Xbox Series X tem um receptor de infravermelho IR escondido

O Xbox Series X e o Xbox Series S podem não ser tão voltados para a TV como o Xbox One era em 2013, mas muitos de nós gostamos de usar nossos controles remotos de mídia para assistir aos nossos programas e filmes favoritos no Xbox. Se você faz parte deste grupo, então ficará feliz em saber que a Microsoft não retirou este recurso.

E aqui está a boa notícia – o Xbox One Media Remote funcionará sem problemas nos novos consoles. Contudo, muitos acreditava que isso não fosse possível, mas calma, é que a Microsoft “escondeu” por questões de design mesmo.

Tem havido um pouco de confusão sobre isso devido à falta evidente de um receptor infravermelho visível na frente desses consoles, mas Major Nelson do Xbox Live confirmou que está realmente escondido dentro do botão de emparelhamento. Você pode ver na imagem abaixo:

Em resumo, a grande maioria dos controles remotos de mídia do Xbox One deve funcionar no Xbox Series X e no Xbox Series S da mesma forma que fazem hoje.

54 comments on “Xbox Series X tem um receptor de infravermelho IR escondido

      1. O retardado acha q um console com processador pior, gpu pior, memória pior vai ser melhor q o outro. Ninguém entregou o diploma de retardado pra esse imbecil ainda?

        1. vamos aos fatos:

          o cpu é igual

          a memória tem seus prós e contras (velocidade única acima da velocidade da memória mais lenta do xbox)

          a gpu tem seus prós e contras (menos CUs porém com um clock mais elevado, ou seja, tem o IPC melhor)

          o ssd já ganha de lavada. lembrando que ssd não serve apenas pra carregar mais rápido, tem diversas outras funções que auxiliam na otimização de performance do jogo (sim, ssd aumenta o fps quando a engine usa técnicas que tiram proveito dela)

          1. você é tão burro e prepotente q nem entendeu o que eu escrevi pra dizer que eu disse q ssd é gpu

            tua mãe te deixou bater de cabeça no chão quando tu era bebê?

          2. “IPC melhor” Não, um clock maior significa mais ciclos por segundo, e o IPC é o quanto de instruções ele realiza por ciclo, ou seja, o clock mais alto não significa um IPC melhor, significa que ele realiza uma quantidade maior de ciclos por segundo, logo ele realiza mais instruções ao todo, mas como o IPC se refere a quantidade de instrução por ciclo e não por clock, então não, ele não aumenta.

            Porem, por mais que tenha mais instruções ao todo, o Series X possui mais CUs. É o mesmo conceito de operários, você pode ter 1 operário que realiza um determinado serviço em um determinado tempo, supondo 1 hora, mas você também pode ter 2 operários que realizam o mesmo trabalho de forma mais lenta e que também terminam em 1 hora. Só que agora imagine se você adiciona mais 1 junto com os outros dois, agora eles vão acabar em menos de 1 hora e vão gastar menos energia. Mesmo conceito dos consoles, xbox trabalha mais devagar mas tem mais operários, logo, 12 > 10.

          3. “Como um dispositivo de computação, o Xbox Series X pode entrar para a história como uma das máquinas mais notáveis ​​já feitas – em comparação com outros produtos de sua era, nível de potência e preço.” – Ars Technica

            https://arstechnica.com/gaming/2020/10/xbox-series-x-unleashed-our-unrestricted-preview/

            Cara, você está se enganando.

          4. Vamos aos fatos:

            SIGNIFICATIVAMENTE PIOR – CPU – a cpu do PS5 é mais lenta
            BEM PIOR – MEMÓRIA – a memória do PS5 em termos práticos é bem mais lenta: A banda mais lenta do XSX não tem impacto no desempenho. Ela é rápida o suficiente pro CPU e sistema.
            EXTREMAMENTE PIOR – GPU – como se não bastasse a diferença em teraflops teóricos, o PS5 não faz ML, nem VRS, nem usa Mesh Shaders.

            SIMILAR – SSD – fato é que o PS5 tem apresentado desempenho similar. O Xbox Velocity Architecture tem trazido desempenho similar ao SSD do PS5. Sabia que para carregamentos a velocidade do SSD não é o único fator? Sem contar com a capacidade que o DirectStorage tem em ler dados e texturas instantaneamente melhor do que o PS5. Alie-se isso ao Mesh Shaders e complica. Não, o SSD do PS5 não aumentará em nada o fps em comparação com o XSX.

    1. Tá tão triste pro seu lado que vibram até com algo irrelevante como isso… tudo é motivo, até quando o motivo não existe, que vida triste a sua cara…

        1. Caixista sim, afinal sou fã da marca, a defendo, quando faz sentindo.. e não é questão de argumentos.. até por que acho que vc conseguiu entender quando eu disse que vibram com motivos quando os mesmos não existe.. e relevancia tem sim.. tanto de um lado como de outro, curto muito os jogos da Sony então me interessa muito oque acontece do outro lado tbm.. só não perco meu tempo tentando atacar um ou outro… mas oque mata é que quando estou no meu PSX nem de longe tem caixista enchendo o saco lá como adoradores da Sony aqui… e principalmente quando não tem motivo de ser .. enfim.. por isso que penso que sua vida é triste… só aparecer aqui pra querer tumultuar.. até de boa quando é zueira, tem aos montes aqui… mas vejo que vc as vezes leva muito a sério…

    2. Xbox Series X: 10/11/2020
      PS5: 02/04/2021 (De acordo com o mesmo rumor)

      Se for verdade mesmo, provavelmente vem uma atualização pro XSX até antes do lançamento da versão do PS5.

    3. Primeiro: Fonte.
      Segundo: O cúmulo do fracasso seria a Sony fazer uma parceria desse tipo pra tentar prejudicar o Xbox, pois só assim para o jogo rodar pior no console mais poderoso

    4. Querer usar o Yakuza como exemplo de otimização só mostra que só restou o desespero. Olha como esse Yakuza é brilhante:

      Xbox Series X: 4K/30 ou 1440/60
      Xbox Series S: 1440/30 ou 900/60
      Xbox One X: 1080/30
      PS4 Pro: 1080/30
      PS4 base: 900/30
      Xbox One S: 720/30

      Nunca um jogo no PS5 rodará melhor nele do que no Series X. Os jogos rodarão melhor no Series X ou por pior das hipóteses rodará igual ao PS5. E mesmo se rodar igual ainda assim o Series X estará fazendo menos esforço de processamento e, consequentemente, será mais silencioso já que não estará com a ventoinha a 100%. É igual um carro 1.0 e um Camaro, ambos chegam a 150Km/h, porém o carro 1.0 está gritando alto e tremendo todo enquanto o Camaro está numa boa sem nenhuma trepidação.

      Sonystas não falam mais de resolução desde o Xbox One X, vc está desatualizado.

      1. Saída HDMI. Algo com Sync alguma coisa. E também se deve por terem comunicação Wireless.

        A minha TV LG LM4600, que não tem SmartTV.
        É sincronizada com o HDMI do meu XboxOneS e Play3.

        Ligou um dos Consoles, liga a Tv.
        Desligou a TV, desliga o console também.

        1. isso eu uso desde que comprei o xbox, mas nesse caso ele só espelha o comando do infravermelho (ir blaster) pra ligar/desligar a TV, o que o manito falou ali foi usar o controle da tv no Xbox one s, fiquei curioso pq nunca consegui fazer isso no xbox.

          no ps4 da pra mexer com o controle da tv nele, pois ele tem hdmi cec

          1. Depende do padrão da Tv.

            Talvez também tenha algo em relação com Xbox Hub.

            E o sistema Tizen da Samsung também, auxilia na comunicação do Controle com a Tv.

    1. Isso é para manter a compatibilidade como os controles remotos do xbox one ou demais acessórios que usam esse recuso. Infra vermelho é bem comum no mundo dos eletrônicos, ao menos aqui nesse planeta que eu sobrevivo.

        1. Amigo, se você acha o mundo dele atrasado, o seu é de lunático. Cada tecnologia possui seu proposito e sua área de atuação, porem menosprezar o infravermelho e considerar um controle wireless superior, foi mal, mas você com certeza não sabe o que está falando. Como eu disse, cada tecnologia possui seu proposito, e o mesmo se aplica nesse caso, enquanto um controle wireless te fornece uma conexão mais ampla e possibilita que o sinal atravesse objetos, o infravermelho te fornece maior velocidade e é livre de interferência, algo que ao meu ver se encaixa muito melhor na proposta que a Microsoft está fazendo com o xbox, querendo reduzir latência de input e possibilitar uma melhor competitividade em jogos e-sport, como Gears. Porem, isso provavelmente não deve ser a solução desse problema de latência e sim a Velocity Architecture, esse infravermelho deve ser apenas para permitir que os primeiros modelos de controle do xbox one funcionem no Series, pois os novos controle também trabalham via wireless, enquanto que os antigos são infravermelhos.

          https://tecnoblog.net/211062/wifi-infravermelho/
          https://www1.tecnoblog.net/2013/detalhes-controle-xbox-one/#:~:text=Tamb%C3%A9m%20d%C3%A1%20para%20economizar%20bateria,sof%C3%A1%20em%20um%20jogo%20multiplayer.

        2. Sim sim pessoa do futuro, me diz ai quais são as novas tecnologias que vocês estão usando, pois aqui em equipamentos lançados ainda esse ano estão usando IR.
          E você não é brasileiro então ?? É só um estrangeiro retardado querendo pagar de atualizado, mas na realidade deve ser só mais um merdinha hater na internet, pra variar!

    2. Televisões de 20 mil reais estão saindo com controle remoto via infra-vermelho. Que coisa, né? Esse tal de infra-vermelho deve ser muito ruim.

      Tecnologia deve ser utilizada para atender uma necessidade e não para alimentar o ego de algumas pessoas. Aliás, como bônus para alguns sonystas, esses mesmos controles utilizam pilhas.

  1. Cada dia mais ansioso por essa máquina, vamos ver o choro quando mostrarem rodando o mesmo jogo no series X e no PS5, quero ver jornalistinha falando que o series X roda muito melhor, com taxa de quadros e resolução maior, tô até vendo sonysta tirando a própria vida com uma notícia dessas 😂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *