Xbox Game Pass: Dishonored 2 permanece no catálogo

A aquisição da Bethesda já está começando a dar frutos, pelo menos no Xbox Game Pass. O mais popular foi a confirmação de que DOOM Eternal chegará no Xbox Game Pass para consoles no dia 1º de outubro, posteriormente no PC. Mas, por outro lado, foi acordado que, entre os jogos que foram anunciados para deixar o Xbox Game Pass este mês, estava o Dishonored 2. Agora, parece estar confirmado que Dishonored 2 não abandonará o Xbox Game Pass, conforme anunciado.

A descoberta vem do reddit, onde um usuário compartilhou uma captura de tela do aplicativo que lista os jogos que sairão do serviço em breve. Nele podemos ver que Dishonored 2 está faltando, embora tenha sido confirmado anteriormente.

Dishonoured 2 no longer leaving game pass from xboxone

Desta forma pudemos constatar que Dishonored 2 não abandonará o Xbox Game Pass, sendo uma nova pista de como ficarão os jogos após aquisição da Bethesda. Muitos jogos foram lançados no Xbox One e possivelmente irão nutrir o catálogo de jogos disponibilizados por este serviço.

Atualmente, entre os jogos disponíveis no Xbox Game Pass que pertencem à Bethesda, encontraríamos outras alternativas, como The Elder Scrolls Online, Rage 2, Wolfenstein: Young Blood ou Fallout 76 e Fallout: New Vegas. Jogos como DOOM ou Prey, eles deixaram o serviço há um tempo e podem voltar. Existem outras alternativas, como os jogos Shinji Mikami, The Evil Within, que podem ser adicionadas ao serviço.

De certa forma, o que ficou claro é que a chegada da Bethesda ao Xbox Game Studios parece um movimento que irá abastecer e elevar o valor do Xbox Game Pass a um novo nível. Graças a isso, estima-se que o número de assinantes do Xbox Game Pass poderá quadruplicar nos próximos anos. Atualmente, já era oferecido um dado espetacular pelo qual já foram confirmados até 15 milhões de usuários, com um crescimento de 50% em apenas quatro meses.

Xbox Game Pass é um serviço que alimenta consoles Xbox, PC e xCloud, com jogos que podem ser desfrutados por uma taxa fixa mensal. O catálogo está mudando, mas os jogos pertencentes aos Xbox Game Studios permanecem dentro do serviço. Há alguns por vir, mas isso pode ser uma questão de semanas, sabendo agora que Dishonored 2 não deixará o Xbox Game Pass no final do mês.

56 comments on “Xbox Game Pass: Dishonored 2 permanece no catálogo

  1. Ja joguei Dishonored 2!
    Terminei com os dois personagens!
    Terminei finalizando sem usar poderes!
    E quase consegui finalizar sem matar um inimigo se quer… infelizmente matei 2! Q raiva!
    Terminei umas 3 vezes e fiz 700/1000G!

  2. ei galera preciso da ajuda de vcs de novo, quero dividir o gamepass e uns games com um amigo meu (as coisas tao apertadas), ja vi que o processo é basicamente logar minha conta como principal no console dele e a dele no meu console, blz. minha duvida é em um jogo online, se a gente comprar tipo um Call of duty, podemos jogar ao mesmo tempo esse game online com cada um na sua respectiva conta?

  3. Realmente tentei gostar deste Westerado… mas é muito bla bla bla.
    Em situações normais eu até gostaria. Mas personagens todos de pixel.

      1. Sério? Quando joguei tava em inglês, mas dessa vez que voltou pro gamepass apareceu na loja brasileira e não cheguei a baixar pra ver se tinha alguma mudança.

  4. Mario da PC Manias fez um artigo falando mal do Xbox, sobre rumores de problemas. No artigo, ele cita o rumor do RE8 com problemas no PS5, ele diz que é mentira e ainda diz que o insider é burro por dizer que a Capcom estava avaliando lançar para a atual geração, devido aos problemas no PS5.

    Ele xingou o insider e agora a Capcom confirmou, eles estão avaliando lançar o game para a atual geração. Kkkkkkkkk

  5. Deve a Microsoft lançar o Skyrim exclusivo?  A narrativa dos yutubers foi que não, mas vamos a matemática. O jogo vendeu incríveis 30 milhões de cópias, vamos supor que 10 milhões tenham vindo do PlayStation,  no lançamento do Skyrim 6 se vender no PS5 10 milhões de cópias a 70$ Dólares sendo que metade do valor ficará com a Microsoft eles arrecadariam 350 milhões de Dólares.

    Se o jogo fosse exclusivo e por causa dele a Xbox atraisse metade dos 10 milhões, sim 5 milhões para sua plataforma estes 5k de assinantes pagariam 10$ pela assinatura do Game pass, 50 milhões de dólares, mas aqui vem a magia, eles não ficariam um mês eles se fidelizariam a plataforma e em um ano de Game pass eles gerariam 600 milhões de dólares. Estando eles dentro do sistema Xbox(Xcloud, PC, console) digamos que 2 milhões viriam para o console, eles comprariam jogos multi no Xbox aumentando as receitas.

    Em fim me parece que depende da estratégia de lucro da Microsoft, imediatamente ou a longo prazo,  mas sim lançar Skyrim exclusivo vale a pena.

    1. Sei não, mas acho que a Bethesda ainda vai ter uma certa “liberdade” pra decidir isso. Se ela quiser lançar multi, não acho que a MS va implicar com isso. Ela sabe melhor do que ninguem onde seus jogos vendem mais

          1. Liberdade criativa, isso não quer dizer que o estúdio vai decidir onde colocar seu jogo. Além do mais, Skyrim vendeu mais no Xbox que Playstation.

          1. A MS não se importa aonde vc jogue, desde q dê dinheiro à ela, oooooouuuu…….torrentinho da vida 🤣🤣🤣🤣🤣

          2. Eu acredito que se ela for manter exclusivo, lançará Port até pro Switch ou sucessor deste, caso não fique muito caro pra portar… A ideia de não lançar em consoles PlayStation é bem interessante sim, faz com que quem só tenha PlayStation invista no Gamepass Ultimate, até mesmo pra jogar via streaming, e em um futuro próximo com a popularização do 5G e servidores no Brasil isso se torne uma realidade por aqui tmb, de qualquer forma além de manter a exclusividade a MS ganhará dinheiro mesmo sem vender um Xbox.

      1. Bethesda foi comprada.. A liberdade dela é pra fazer jogos, onde esses jogos vão lançar não cabe a ela decidir pq a MS pode querer que tudo seja exclusivo pra incentivar as assinaturas de GP, ou não, pode querer deixar pra todo mundo pra maximizar o alcance dos jogos..

    2. A grande maioria foi PC, em qualquer caso, se eu fosse o CEO eu botava tudo só nas minhas plataformas mesmo que se F. kkkkkk
      Mas que exclusividade é ruim pra gente é.

    3. Nao sei o que sera feito, mas repito que a Microsoft deve manter a excluxividade sim. Um dos motivos, é que se fosse a sony a adquirir nao pensaria duas vezes em dazer isso dado que até personagem estava querendo tornar exclusivo em jogo que é multi. E a razão de que muitos YouTubes estsrem querendo o contrário, é justamente por ficar claro quais são suas plataformas preferidas. Se fosse a sony nao estariam pedindo pra ser multi.

    4. A microsoft vai manter os acordos antes da aquisição, após a aquisição vai ser tudo exclusivo (minha opinião), os caras estão com sangue nos olhos, sinto um ar de vingança, vindo da microsoft.

    5. Tem que lançar multiplataforma mesmo e fazer os caras pagar preço cheio. A MS já vem declarando apoio a crossplataform, se ela não lançar os multis crossplataform estaria sendo hipócrita, e outra se for pensar em lucro bruto é vender nas outras plataformas mesmo enquanto o dinheiro do Gamepass é usado para fomentar o próprio Gamepass e atrair mais assinantes enquanto a venda dos jogos para outra plataformas entra como lucro liquido total.

    6. Esse negocio de se vale ou não ser exclusivo vale pra qualquer jogo first.. A Sony tem os exclusivos dela, SE lançasse pra PC e Xbox ganharia muito mais dinheiro pq muita gente não compraria um PS só por causa de GoW ou TLOU, mas compraria o jogo se tivesse disponivel. Mas a Sony não lança em outras plataformas pq quer fidelizar o cliente na plataforma dela.
      Engraçado que qnd é na “minha plataforma” vale a pena, mas qnd é na outra ai vem os analistas falar que não vale a pena, é errado , etc..

    7. Skyrim so vendeu bastante pq foi lançado em 2 gerações ou seja muita gente comprou 2-3x

      Se o game pass bater uns 30mi de usuários ate o lançamento do Elder Scrolls VI acho que eles não precisa lançar pra outras plataformas e so acho que vai chegar depois de 2022 ate la bate com folga 30mi

  6. Eu já expliquei diversas vezes aqui que a MS ainda não adquiriu totalmente a Bethesda ainda.

    A Transação irá se encerrar em 2021.

    Se caso, a Zenimax não queira fazer o acordo, e ver que o acordo foi ruim, ela devolve o dinheiro em caixa investido, e segue normal como uma Holding independente.

    Mundo dos negócios é assim, pode dar errado as coisas.

    Youtubers eles desinformam demais, youtube virou uma ferramenta massiva de Fakenews, discórdia, e alienação.

    Se querem de Fato a notícia correta: Vão no site da microsoft, vejam a declaração contratual não-GAAP, com os termos contábeis e sobre o princípio da entidade.

    MS espera da Zenimax com esse acordo, 200 Bilhoes de receita operacional, para o término de 2021.

    Pelo tamanho desta receita (Muito maior que a receita da divisão Playstation) é ÓBVIO QUE 90% DOS GAMES VÃO SER MUTIPLATAFORMA.

    E eu QUERO QUE SEJA Multiplataforma, porque:

    -Quero que o acordo dê certo, e que alcancem o resultado esperado.
    -Quero ver sonysta fanboy seguidor do Testudo pagando 280 pila nos games, e nós, do Xbox/PC a 29 reais no Game pass.

    É isso… Duras verdades do Gamer CARECA.

    Lamento.

    1. 200 Bilhões é o esperado que o mercado de games “ao todo” gere, naõ qnd a Zenimax vai render.. Até pq não faria nenhum sentido uma empresa ser vendida a 7,5Bilhões se ela faturasse 200Bilhões..

    2. mas isso ai é normal dos tramites burocráticos demorarem, igual a disney com a fox, mas se o anuncio publico foi feito é pq não existe chances do negocio andar para trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *