Wasteland 3: você deve libertar o prisioneiro

Wasteland 3.

Wasteland 3 é um jogo de escolhas, e cada escolha que o jogador fizer terá uma consequência. Às vezes, essas consequências são fáceis de prever e não exigem muita previsão para serem compreendidas, mas outras vezes podem ser muito mais obscuras. Uma das primeiras escolhas que o jogador deve fazer no jogo é libertar ou não o Prisioneiro.

O Prisioneiro é um personagem um tanto peculiar, e quando os jogadores o encontrarem, ele estará trancado em uma cela no Ranger HQ. O jogador tem a liberdade de escolher o destino desse homem, uma das primeiras vezes em que esse tipo de decisão entrará em jogo em Wasteland 3.

Felizmente, os jogadores podem ficar tranquilos sabendo que essa escolha não tem um grande impacto na história do jogo, e é mais uma maneira de ensinar ao jogador como suas escolhas em Wasteland 3 irão mudar as coisas mais tarde. Qualquer escolha aqui no início não fará uma grande diferença.

Se o jogador optar por deixar o Prisioneiro em sua cela, ele permanecerá lá pelo resto do jogo. Os jogadores podem retornar ao Ranger HQ para visitá-lo e desfrutar de seu diálogo estranho e peculiar. Na verdade, isso pode ser útil, já que o Prisioneiro conta um pouco de tradição sobre o mundo. Alternativamente, os jogadores podem escolher matar o Prisioneiro onde ele está em sua cela. Previsivelmente, isso resulta na morte do Prisioneiro, mas não afeta mais nada no decorrer do jogo.

Finalmente, os jogadores podem escolher libertar The Prisoner se quiserem, mas isso exigirá uma habilidade de lockpicking de pelo menos 5. Alternativamente, os jogadores podem encontrar a Chave do Mestre Brig para contornar o requisito de lockpicking. Após ser libertado, o Prisioneiro agradece profundamente ao jogador e segue seu caminho alegre. Mais tarde, enquanto o jogador explora o Museu de Colorado Springs, eles encontrarão um cadáver com uma nota do Prisioneiro que simplesmente diz “Obrigado“. Novamente, isso não afeta a história de maneira significativa, mas apresenta aos jogadores como Wasteland 3 lida com a escolha.

 Com isso em mente, os jogadores também devem estar preparados para outras decisões no jogo, pois as coisas começarão a ter consequências mais terríveis no futuro.

Wasteland 3 já está disponível para PC, PS4 e Xbox One. Sem custo para assinantes do Xbox Game Pass.

57 comments on “Wasteland 3: você deve libertar o prisioneiro

    1. Estava vendo no twiter deles agora numa postagem que colocaram os idiomas disponíveis tinha quase 100 reposta pedindo outros idiomas 90% pedindo português, alguns chineses e japoneses e isso já faz um tempo deveriam realmente preparar isso, eu até jogo em ingles mas é muito mais confortável em português pq tem uma grande quantidade de dialogo.

    2. Experimentei ele hoje e quando vi que nem legenda em português tinha eu desanimei… vários jogos da Microsoft são dublados.. Quantum break, ReCore, Forza Horizon….aí aparece uns que nem legenda tem… não entendo isso…

  1. Eu já libertei ele mesmo, achei a chave, o jogo está bom mas tem muito crash e se estivesse em português ajudaria muito, infelizmente ele é totalmente focado na Europa até o espanhol é europeu, não tenho duvida que tem mais br jogando esse jogo do que meia duzia de países europeus que tem tradução no jogo.

  2. DESCASO. Que raiva. Baixei essa merda, confiando na Microsoft que teria o nosso idioma, para quando abrir, a grande surpresa. Gears Tactics chegou até dublado. Não é possível que o adiamento não daria para legendar, paga 10 mil para qualquer brasileiro ai, que os cara legenda essa droga em 3 meses.

      1. Deep Silver é a mesma publisher dos jogos Metro ne

        O último Exoduz esta legendado PTBR

        Bem a desculpa não é válida, alguém falhou nisso.

        Ps: Não tem nem portugues de Portugal?

  3. Apesar de enteder muito bem espanhol não curti muito esse jogo não, baixei só para fazer uma conquista e ganha uns pontos do Rowards e apaguei.

  4. Apesar de enteder muito bem espanhol não curti muito esse jogo não, baixei só para fazer uma conquista e ganha uns pontos do Rowards e apaguei.

  5. Vou continuar com o Xbox na próxima geração, mas a Microsoft está dando cada derrapada nesses últimos meses …
    Não sou fanboy não , quando erra critico mesmo . Esse joguinho é uma grande perda de tempo. Cadê os AAA????????

          1. É viado com certeza, chegou chingando e agora quer se fazer de vítima..
            Como eu falei, é um vira-lata.

          2. Não, não sou ”viado”. Sou casado com uma canadense há 12 anos.

            Toda vez que você se pronuncia, reafirma mais ainda o que eu disse sobre você. Você é o típico indivíduo de QI baixo, não fala nem português direito (xingar é com X, analfabeto), que dirá outras línguas e, como se não bastasse, ainda é preconceituoso.

            O vira-lata aqui é claramente você, que não deve ter completado nem o primário, mas vem xingar quem tem pelo menos 20 anos de estudos a mais que você.

          3. kkkkk Cara, vc deve ser um ser insuportável, não deve ter nem amigos, por isso vem em site de video game apontar dedo para os outros…. patético!

      1. “Ai, eu falo inglês, sou um ser superior”. Não passa de um arrogante que acha que todos a população do planeta tem a OBRIGAÇÃO de falar inglês fluente. Segundo idioma é recomendado e não obrigado. Você conta nos dedos quem de fato usa o inglês no dia-a-dia.

        Em pleno 2020 e ainda temos pessoas prepotentes e arrogantes. Você é do mesmo nível que aquele juiz que rasgou a multa que recebeu do policial, humildade zero.

          1. Ah, claro, essa é a realidade de todas as empresas do Brasil. Na minha empresa pede inglês pra trabalhar, logo, todas as empresas do Brasil exigem inglês. Vc tem uma visão muito limitada do mundo comercial interno, acha que todas as grandes empresas são multinacionais. Conheço muita gente que tem grandes salários e não falam nem o verbo to be. No interior do Brasil tem muita gente ganhando dinheiro sem falar um pingo de inglês. É aquele engenheiro agrônomo, o fazendeiro, o dono de restaurantes, pizzarias, bares, etc, os executivos de grandes empresas NACIONAIS, o delegado, e por aí vai.

            Uma pessoa que trabalha em uma importadora ou multinacional é óbvio que precisa do inglês, mas não ache que todas são assim.

  6. Bem eu entendo inglês então não tive problema algum com esse game mas é uma sacanagem mesmo não ter pelo menos legenda em PT já que praticamente todo o resto dos jogos da MS são dublados e esse nem legenda teve kkkkk

  7. Pessoal hateando o jogo como se fosse ruim pq não gosta ou pq não tem em português, o jogo é um rpg purista, que traz a essência dos jogos rpgs, diferente do jogos de ação/aventura de hoje que por ter umas skills pra selecionar se declaram rpgs. Espero que saia em português pra facilitar a vida dos brasileiros mas o jogo não é ruim pela falta dele. não tem uma dificuldade elevada parra o gênero, mutant year zero é muito mais difícil, e tem muitas opções de build, da pra personalizar muito bem a party.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *