Xiaomi Mi Pad 2 teve estoque esgotado em menos de um minuto na China

xiaomi-pad-2

No mês passado, a Xiaomi lançou o Mi Pad 2. O tablet da empresa vem em duas variantes: uma com o Windows 10 (não com Windows 10 Mobile), e outra com Android. A empresa começou a vender o Mi Pad 2 de 64 GB (o dispositivo vem com 16GB e 64GB) na segunda-feira. Agora, de acordo com GizmoChina, o dispositivo ficou fora de estoque dentro de um minuto após seu lançamento. Claro, a Xiaomi poderia ter subestimado a demanda, o que poderia explicar porque o estoque acabou rapidamente.

Para aqueles que querem saber, o Mi Pad 2 é mais fino que seu antecessor (8,5 milímetros) com uma espessura de 6,96 milímetros. Ele pesa apenas 322 gramas, que é 38 gramas mais leve que o original Mid Pad. Possui uma tela IPS de 7,9 polegadas com uma resolução de 2048×1635 pixels e 326ppi. Há um processador Intel Atom Z8500-x5 chipset quad-core 2.24GHz e 2GB RAM LPDDR3. Para a câmera, a Xiaomi está entregando na traseira 8 megapixels e uma câmera de 5MP frente. O dispositivo também vem com uma bateria de 6190mAh, o que, de acordo com Xiaomi, oferece cerca de 12 horas de autonomia.

Xiaomi está vendendo a variante de 16GB por US $ 156, e a variante com 64GB por apenas $ 203. O dispositivo vem em cinza escuro, bem como em ouro champagne. Será interessante ver se a empresa planeja levar o dispositivo para outros países no futuro próximo – no entanto, isso pode não acontecer tão cedo.

xiaomi-pad-2

14 comments on “Xiaomi Mi Pad 2 teve estoque esgotado em menos de um minuto na China

  1. Se a Versão com Windows 10 tivesse esgotado sozinha, seria uma coisa, mas a versão com Android foi junto. Então as pessoas não compraram o Tablet por causa do Sistema. Compraram possivelmente pelo mesmo fato que leva alguém a burramente comprar iPhone. = A MARCA!

    Como era da Xiaomi (uma deusa para os Chineses), então devia ser artigo de luxo que merecia ser comprado.

    1. comentário sem noção cara o que a apple tem a ver com xiaomi?
      e a xiaomi não pode ser comparada ao “luxo” como vc diz pois o preço é super acessível, pensa um pouquinho…

      1. É incrível como a sua capacidade de raciocínio, que eu já to vendo que não existe, é limitada ao extremo. Interpretação de Texto meu filho.

        A Xiaomi – e acho que você já ouviu isso. – é a Apple Chinesa.

        Aquela empresa que todo mundo tem porque… Sei lá! Mas todo mundo tem… Se os dois tablets, com ambos os sistemas esgotaram, não existe mérito nenhuma para Google ou Microsoft, e sim unicamente para a Xiaomi, que conseguiu vender por ter o HARDWARE dela.

    2. cara parabéns pelo comentário .. O mérito é unicamente da Xiomi mesmo ja que ambos os tablets esgotaram . Acho que ate hoje o povo nao entendeu que a Xiomi e como se fosse a Apple da China , povo compra mais Xiomi la do que qualquer otura marca , fora que sao aparelhos com hardware bom e por preços baixos

    3. Aonde tu viu essa informação? pelo menos aq só tá falando que a versão com W10 foi a que esgotou rapidamente “… o dispositivo ficou fora de estoque dentro de um minuto após seu lançamento. Claro, a Xiaomi poderia ter subestimado a demanda, …”

  2. Achei meio estranho isso tudo, embora seja o mesmo hardware os SO´s divergem muito no resultado final para o usuário, acho que foi tipo compra pra revenda só pode!!

  3. Seria legal saber realmente o SO que é vendido o tablet e tbm saber qual SO as pessoas estão realmente usando nele (se alteraram depois ou não).

  4. Acho triste ter de usar palavras da Apple para vender seus produtos, mas enfim.
    É visível que existe a demanda para midirange. Quem se aproveita disso tem sucesso. Gogo xiaomi! Passa a lenovo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *