Muitos membros da indústria dos games de todo o mundo estão discutindo maneiras de jogar videogames. Em retrospectiva, os jogadores estão sempre debatendo sobre... O futuro do Xbox One parece ser incrível

xbox-controle-azul

Muitos membros da indústria dos games de todo o mundo estão discutindo maneiras de jogar videogames. Em retrospectiva, os jogadores estão sempre debatendo sobre como ou onde deverão jogar videogames. À medida que continuamente chegam novas tecnologias para a criação de novos consoles, placas gráficas e processadores e assim causam muito burburinho quando se trata de como e com o que nós vamos jogar nossos games nos próximos anos.

Vivemos em uma época de ouro dos videogames, onde a atual geração de consoles é capaz de nos transportar para mundos ricos e vibrantes, e os investimentos em jogos estão cada vezes maiores a nível de filmes  hollywoodianos. Em 2016, o Xbox anunciou um novo avanço tecnológico que permitiria aos jogadores vessem quatro vezes com mais clareza as imagens dos jogos.

Eles foram corajosos por anunciarem um novo console que levaria os jogos para mais perto da taxa de 60 quadros por segundo e os tão cobiçados e ainda luxuosos 4K nativos.  O Xbox One X foi lançado no final de 2017 e elevou o padrão da indústria para abocanhar o público com um gosto mais exigente.

Na E3 2018 eles anunciaram 50 jogos para o Xbox. 18 desses títulos eram exclusivos para o Xbox One, considerando que alguns títulos têm são exclusivos de lançamento (e podem ou não chegarem a outras plataformas, nem sempre chegam).  A maioria desses títulos está pronto para 4K e inclui HDR. O 4K e o HDR são revolucionários quando se trata da precisão da exibição gráfico.

A paixão de Phil Spencer por sua dedicação ao Xbox One é óbvia quando se trata de envolver todos os tipos de videogames em todos os gêneros possíveis. Não foca apenas nos jogos similares a estilo filmes ou com campanhas para uma pessoa, mas em uma cartela muito variada. Ele conseguiu trazer mais títulos japoneses para a conferência do Xbox na  E3 para deixar claro que o Xbox não é apenas para o público do Ocidente, é um divisor de águas, ele está gritando no Oriente que o Xbox pode ser o lar de jogos japoneses ao lado do PlayStation da Sony.

Este ano está causando impacto em jogadores hardcore. Os consumidores em geral também estão questionando qual console comprar. Escolhendo entre a santíssima trindade em jogos premium; o PlayStation 4/Pro, o Xbox One X/S e o PC todo-poderoso.  Para muitos é uma escolha ainda complicada, exige pesquisa dedicada, dezenas de vídeos do YouTube comparando recursos intermináveis e, por fim, decidindo, qual dispositivo você estará jogando 100 horas do novo Elder Scrolls VI.  A marca Xbox quer tornar indiscutivelmente os jogos cada vez mais diversificados e acessíveis, inclusive permitiu que todos os tipos de jogadores, mesmo com limitações físicas – graças ao Xbox Adaptive Controller  – pudessem jogar com seus amigos.

Com todo esse avanço não fica muito difícil imaginar que o Xbox já está incrível, mas que seu futuro parece ainda mais promissor, e pelos seguintes motivos:

Xbox Game Pass – Se você pagar pelo preço de um jogo, terá acesso à linha de jogos 2018 e 2019 do Xbox One, como Forza Horizon 4 , Crackdown 3 e Gears 5, todos em breve no Xbox Games Pass. E se você não puder esperar até atravessar Reino Unido ou abater inimigos pela galáxia, terá acesso a 116 jogos do Xbox One, 30 retrocompatíveis do Xbox 360 e 56 do Xbox Live Arcade.

Cross-play. Minecraft. Fornite.  Tudo compatível entre a família do Xbox One e o Nintendo Switch. Tudo se encaixou muito bem com o programa Play Anywhere do Xbox, que troca jogos entre o Xbox One X e o PC. Você está numa plataforma livre de correntes. Preciso dizer mais?

Microsoft e Razer, combinados. A Microsoft e a Razer possivelmente estão trabalhando juntas para trazer uma nova linha de teclados e mouses para adaptar e exercer a maneira como as pessoas jogam videogames no console.  Mais jogos de PC poderão chegar aos consoles, e os fãs de mouse e teclado poderão por fim jogarem no Xbox, além disso, o cross-play ficar ainda mais interessante.

Novos estúdios. O Xbox prometeu financiar e ajudar os desenvolvedores a criar mais jogos para o Xbox One  com os recentes anúncios de trazer equipes de desenvolvimento como Ninja Theory , PlayGround Games, Undead Labs e Compulsion Games para a lista cada vez maior de estúdios de first party. Espere o inesperado nos próximos anos.

Project Scarlett –  a próxima família de Xbox já está sendo construída, e espere maior equilíbrio, leia-se maior taxa de FPS e mais inovação. Rumores apontam que pode não ser apenas um console e a expectativa está alta para  saber como a Microsoft poderá inovar.

Streaming de jogos – imagine jogar seus games do Xbox em qualquer lugar graças ao streaming? A Microsoft é uma gigante na nuvem e possui uma estrutura única para o Brasil. Na atualmente, é a única empresa conhecida que pode fornecer esse recursos para nós, já que a Amazon não investe tanto assim no nosso país.

Segure seus corações porque a próxima metade de 2018 e 2019 parece ser extremamente promissora para o Xbox One. Mal podemos esperar para experimentar jogos como Kingdom Hearts 3 em 4K e Devil May Cry 5 em HDR. Vai ser absolutamente louco.

jorgemoderador

Sou advogado e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Acompanho todos os produtos das Microsoft, inclusive como jogador do Xbox One.

Curta nossa nova página no Facebook!