Windows Defender: é suficiente ou precisamos de um antivírus?

windows-defender-hub

O Windows Defender é o sistema de proteção padrão do Windows. Muitos usuários, no entanto, pensam que não vale a pena usá-lo porque pode falhar. E esse pensamento tem um fundo de razão, devido a má reputação de seu antecessor Microsoft Security Essentials.

O mesmo acontece com quase qualquer outro produto da Microsoft, como Edge ou Bing: experiências ruins no passado continuam causando uma rejeição irracional da evolução de tais serviços.  No entanto, é suficiente confiar-toda a segurança do seu PC nas mãos da Microsoft, ou seja, do próprio Windows?

Windows Defender não é Security Essentials

A resposta curta é sim, embora seja melhor combiná-lo com anti-malware (ou antivírus). Ele faz tudo o que um antivírus normal faz: analisa os downloads, os programas que abrimos, garante em manter  o nosso computador atualizado (talvez seja o mais importante quando se trata de segurança), além de oferecer ferramentas tão interessantes quanto o Controle Parental, ele também inclui opções para medir o desempenho e a manutenção do notebook/PC.

Comecemos pelo fato de que o AV-TEST (analistas de segurança) avaliou o Windows Defender com 99% de efetividade em proteção no último mês de junho. Os próprios antivírus poderiam possuir vulnerabilidades que se fossem exploradas poderia ser mais perigosas que os próprios vírus que ele está te protegendo. Muitas personalidades importantes já recomendou desinstalar qualquer antivírus que não seja o Windows Defender para ficar livres de vulnerabilidades.

Temos de acrescentar que o Windows Defender consome muito poucos recursos do sistema (na verdade, não perceberemos que está aí), além disso relaciona-se muito bem com o resto do sistema operacional (claro).

Ou seja, com o SmartScreen, o firewall e outras funções do Windows que estão constantemente trabalhando em segundo plano. Claro, o Windows Defender é o melhor antivírus que complementa as funções do sistema operacional.

O Windows Defender funciona muito bem 

kaspersky-anti-virus-21-700x393

A Microsoft, de fato, está imersa em disputas legais com algumas marcas de antivírus por conta do Windows Defender. Especificamente, falamos sobre o Kaspersky, que processou a MS porque o Windows ativou o Defender automaticamente quando a assinatura da Kaspersky acabava. Obviamente, a Microsoft pretende não deixar o usuário desprotegido com o final da assinatura.

As marcas de antivírus, além de ter medo do Windows Defender, estão lançando produtos de substituição que não se qualificam como antivírus digno de substituí-lo. Kaspersky já fez as pazes com a Microsoft, e o processo foi encerrado.

Como usar o Windows Defender?

O que você deve fazer, então, seguir os ex-engenheiros do Firefox que recomendam a desinstalação de qualquer antivírus que não seja o Windows Defender, pois além de suficiente, o uso de qualquer outro pode afetar mais do que beneficiar.

Se decidimos usar o WDefender, devemos saber que primeiro devemos desativar o antivírus que temos, uma vez que não podem coexistir com dois programas desse tipo ao mesmo tempo (além de consumir recursos inutilmente, podem interferir uns com os outros). Usar um antivírus de terceiros pode ser uma boa como proteção adicional, se utilizado de forma ocasional e não em conjunto com o Windows Defender.

Vocês confiam no Windows Defender?

38 comments on “Windows Defender: é suficiente ou precisamos de um antivírus?

  1. Eu uso somente o Windows Defender, nada além deste e nunca tive problemas.

    Já tive problemas sem volta com outros antivírus, principalmente aqueles gratuitos.

  2. O Windows Defender já melhorou bastante desde da interface ate melhorias , acredito que não vai demorar para a Microsoft adquirir uma grande empresa de anti-virus como Avast ou algo do genero , para poder implementar no seu proprio anti-virus.

      1. O Free não é confiável mesmo, mas as outras soluções são boas, inclusive o mecanismo de detecção esta sempre no topo dos testes junto com Avira, Kaspersky e Bitdefender.

        Estou com uma licença do Avast Premier e fiquei surpreso com a quantidade de recursos que ele oferece. Ótimo custo benefício, é uma proteção muito satisfatória se você não precisa de algo como Bitdefender Total Security, mas não quer só o básico de um Internet Security.

    1. A Microsoft nunca vai fazer algo assim, esse mercado é altamente lucrativo para centenas de empresas de segurança. Ela comprando uma Kaspersky da vida para criar um sistema robusto de segurança pode render uma tonelada de processos por estar prejudicando os concorrentes, afinal, quem vai querer trocar um antivírus robusto engrenado na “raiz” do sistema, por uma solução paga duvidosa.

      O Windows Defender é um mecanismo básico de segurança, só pra falar que não tem nada, ele melhorou bastante e vai continuar melhorando, mas ele nunca vai ser melhor nem que um Avast Free.

      1. Pura verdade. Estou bem com o meu Avast Premier. Depois dele já faz um bom tempo que não enfrento problemas com vírus e outras pragas na internet. Essa Gif resume tudo. Segurança hoje vai muito além de um antivírus Básico.

  3. Não existe antivírus que seja aprova de usuário leigo. Nem o melhor do mundo, eles sempre dão um jeito de colocar em risco a própria segurança, muitas vezes por falta de atenção ou o mínimo de “intelecto” em perceber um scam.

  4. Todas as pessoas que me perguntam sobre antivírus e não estavam afim de pegar por nada, eu já recomendo o próprio do sistema, antes era diferente, mas a MS melhorou bastante o mesmo.
    Agora para Android e outros sistemas, eu já recomendo que instalem algum de confiança (ESET, KASPERSKY, NORTON… pagos é claro)

  5. Só uso o Windows Defender e não tive problemas.
    Por incrível que pareça, todas as vezes que resolvi experimentar outro antivirus, ferrou o Windows e tive que restaurar o sistema.

  6. Posso falar? “Antimalware Service Executable” esse lixo sempre leva meu cpu a 50, 60, até 70%. Você ainda vem me dizer que consome poucos recursos… Qualé!

  7. ele é tao bom qnt qlqr outro anti gratis. se o defender n é bom os outros tb n.
    e justamente ha qm diga q nenhum anti virus gratis n presta kkkk
    o melhor anti virus é o usuario.

  8. ele cumpre bem seu papel ,fiz alguns testes com ele e ele se deu bem ,trabalho com T.I e considero ele uma boa opção principalmente pelo fato de fácil de usar o que ajuda muito usuários leigos.
    A melhor segurança para o sistema é o usuário.
    Agora se você acessa contas bancarias ,faz muitos downloads de sites com conteúdo malicioso realmente um antivírus pago como o Bitdefender e Kaspersky é uma escolha melhor.

  9. Sim, confio. Melhor do que o Avast!, que estava pesado demais na última versão que testei. Simples e leve em consumo de recursos, não me vejo instalando outro AV tão cedo. Desde que a base de definições esteja sempre atualizada, e que o usuário tenha cuidado ao não baixar arquivos de fontes não confiáveis, que possam estar infectados, não acredito que haja problema algum.

  10. pra mim o melhor é o Windows Defender, feito para Windows e projetado pela própria Microsoft, então eles sabem o que estão fazendo, além de não ser intrusivo o computador nem sente ele rodando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *