Carregando...

Windows 10 Mobile está morto, o Windows 10 para Mobile (Andromeda) está vivo

Windows 10 Mobile está morto, o Windows 10 para Mobile (Andromeda) está vivo

cshell-logo

A Microsoft finalmente deixou claro que o “Windows 10 Mobile, como o conhecemos” está morto ou em modo de manutenção até o seu total desligamento lá no dia 13 de outubro de 2020. Mas nem todas as esperanças estão perdidas se você for um fã hard-core da Microsoft. Na verdade, pode-se notar que mencionamos o “Windows 10 Mobile, como o conhecemos” está morto e é bom ter em mente que o “Windows 10 for Mobile” vive e está em desenvolvimento.

>>>> Leia também: Este é o futuro do Windows 10 Mobile

A Microsoft já está trabalhando para levar o Windows 10 ao celular na forma de Andromeda ou Windows 10 ARM com o CShell, uma reencarnação modular do Windows 10. Na verdade, o Windows 10 Mobile está se tornando parte dos módulos do Windows 10, e já são encontrados vários códigos por hackers especialistas no Windows.

Com o Andromeda, o que a Microsoft quer é unificar completamente o kernel do Windows 10 e a base de código, juntamente com os aplicativos UWP, e possivelmente até o Win32 aos próximos celulares. A nova interface ficará a cargo da CShell. Este projeto do Windows 10 para celular é internamente designado como Andromeda que também envolve o protótipo de hardware Surface Mobile em obras, confirmado oficialmente e pelos vazadores infalíveis – claro que poderá ganhar um outro nome comercial. Segundo o sempre confiável Brad Sams, o hardware está pronto, mas falta corrigir bugs do sistema.

A expectativa é que tal dispositivo seja lançado em algum momento de 2018. Mas uma coisa que precisamos ter em mente é que este Windows 10 para celular não será compatível com os dispositivos que usamos agora, ou seja, não será compatível com os Lumias. Ainda acreditamos que a Microsoft está em contato com os principais fornecedores do Windows para lançar essa nova categoria.

Continuaremos a acompanhar as declarações oficiais de Satya Nadella e sua equipe, assim como os “vazadores” confiáveis que nos informam boa parte das novidades com antecedência.

O Windows Club acompanha o Windows Mobile desde antes do Windows Phone ser lançado, lá nos tempos do Samsung Omnia i900. Logo, já sabemos que não é a primeira vez que a Microsoft faz uma rachadura entre uma versão e outra. A situação não é nova, mas esperamos que dessa vez a Microsoft jogue melhor. Em algum momento do próximo ano, se tudo der certo, a estratégia unificada do Nadella deverá entrar em ação. Vamos ver se ele tem tanta competência quanto dizem.

Sai Ballmer, entra Nadella.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.

Curta nossa nova página no Facebook!