Xbox Game Pass se mostra incrível para o bolso dos jogadores: 11 estreias e muito peso

A Microsoft está elevando o nível novamente com a nova onda de títulos para download para os assinantes do Xbox Game Pass. A segunda quinzena de agosto não é só muito movimentada, mas também cheia de novidades, ou seja, os jogos que vão diretamente para este serviço no momento que são disponibilizados.

Os últimos grandes lançamentos da geração de seus estúdios e parceiros estão aqui: Microsoft Flight Simulator, Battletoads, Tell Me Why e Wasteland 3. Mas, além disso, outros para os quais como Crusader Kings III, entram no Game Pass diretamente. Spiritfarer ou Hypnospace Outlaw. Como se isso não bastasse, existe um grande como Resident Evil 7: Biohazard. E a lista continua.

Abaixo, confira 11 jogos que foram ou serão lançados diretamente no Xbox Game Pass:

  • Spiritfarer (Xbox/PC)
  • Battletoads (Xbox/PC)
  • Tell Me Why: Episodio 1 (Xbox/PC)
  • Wasteland 3 (Xbox/PC)
  • Crusader Kings III (PC)
  • Microsoft Flight Simulator (PC)
  • New Super Lucky’s Tale (Xbox/PC)
  • UnderMine (Xbox/PC)
  • It Lurks Below (Xbox)
  • Hypnospace Outlaw (Xbox)
  • Crossing Souls (Xbox)

Como você pode ver, é uma lista com títulos para todos os gostos e em tamanhos muito diversos. Por um lado temos o já lançado Microsoft Flight Simulator, que tem feito sucesso entre os críticos e que os jogadores já começam a gostar. Se você quer uma dose de nostalgia, Battletoads é uma ótima opção. Se preferir uma aventura narrativa emocional, chega o primeiro episódio de Tell Me Why, dos criadores de Life is Strange. Caso contrário, você pode se divertir com as divertidas aventuras de plataforma de New Super Lucky’s Tale ou com o papel de Wasteland 3. Para terror teremos Resident Evil 7 e The Dark Pictures: Man of Medan. Seja como for, o Xbox Game Pass tem um enorme catálogo para todos os gostos e não para de introduzir novos jogos.

Se tem uma coisa que o Xbox Games Showcase deixou claro que é este serviço é algo que nenhuma outra empresa da indústria de jogos consegue concorrer.

30 comments on “Xbox Game Pass se mostra incrível para o bolso dos jogadores: 11 estreias e muito peso

  1. Tem tudo isso no console vencedor de gerações e mais. Até quando a mamãesoft vai aguenta paga p caixista mindingo joga a 1 REAL?

  2. O GP já vale a pena só pelos exclusivos no lançamento. E se compartilhar conta com um amigo ou pegar as promoções oficiais de 6 meses por 119 reais, o serviço sai por 20 reais mensais. É barato, de modo que pode vir aumento por aí.

    1. A minha vence agora eu outubro, divido com meu tio e vai dar no máximo 125 reais para cada.
      Vamos comprar o GifrtCard e renovar ao inves dos esquemas de novos perfil.
      Sao tempos de excelência meu prezado Burigas!!!

  3. Hoje como assinante do Gamepass/Gold, me deparo com uma situação que, se não é inédita, desde os tempos dos famigerados Cds alternativos eu não via. Atualmente estou jogando Thronebreaker, num ritmo tranquilo, curtindo a história e duelos do gwent. Só que nesse tempo, já lançou The Messenger, CrossCode, Carrion, Yakuza Kiwami 2, F-1 2019, Darksiders Gênesis, The Dark Pictures, Spiritfarer e agora New Super Luck Tales, isso só os mais recentes. Todos me interessaram de alguma forma. Baixei o Observation (ainda não comecei) e ‘descobri’ o Street of Rogue por meio da Quest semanal e joguei o tutorial até o momento (gostei, e pretendo ir mais longe nele, dizem ser curto). E ainda fiz o pré-download do Battletoads e Tell Me Why, que pretendo começar em breve. Não me lembro de nenhuma outra época da história dos videogames com tamanho volume e acessibilidade de conteúdo, e isso me fez levantar algumas reflexões:

    – Se há esse sentimento de ter muito o que jogar além daquilo que consigo efetivamente alcançar, isso é apenas resultado da combinação de eu ser receptivo a novos conteúdos + chegada de jogos cada vez mais interessantes.
    – Preciso estabelecer um bom filtro para consumir os jogos que desejo sem aquele sentimento de urgência ou ansiedade em querer obrigatoriamente jogar tudo que aparece nos serviços.
    – Devo agora cuidar apenas de manter um ritmo de jogatina saudável e adaptável, em harmonia com meu estilo de vida atual.

    Mas claro, eu continuo com a opção de comprar os jogos, e se eu achar que vale mais a pena comprar, o faço tranquilamente. O importante é jogar.

    1. Eu normalmente baixo quase tudo que lança e dou uma chance para o jogo e se me prende eu continuo jogando. Atualmente estou jogando grounded freneticamente apenas, mas muitos jogos em paralelos de forma mais de boas.
      Acho incrivel o conteudo da gamepass e não me vejo mais sem assinar o serviço, sem contar aquele sentimento legal de esperar novidades.

      1. Sim, estão chegando cada vez mais jogos day one no serviço. Gears Tatics pretendo jogar também assim que lançar pra Xbox One, esse é prioridade.

  4. Nos anos 2000 Sonystas: deixa eu ir ali na feira comer um pastel e comprar uma dúzia de CD pirata por 5 Reais do Praí 2

    Em 2020 Sonystas: Gamepass é ruim vai matar a indústria, caixistas são mendigos

    Esse povo é hipócrita ou não é???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *