoft para servir como base para a interface não só para o Polaris, mas também para o Andromeda e do Windows Core OS como um todo. Isso permitirá que os usuários do desktop tenham um sistema operacional visualmente similar ao que eles esperaram do Windows 10, mas, nos bastidores, muitos dos componentes Win32 no Windows Shell existente serão removidos e descartados.

Enquanto os usuários do Windows 10 S só podem instalar aplicativos através da Microsoft Store, eles ainda podem usar aplicativos Win32 portados para a loja através da Desktop Bridge (Projeto Centennial). No entanto, a Microsoft está trabalhando em uma forma a manter a compatibilidade com programas x86 tradicionais da mesma forma que eles funcionam no HP Elite x3. A implementação da HP, no entanto, exigiu um aplicativo de “streaming“. A gigante de Redmond diz estar apontando para uma experiência mais “nativa” com o uso de contêineres.

Outro ponto importante de nota sobre a Polaris é que não está destinado a ser o sucesso do Windows 10 conforme você o conhece. Em vez disso, o Windows 10 Pro e o Polaris existirão lado a lado na programação da Microsoft, com o antigo servindo jogadores e usuários avançados que exigem sua robustez e o último sendo promovido a usuários mais ocasionais que não se importam com as limitações de um sistema operacional leve.

Fonte: Windows Central

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.