Xbox comemora ano recorde para seus estúdios de exclusivos

A Microsoft está comemorando hoje um ano recorde para seus estúdios first party, com dez títulos novos lançados em 2020 e muitos deles ganhando “forte aclamação da crítica”, bem como “envolvimento impressionante de nossos fãs”. Ainda segundo ela, a empresa nunca esteve tão forte em produções próprias.

O ano de 2020 foi bem recheado e tivemos ao menos 10 jogos first party no Xbox. Especificamente, aqui estão algumas das estatísticas que o executivo do Xbox, Aaron Greenberg, destacou:

  • 15 jogos do Xbox Game Studios lançados até o momento * (10 dos quais são novos títulos) e muitos mais por vir, um recorde para o Xbox.
  • 1,66 bilhão de horas jogadas por nossos fãs e aumentando.
  • Microsoft Flight Simulator, nossa franquia mais antiga, retornou com uma pontuação geral de 92 no Metacritic, um jogo de PC com melhor classificação neste ano.
  • Ori and the Will of the Wisps foi o jogo para Xbox com maior nota que lançamos este ano, com uma pontuação média de 90 no Metacritic.
  • Grounded, um novo lançamento da Obsidian, ultrapassou rapidamente mais de 1 milhão de jogadores, enquanto Sea of ​​Thieves já ultrapassou 15 milhões de jogadores até agora.
  • Wasteland 3 não só era o favorito dos fãs e anteriormente ganhou o prêmio de melhor RPG da gamescom, como também teve uma pontuação média de 86 no Metacritic.
  • Em julho, no Xbox Games Showcase, anunciamos 5 novos títulos do Xbox Game Studios.
  • Os jogadores do Microsoft Flight Simulator já registraram mais de 26 milhões de voos e mais de um bilhão de milhas voadas, o que é em média 15 vezes mais do que o número de voos na vida real feitos globalmente a cada dia em 2019, e milhas suficientes para circunavegar o globo em mais de 40.000 vezes.
  • O Minecraft Dungeons se tornou um favorito do modo cooperativo, com 6,9 milhões de sessões multijogador nos últimos dois meses, quase dois terços das quais (4,4 milhões) foram em modo cooperativo.
  • Mais de 500 milhões de insetos foram esmagados em Grounded, mas existem mais de 10 quintilhões de insetos no mundo, então apenas exterminamos 0,000000000005%.

Lista com alguns dos jogos deste ano:

  • Battletoads
  • Bleeding Edge
  • Gears Tactics
  • Grounded
  • Halo: Combat Evolved Anniversary (PC)
  • Halo 2 Anniversary (PC)
  • Halo 3 (PC)
  • Halo 3: ODST (PC)
  • Microsoft Flight Simulator
  • Minecraft Dungeons
  • Ori and the Will of the Wisps
  • The Bard’s Tale Remastered
  • Tell Me Why
  • Wasteland 3

A empresa diz que foi um “ano tremendo” para o Xbox e que ficará ainda melhor com o lançamento do Xbox Series X e do Xbox Series S em 10 de novembro, apresentando a “maior linha de lançamento da história dos jogos”.

“Entre nossas equipes crescentes do Xbox Game Studios, o fluxo massivo de conteúdo de alta qualidade de nossos novos parceiros na Bethesda e muitos outros jogos não anunciados em desenvolvimento, o futuro nunca foi tão brilhante para os jogadores do Xbox!”

O que vocês acharam deste crescimento?

76 comments on “Xbox comemora ano recorde para seus estúdios de exclusivos

  1. 15 jogos em um ano, esta parece que será a realidade todo ano, 15 jogos a 200$ em média daria 3.000 reais, você pode jogar ele no Game Pass no primeiro dia. Nos próximos anos veremos um aumento significativo de AAA, Helblade, Halo, Fable, Forza, Everwide… entre outros ainda não anunciado. Xbox o melhor lugar para se jogar.

  2. Olhando para o catálogo Xbox, percebo uma coisa: A maioria dos seus jogos tendem a agradar mais grupos específicos de jogadores ao invés de abraçar a massa. De certa forma, pode causar repulsa a jogadores casuais, aqueles que vão na onda da midia, só jogam o que está na modinha ou jogos que não precisam ter habilidade ou pensar muito.

    Podem analisar, os jogos do Xbox Game Studios são games com os mais variados estilos de gráficos e jogabilidade, mas tendem a agradar mais comunidades fechadas. É o que ocorre com Forza (corrida semissimulação), Ori (metroidvania), Gears Tatics (Tático), Flight Simulator (simulador), Wasteland (RPG tático), Age of Empire 3 (estratégia), Grounded (craft e sobrevivência) entre outros.

    Ao meu ver, a Sony tem sim uma receita: Jogos Third Person Single player, elementos de Stealth, calcados em narrativa cinematográfica, com toques de violência e dramaticidade. Receita essa que começou lá no PS2 com God of War, foi aprimorado no PS3 com Uncharted e TLoU e chegou no seu ápice no PS4.

    Ao meu entendimento, os jogos da Xbox Studios são bons jogos, mas tendem a agradar nichos, o que afasta o jogador casual. Infelizmente, por este motivo, não recebem o devido respeito só porque não atendem uma massa preguiçosa por coisa novas.

    1. Como assim? Mais variedade atrai mais jogador casual e dá mais valor, atinge um grupo amplo. Já os “filmes” da Sony só captam um pequeno grupo reservado que gosta desse estilo. Jogador casual gosta mais de jogo arcade/multiplayer (fifa, cod, forza, gears, etc).

      1. Amigo, saiba interpretar meu texto. Não quero diminuir os jogos da Sony, é uma fórmula que tem feito sucesso, principalmente na Europa, e isso ela tem feito bem. Eu não gosto destes jogos que fazem do jogador um ser preguiçoso que só segura o controle para mudar de cena, mas não deixo de reconhecer que chama atenção de muita gente, porque ela consegue vender a imagem deles.

        Quantum Break é um jogo Xbox que tem o estilo Sony, e se fosse da Sony a iria ser exaltado.

  3. https://www.amazon.com.br/gp/bestsellers/videogames/ref=zg_m_bs__nav_0

    PS5 voltou pro estoque na Amazon e já está a frente do XSX kkk

    XSS lá pra baixo na posição 21, atrás inclusive de Tlou Part2 😇🤣🤣🤣

    Os caras não cansam de sonhar

    1. Sempre teve estoque, e o Xbox reinou a semana toda, inclusive nos Estados Unidos. O PS5 digital tá mais abaixo do que o XSS.

      Ficaram dando f5 todos os dias na Amazon rs.

  4. A lista é grande e tendo jogado quase todos o meu favorito foi wasteland 3 apesar da raiva que passei,
    mas é notável a falta de um system seller que seria Halo infinite e até por isso a 343 errou muito no que fez a esse jogo, estava tudo certo para lançar console mais Halo junto inclusive com a embalagem e tudo mais e os caras mostraram algo muito abaixo do esperado, apesar da quantidade ainda faz muita falta ter um jogo popular coisa que nenhum deles é, todos de nicho ou jogos pequenos, o mais importante foi a volta de MS flight simulator mas esse é muito mais importante para o pc.

  5. Aí Jorge!!

    Mostra pra gente a lista dos “Indicados ao Melhores da Geração Atual”

    Infelizmente o Skyrim nem se quer é mencionado ☹️☹️☹️ o game é tão velho assim???

    Igual um certo Nick que começa com K e termina com U??? Velho também igual ao Skyrim??

          1. Mas mas o Resident Evil 2 tá nessa lista 🤔🤔🤔 só porque é um Remake, tá nessa lista… já o Skyrim por ser Remaster não tá…acho assim um pouco injusto.

          2. Também acho que o Remake não deveria entrar. Assim como Skyrim não deveria entrar. Mas ele foi eleito um dos melhores jogos da geração passada, alguns colocam ele como o melhor da geração passada.

  6. Bons números isso só mostra o esforço da Microsoft na divisão Xbox, além de trazer jogos variados e tirando os jogadores da bolha da mídia (gamer 🤭) e mostrando que o importante é se divertir.

  7. Realmente, se vc não liga pra qualidade geral de games o ano foi muito bom.

    Off: Um dos maiores sites de games do mundo, o Gamer Informer soltou hj suas listas de melhores da geração.

    Na categoria Top-Tier, ou seja, de melhores da nona geração.

    The Last of Us Part2
    RDR2
    The Witcher 3
    Zelda Breath Wild
    God of War 2018

    Além desta que é a principal categoria, outras também tiveram seus vencedores, destaque denovo pra jogos exclusivos do PS4 Uncharted 4, Bloodborne e Dreams.

    Do XGS apenas Ori deu as caras.

          1. Qual lógica?

            Eu apenas trouxe uma notícia de um gigante portal de games

            O carinha aí se doel porque o console/plataforma que ele tanta ama não produz games da qualidade dos citados acima

          2. O Craig aí acha normal dá 380 num remaster do miranha. O mesmo jogo pagando 2x. Tem q ser muito retardado msm.

          3. Vish, nem falei de preço de jogos

            E sim de qualidade incontestável, que é o caso do Top Tier logo acima

          4. Ow meu nobre toquei na sua ferida?
            Pensei q ja tinha superado a arapuca para pegar baba ovo da Sony.

            Sobra pelo menos dinheiro do KY quando compra um jogo de 8 horas?

          5. A Raivinha do sonysta mama bolas é que a MS comprou a Bethesda e vcs não superaram. Está mais do que na hora de superar essa dor!!

          6. A 248,90 Ow maravilha!!

            Por isso que eu dou maior valor a vcs!! Alimentem bem a Industria e nós jogamos a 1 Real.

    1. Se não tem Forza Horizon ou Gears 5 nessa lista, passo, já não tem credibilidade. Tem The Evil Within 2, um jogasso, aliás, o único que levou a frente a “fórmula Resident Evil”? Tem Sea of Thieves, um dos mais inovadores da geração? Tem Doom, um shooter muito melhor que BFs e CoDs da vida? Tem Flight Simulator, um simulador soberbo desta geração? São tantos… Se não tiver, é só mais um site de sonystinhas enrustidos.

  8. Mas de 500 milhões de insetos foram esmagados kkkk vtc, quem quer saber disso…..”olha investidores, foram esmagados 500 milhões de insetos no jogo grounded” kkkkkk depois não querem que sonystas zoam kkkkk

    1. Sabe tudo esse garoto. Eu sorri e fiquei feliz em ler sobre isto. Mas sou entusiasta do jogo, assim como muitos outros. Enquanto sonystas se divertem zoando, caixistas se divertem jogando.

      1. Sei não, Xbox esse ano foi fraco de jogo, sonystas ainda tiveram o jogo LGBT e o samurai do Paraguai, e ainda vão ter o homem aranha dlc 2.0, acho que os sonystas estão mais felizes

  9. O grande ano em que os dois melhores jogos da XGS não foram feitos por estúdios first-party. Sim, falo de Flight Simulator e Ori 2. Sendo que Flight Simulator nem saiu pra Xbox ainda.

    Foi também o grande ano em que a Moon Studios abandonou a versão Xbox One do Ori 2 depois do primeiro patch e resolveu portar o jogo pro Switch.

    Foi, ainda, o grande ano em que Halo Infinite teve que ser adiado indefinidamente porque o gameplay mostrado no evento de julho foi absolutamente ridículo e ofuscado pelo trailer de Destiny 2 no mesmo evento.

    Foi, além disso, o grande ano em que a Microsoft matou o Mixer e fez todos vermos o dinheiro jogado no lixo com os salários astronômicos de streamers como Ninja.

    Foi, finalmente, o grande ano em que foi lançado aquele que talvez seja o pior exclusivo da vida do Xbox One: Bleeding Edge.

    Depois do estrondo no TGA 2019, 2020 foi um ano em que a Microsoft fez de tudo, absolutamente tudo, pra queimar o lançamento do novo console. O que salvou o ano do Xbox foi o poder/features do Series X e a compra da Bethesda.

    1. A aquisição dos estúdio ocorreram em 2018, incio da gestão Spencer, no qual melhorou consideravelmente, no qual a empresa ao que parece percebeu sua decadência em jogos first. Esquece de mencionar que estes projetos com bleeding edge e grounded já eram projetos das empresas antes mesmo das aquisições, ip’s como ori mesmo não sendo estúdios first e da empresa americana. Os projetos estão em andamento e os jogos apresentado parecem promissores ao que aparenta. A formula dos jogos da empresa japonesa com narrativas, mundo aberto, terceira pessoa é uma formula muito boa e interessante, mas será que somente esta formula conseguirá sustentar todo o seu alicerce? bom, para mim não basta, há um conjunto de fatores para maior atratividade, não basta apenas jogos com narrativas.

  10. Na minha opinião Jorge, eu achei do crescimento do Xbox muito bom, mais o Xbox precisa de mais exclusivos de peso tipo um jogo do homem aranha ou outros jogos exclusivos. Na minha opinião. Ok Jorge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *