Carregando...

We Happy Few é bom? Este é o veredito da crítica

Chegou o dia. Por fim, temos a aventura distópica We Happy Few disponível para nossa diversão. Todos nós devemos ser felizes, a felicidade é o mais importante para a nossa existência, devemos fazer de tudo para alcançar a felicidade absoluta. Se você não está feliz, você será morto. É assim que funciona o mundo de We Happy Few. O novo jogo da Compulsion Games e Gearbox nos levará a uma loucura caótica que nos deixará sem fôlego enquanto escapamos do riso.

A proposta do estúdio tem crescido cada vez mais, daí a demora em seu lançamento. Hoje o jogo chegou ao Xbox One, PlayStation 4 e PC. As primeiras notas do jogo Compulsion Games já estão disponíveis e podemos dar uma olhada nas opiniões gerais abaixo

Windows Central – 90

Apesar dos problemas de desempenho, We Happy Few é um título obrigatório para qualquer jogador que adora títulos de mundo aberto de sobrevivência e construção de mundo de qualidade.

GamesRadar – 80

Eu jogei jogos de blockbuster mais polidos, maiores e mais bombásticos este ano, mas We Happy Few vai ficar comigo muito tempo depois que suas missões terminarem.

Game Informer – 78

Enquanto We Happy Few é arrastado para baixo por missões irritantes, recursos escassos, mas necessários, e falhas técnicas de tempos em tempos, é uma aventura divertida que combina uma atmosfera misteriosa e uma narrativa emocionante com grande efeito.

Eurogamer Itália – 70

We Happy Few apresenta um mundo fascinante e catastrófico, graças a um setor artístico que destaca boas escolhas de design. Infelizmente, a jogabilidade e o lado técnico não suportam a comparação, e o efeito final é enfraquecido.

USGamer – 50

Há muito o que gostar em We Happy Few, com seu cenário distópico psicodélico único e uma história bem desenvolvida, mas é a ação momento a momento que desaba sobre você como uma dose ruim de alegria. Elementos de sobrevivência, falta de variedade de missão, problemas de taxa de quadros, bugs prolíficos e furtividade e combates entediantes, talvez você também possa esquecer as coisas ruins e lembrar apenas lado brilhante das coisas.

PCGamesN9 – 50

Abaixo das falhas do We Happy Few está uma excelente história, uma exploração inteligente em primeira pessoa e um monte de trabalhos de design impressionantes. Mas o resto da experiência parece profundamente autoconsciente e insegura do que realmente quer ser.

Destrutoide9 – 50

Ao escolher o caminho fastidioso do “microgerenciamento”, We Happy Few distrai demais de seu verdadeiro potencial como um clássico de jogo distópico.

Ainda faltam notas de alguns sites importantes e poderemos atualizar a matéria. A recepção foi bem mista e não existe um consenso entre os sites críticos, mas aparentemente o maior problema é quanto ao desempenho. A história parece ser interessante e se você gostar do estilo, jogue sem pensar duas vezes.

Na Microsoft Store, segundo a opinião dos jogadores, a nota é de 4,4/5. Desse modo, são bem positivas. Em sua versão final para o Brasil, o jogo ganhou legendas em português. No Xbox One X o jogo roda na resolução 4K.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!