Xbox Game Studios: alguns possíveis detalhes de Wolfenstein III

O estúdio MachineGames pode estar profundamente envolvido no desenvolvimento de Wolfenstein 3. Sabemos que não é segredo que a saga Wolfenstein irá receber um novo título. Em 2018, Pete Hines da Bethesda Softworks disse que definitivamente haveria uma terceira parte. MachineGames fez uma pausa antes de encerrar a história.

Com a aquisição da Zenimax Media pela Microsoft em setembro deste ano, o desenvolvimento do Wolfenstein 3 pode agora ser mais dinâmico. O Klobrille especula que a MachineGames pode estar usando o motor id Tech 7 e que a criação do Wolfenstein 3 esteja a todo vapor, a fim de encerrar a trilogia.

Além disso, as vagas no desenvolvedor indicam que uma segunda equipe poderia cuidar de um multiplayer para o shooter. Então parece que teremos mais novidades nesta área.

Por enquanto, só podemos adivinhar o que realmente está acontecendo na MachineGames. Mas a Microsoft certamente não perderá tempo e apoiará o desenvolvimento de projetos novos e em andamento nos estúdios individuais. Afinal, os US $ 7,5 bilhões devem ser recuperados.

61 comments on “Xbox Game Studios: alguns possíveis detalhes de Wolfenstein III

  1. Wolfenstain é uma excelente franquia, e se for mesmo o proximo jogo, será muito bem vindo.
    No entanto, eu queria mais detalhes das novas IPs que os cara da Zenimax estavam produzindo.

  2. Quando se olha pra esse jogo junto a Doom, The Evil Within, Fallout, Desonored, Prey, se vê o quão positivo pro XGS foi a aquisição da Zenimax.

    Foi um golaço no início do jogo

    1. E que gol viu, loucura imagina uma coisa dessas, se alguém falasse pra mim em agosto que a Ms tinha comprado a Bethesda, iria falar que ele está louco

  3. Ei Jorge, sei que vc não é Mãe Dina, mas os Consoles Series X/S virão para o Brasil no dia 10 mesmo? E vc tbm sabe se as lojas Varejistas física terão eles no dia do Lançamento? Se souber de algo faz uma matéria por favor.

  4. “Além disso, as vagas no desenvolvedor indicam que uma segunda equipe poderia cuidar de um multiplayer para o shooter.” Você nunca verá uma frases dessa em possíveis detalhes dos jogos da Sony.

    1. Esse foi o unico Wolfenstein que joguei, foi no Xbox Clássico, e lembro de não ter gostado rsrs…mas tenho vontade de jogar um dos atuais. Quem sabe em breve.
      Agora Doom é vida, o franquia do cacete!! Maravilhosa!!

  5. Vocês lembram né que dias atrás eu falei que o pessoal iria cai matando na Bethesda?

    Pois é, ontem deve um louco dizendo que a Bethesda não chegava aos pés da Sony e o zangado disse que a Bethesda é irrelevante e que todo mundo quer Godi Fu Arr.

    O interessante é que o pessoal não da dando mole para esse pessoal e to gostando de ver eles pegando no pé mesmo.

    1. Ontem eu ouvi o podcast dele e fiquei impressionado o quanto o conhecimento dele é superficial sobre os games. Deve ser por isso que ele evita se expor. Ele fala muita besteira, quando precisa falar de improviso.

    2. Se o zangado falou isso mesmo, fica muito fácil de dar um exposed nele. Me lembro muito bem da análise dele sobre Fallout 4, foi o que me motivou a comprar apesar de eu ser bem seletivo com esse tipo de jogo. Basta pegar as análises dele sobre melhores jogos da Bethesda pra comprovar que ele caiu em contradição.

  6. ahahahah, bem a cara de vcs

    https://mspoweruser.com/microsoft-custom-lgbtqi-xbox-one-x-giveaway/

      1. ué, na hora de tirar sarro do TLOU2 ces dão risada

        agora quando é com vcs.. “qual o problema?”

        ehehe, enfim, a hipocrisia

          1. vc virou tirando sarro da viadagem do TLOU2 que eu lembro

  7. Wolfenstein 2 foi o FPS desta geração com o pior design de fases e pior jogabilidade que eu joguei nesta geração. O spin off das duas moças (nem vou me esforçar pra lembrar o nome) parece que foi pior ainda. No 2 pelo menos a história manteve o alto nivel do 1. Sonysta, chupe o dedo que vc não vai ver a cor de Wolfenstein 3 no PS5.

    1. Na minha modesta opinião, mesmo o Wolf, que é um jogo fraco/mediano, está à anos luz da merda que é o Killzone. Então, acho que o sonysta não tem muita moral pra criticar qualquer jogo de FPS que seja.

  8. Sea Of Thieves no Series X parece outro jogo.

    Carregamento instantâneo quando você pega uma Sereia. Para aqueles que jogam ou jogaram Sea of Thieves, sabe o quão demorado é retornar para o Navio, isso vai ser uma melhoria incrível.
    https://twitter.com/Stallion83/status/1313123115686342659?s=20

    1. Cadê?
      Tenho muito interesse em ver isso.
      Jogo no PC com boas configs (i5 de nona geração, 16GB RAM, GTX 1660, SSD) e a experiência é outra mesmo. Principalmente os 60 fps estáveis e o loading rápido, agregam demais.
      Manda nudes, like, o link haha

    2. Acho o SOT lindo no One X, de verdade, mas o loading é a pior parte de tudo, realmente triste a demora, principalmente em iniciar a sessão e voltar da barca dos ferrados.
      Mas visualmente acho mais bonito que nesse PC que jogo. Texturas, anti alising, HDR…Realmente sensacionais.

  9. Tenho que confessar. Eu subestimava Doom. Olhava pra nome do jogo e me lembrava daquele antigo. Doom Eternal que me fez tirar esse preconceito. É um shooter do caralho, o melhor da geração. Já quero é jogar aquele anterior tb, de 2016 eu acho, assim que terminar este novo.

    1. É um dos melhores FPS dos ultimos anos, objetivo e direto, sem mimimi, sem frescura, focado no que um FPS classico tem que ser, matar e matar e matar…

    2. o primeiro Doom da nova geração tbm é bom, apesar de eu esperar mais dele! Já o Doom Eternal veio chutando a porta de bico e arrebentando as retaguardas de maneira incrível! vale total!

    3. é incrível como ele pegaram um modelo de FPS frenetico que era o padrão dos primeiros jogos de FPS da história e trouxeram pra nova geração e parecendo algo totalmente novo e do caralho

    4. O Doom e o Doom Eternal são meus jogos de FPS favoritos dessa geração! Já o Wolf eu não curti muito não. Quero jogar o Rage 2 ainda pra ver se é bom!

        1. Doom 2016 é um belo jogo, mas é Quake, né. Não é Doom. Na verdade Doom propriamente dito não existe mais pois a marca registrada de Doom é não poder pular.

          Doom 3 foi lançado numa época em que já se pulava em FPS. Dessa forma a ideia da id Software foi de “horizontalizar” o jogo, assim como foi feito com a campanha de Halo. Porém ela sacrificou a velocidade do jogo, outra marca registrada de Doom.

          O Doom atual mantém parte da velocidade do antigo, mas o gameplay é uma mistura de Quake com Serious Sam. Só dá pra chamar de inovador se você não tiver jogado Serious Sam e Shadow Warrior.

          O gameplay é um dos melhores da geração, mas a dificuldade de Doom é mais aquela coisa de “vamos encher de inimigos superpoderosos na tela” do que usar inimigos inteligentes. Em Doom, dificuldade não significa ser superado em combate pelo inimigo, mas “vamos colocar um monstro invisível aqui pro jogador não enxergar”, ou “vamos colocar um monstro enorme que solta 200 mísseis por segundo”.

          Ou seja, idêntica, em conceito, à de Shadow Warrior, enquanto incorpora as glory kills de Serious Sam 3. Dessa forma, Halo é superior.

          Em outras palavras, fazer um bom Doom exige menos recursos do que fazer um bom Halo, um bom STALKER, um bom Metroid Prime, um bom Metro, um bom Far Cry…

    5. Joguei o de 2016 apenas e foi de longe um dos melhores da geração pra mim.
      JOGAÇO, impecável.
      Ansioso pra jogar o Eternal (sei que chegou na Game Pass mas não tive tempo de jogar ainda).

    6. Doom de 2016 é muito bom tbm, lembro que comprei numa promoção por R$60,00 e não me arrependi que jogão e ese eternal tá melhor ainda incrivel o que eles fizeram com essa maravilhosa franquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *