Carregando...

Xbox Live está tendo uma “demanda sem precedentes”; PS4 terá downloads limitados

A Microsoft e a Sony deverão ter muito trabalho nos próximos dias durante a epidemia de coronavírus que assola o mundo e que está chegando ao nosso país. O método mais seguro para proteção é ficar dentro de casa, e justamente por isso que serviços como Netflix, Xbox Live e PSN precisam ser reforçados ou limitados.

A Netflix já anunciou que irá limitar o seu serviço no Brasil ao diminuir a qualidade, e a Sony também seguiu este caminho com seu Playstation 4. Bem, de acordo com a Sony, eles estão trabalhando com ISPs na Europa para “gerenciar o tráfego de downloads” no PS4, a fim de evitar interrupções, mas que os downloas serão mais lentos:

Jogar videogames permite que jogadores de todo o mundo se conectem com amigos e familiares e desfrutem do entretenimento necessário durante esses momentos de incerteza. A Sony Interactive Entertainment está trabalhando com fornecedores de serviços de Internet na Europa para gerenciar o tráfego de downloads e ajudar a preservar o acesso para toda a comunidade da Internet.

Acreditamos que é importante fazer a nossa parte para resolver as preocupações com a estabilidade da Internet, pois um número sem precedentes de pessoas pratica o distanciamento social e está se tornando mais dependente do acesso à Internet. Os jogadores podem experimentar downloads de jogos um pouco mais lentos ou atrasados, mas ainda desfrutam de uma jogabilidade robusta. Agradecemos o apoio e a compreensão de nossa comunidade e o trabalho deles, à medida que tomamos essas medidas em um esforço para preservar o acesso de todos.

Agora, a Sony menciona apenas a Europa, mas essa mensagem foi compartilhada pelo PlayStation Blog dos EUA, sugerindo que isso também afetará os downloaders americanos. Como eu disse na semana passada, é inevitável que os serviços de jogos on-line sejam afetados à medida que mais e mais pessoas são forçadas a entrar. No momento, são apenas downloads, mas tenho certeza de que o multiplayer online também será reduzido.

A Microsoft não anunciou medidas de limitação, mas em comunicado recente, Phil Spencer disse que o acesso à Xbox Live é tão forte que não teve precedentes:

“Eu afirmei anteriormente que acredito que o jogo tem um poder único de reunir pessoas, entreter, inspirar e nos conectar, e acredito que isso é ainda mais verdadeiro sob essas circunstâncias únicas”, escreveu Spencer. “Muitos querem que os jogos permaneçam conectados com seus amigos enquanto praticam o distanciamento social, e estamos vendo uma demanda sem precedentes por jogos de nossos clientes agora”.

O Windows Club continuará acompanhando o desenrolar disso, mas saibam que problemas poderão surgir a partir de agora em jogos multiplayer. Muitas pessoas têm pedido acesso gratuitos à Xbox Live ou PSN por conta do coronavírus, para incentivar que muitas pessoas fiquem em casa – e parece que esta não é uma boa ideia.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.