Carregando...

Xbox Scarlett e PS5 podem chegar em 2020 com mais de 10 Teraflops

A guerra dos teraflops veio à tona. Parece que a apresentação do Google Stadia e 10,7 teraflops e 16GB de RAM na nuvem deu muito o que falar. Você pode realmente comparar um hardware na nuvem com um local? Eu realmente não sei, porque Stadia ainda não chegou oficialmente no mercado, mas ainda assim o Google fez questão de comparar-se com os 6 teraflops de Xbox One X. Entretanto, em 2020 poderá chegar o Xbox Scarlett e Playstation 5 segundo Jason Schreier do Kotaku, e  parece que eles vão superar 10,7 teraflops de sobra.

De acordo com o Resetera, onde Jason Schreier tem uma conta e é geralmente muito ativo onde ele comentou respondendo a outro usuário. É claro que, apesar de ter credibilidade, as palavras Schreier ainda são rumore e pode não ser confirmadas. Como ele mencionou, embora rumores de terem sido distribuídos os devkits do Xbox Scarlett como PS5, ainda são apenas para poucos desenvolvedores sortudos que já conhecem tais informações sensíveis como as especificações finais dos próximos consoles.

Depois de divulgar um pouco sobre o assunto, ele deixa claro a única coisa de que ele tem certeza:

A única coisa certa é que tanto a Sony quanto a Microsoft estão apontando mais alto do que os 10,7 teraflops que o Google apresentou na semana passada. (E, como vazou, a Microsoft tem algumas coisas em mãos).

O outro esclarecimento que faz é que podemos esquecer de ver o novo console este ano. Depois de assistir as últimas atitudes da Sony quanto aos seus eventos, é claro que vamos ter que esperar até 2020 para ver a concorrência feroz que vai oferecer entre Xbox Scarlett e PS5. No entanto, a Microsoft deixará algo substancial em sua apresentação da E3 2019 ao lado do Projeto xCloud.

O que vocês acham?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.