Xbox Series S não seria um console portátil, apesar dos rumores

O Xbox Series S não seria um console portátil , apesar dos rumores que surgiram algumas horas atrás no Twitter. A verdade é que o Xbox Series S, cujo nome de código é Xbox Lockhart, é um mistério hoje. Apesar de alguns jornalistas e especialistas afirmarem continuamente que é uma realidade e que a Microsoft não deve demorar muito para apresentá-lo, a verdade é que, no momento, ele não foi apresentado ao público. Portanto, alguns usuários do Twitter, como o jornalista da Venturebeat Jeff Grubb, apontaram que talvez não seja um console como imaginamos, mas uma versão portátil.

Como observa Jez Corden, editor-chefe do Windows Central, a ideia não seria exagerada. Afinal, a estratégia que a Microsoft segue há muito tempo (e que não se cansa de esclarecer) é alcançar o maior número possível de usuários. Para conseguir isso, o mercado de notebooks e celulares é bastante interessante e um ativo que a Microsoft poderia usar. No entanto, Xbox Series S será não ser uma console portátil, a menos para o momento, então talvez terminar confirmado como a irmão mais novo do Xbox Series X.

“Os usuários do Project xCloud provavelmente não comprariam outro dispositivo para jogar. Mas não se trata do número de hardware vendido, mas do número de usuários que você possui. Então isso seria outra opção. No entanto, Lockhart não é portátil, embora seja divertido sonhar“, disse Jez Corden no Twitter.

Embora o Xbox Series S não seja um console portátil, a Microsoft pode acabar se lançando neste mercado, com outro dispositivo projetado especificamente ou aliando-se a uma empresa que já está estabelecida nesse campo. Você gostaria da ideia?

58 comments on “Xbox Series S não seria um console portátil, apesar dos rumores

    1. Com o xcloud vc precisa estar sempre conectado a internet para rodar o jogo na nuvem, com um portatil com hardware dedicado não precisa.

    2. Um controle oficial telescópico com boa qualidade de construção é uma boa opção pro Xcloud. Controles com clipes de celulares não oferecem um centro de gravidade confortável para se jogar em todas as posturas. Ao colocar em um celular a pegada e centro de gravidade ficariam muito melhores que com controles chinesões de procedência duvidosa ou com os clipes de celular horríveis.
      Mas console console mesmo parece improvável.

  1. Portáteis perderam relevância. O Switch tem relevância por também ser um console de mesa e pelas franquias da Nintendo (que aliás, são ótimas)… Mas hoje fazer um dedicated handheld não é vantajoso pq não vai ter aderência das thirds, já que é mais lucrativo lançar games f2p em mobile quando se trata de jogos portáteis

    1. Disse tudo. E sacrificar potência e recursos para fazer portátil geralmente não compensa…Nintendo Switch foi feito para o povo asiático (que preza mais a mobilidade do que qualquer coisa) e tem os jogos exclusivos Nintendo…só assim para conseguir fazer sucesso…lançar portátil é 99% das vezes um tiro no pé…melhor investir no xCloud.

        1. kkkkkkkkkkk
          não estou falando que não venda para povo não asiático, apenas que foi lançado pensando no público asiático, tem diferença 😉

          1. É para um público geral. Há tanto gamers mais velhos quanto crianças que curtem esse tipo de jogo… Por isso se torna algo bem mais abrangente

      1. Não só… O Switch faz muito bem a proposta de se ter um console de mesa que vc pode levar com vc. Sacrifica performance, mas dá uma boa comodidade… E pros jogos da Nintendo, no geral, é bem de boa isso, além de só de lançar um Pokémon já dá um boost em vendas… Pra consoles mais voltados a um público diferente, mais “ligado” em games como algo mais “sério” como é Playstation e Xbox, não rola.

        1. Exatamente, ele fez sucesso porque foi lançado pela Nintendo, fosse qualquer outra empresa, não ia fazer esse sucesso todo. Os jogos da Nintendo não necessitam de máquinas extremamente poderosas para rodar, até porque fotorealismo nunca foi o objetivo…

          1. Isso é “racismo” com as outras empresas. Third Party como FIFA e GTA fariam muito sucesso se fossem lançados em outras plataformas portáteis. Não é só de “escrugivo” que portáteis chamam atenção pra compra.

          1. Do jeito que foi falado pareceu que o GB, GBC, GBA, DS, 3DS,Switch,PSP flopparam que nem o Game Gear e Vita.

    2. Ainda ñ tenho o Switch (quase comprei no começo do ano qdo começou a ficar abaixo de 3 mil antes da alta do dólar), mas desde o projeto, antes de ter o nome Switch, já apostava q seria sucesso justamente por ter a possibilidade de ser de mesa e portátil. Fazia tempo q ñ me empolgava com a Nintendo.

      1. Eu estou na real esperando ter grana pra pegar um… Como sou profissional liberal, tá foda grana nesse momento. Se deus quiser logo melhora e eu consigo um

    3. Quais são os exclusivos ótimos do nintendo ? Tô pensando em compra um mais pelo prećo pode me dá uma dica se eu achar q vale apena eu compro senão nao

    4. Quais são os exclusivos ótimos do nintendo ? Tô pensando em compra um mais pelo prećo pode me dá uma dica se eu achar q vale apena eu compro senão nao

      1. Olha, vai muito do seu gosto…
        Mas Zelda Breath Of The Wild é uma unanimidade. Tem Super Mario Odyssey que é um ótimo platformer (não é muito meu estilo), Fire Emblem Three Houses, um excelente Strategy RPG, Xenoblade Chronicles 1 e 2 que são action RPGs muito bons (inclusive meus dois jogos preferidos da Nintendo atualmente esses), e Luigi’s Mansion 3 que eu nunca joguei, mas é considerado um ótimo jogo

      2. Tem o Mário , o Mário tênis , o Mário Golf , o Mário Kart , Mário RPG , Mário volley , Mário NFL , Mario vs Luigi , Mário swing , Mário remake, Mário remaster .

  2. Bora lá, ser um $onysta Influencer!!!
    Mas com coração Caixista!!!

    https://psxbrasil.com.br/noticias/playstation-brasil-anuncia-plataforma-de-influenciadores-com-recompensas/

  3. Se bem que seria da hora ter um portátil com 4 tf na mão kkk O Switch tem 1 se não me engano…

    Mas a ideia é investir no Xcloud. Não faz sentido ter um portátil nessas circunstâncias

      1. É que rolou um rumor que ele teria 4tf. Pra um console convencional na próxima geração não parece muito, já num portátil o bichinho ia sair voando kkk

  4. Seguindo o planejado, lançam o Series X em dezembro, 449 dólares, sem concorrência, ps5 adiado pra 2021, lançam apenas em maio ou junho, por 399 e seus 9 TF.
    Ai no lançamento do séries X anunciam o S, versão slim, menor e branca com 6 a 7 teraflops por 299 pra ser lançado em maio ou junho também, pronto, pegou o ps5 de todos os lados, poder e preço.

    1. Mas nesse caso ai o ps5 teria q ser adiado de certeza pq para lançar o Series X por $500 teria q acontecer isso ou então seria ruim pras vendas como da outra vez.. Eu acho que o Series X será $400 ou $450 Max e o ps5 $500, ai o Séries S vai qualquer preço msm

      1. A Sony adia o PS5, daqui a um ano quando ela lançar vem a Microsoft e lança o Series S, com mesma capacidade do PS5 (que não é muito), e mais barato.

        1. Ps5 já vsi ser semelhante a uma rtx 2060 super como não é muito? Já ta de muito bom tamanho é um ótima gpu mid-end o ps4 pro atual é infetior a rx 580 e não vejo ninguem reclamando ué…

          1. Cara eu migrei do meu ps4 fat para o pro, e não me decepcionei nenhum pouco, os first party da sony em um ps4 pro são os melhores gráficos da atualidade.

  5. Será q só eu penso que, caso tenha realmente um Series S, ele n seria pequeno assim?? Rsrs… Acredito q seria igual ao Series X em dimensões, mas seria de outra cor, tipo o branco do One S, sei lah!
    Com relação ao portátil, jah acho q a Microsoft poderia ter o Nintendo Switch “como seu”, poderia fechar uma parceira com a Nintendo e levar a XCloud pra ele… Seria top!

  6. Um console portátil Microsoft é um sonho há décadas. Não é agora que isso mudaria. O que acontece no máximo é os usuários exclusivos de televisão é menosprezar em como mecanismo de defesa de “tenho que defender o console de mesa a qualquer custo pq senão estaria dando espaço pra aceitar o Switch”.
    O monopólio do Switch é muito prejudicial ao mercado consumidor. A fuga da Sony do setor cagou de vez a competição.
    Tá ligado aquele tiozão que sempre comeu pé de galinha ralado porque era pobre e se recusa a reconhecer que contrafilé é bom também só pra não se entregar pra “burguesia”? Tipo isso.

  7. Pra mim, juntando todos estes rumores, o Series S pode ser um console menor mas “não necessariamente portátil”, e com conectividade nativa com telas de smartphone, juntando o que há do xcloud com o console de mesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *