Carregando...

20 jogos amados que deveriam chegar no Xbox One por conta da retrocompatibilidade

Semana após semana, a Microsoft adiciona mais jogos ao catálogo retrocompatível do Xbox One, e dessa forma os jogadores da atual geração podem desfrutar de algumas pérolas do Xbox 360 e Xbox original. Normalmente, são lançados quatro jogos por semana e nem sempre isso pode agradar o gosto de todos, é muito comum o público sempre querer mais. Nas últimas semanas, especialmente desde o início do ano, o Xbox One continuou a receber jogos do Xbox 360 em um ritmo normal. No final de 2018, e vimos alguns como Castlevania: Lord Of Shadows, The Darkness ou a trilogia de Final Fantasy XIII

Este 2019 está atualmente tomando impulso com lançamentos como Resident Evil Code Veronica, Fuel ou Lost Planet. Como de costume, os jogadores sempre querem um pouco mais e, para completar, cada um tem seus gostos, então sempre que uma nova rodada de retrocompatíveis é lançada, mas ainda sentimos falta de alguns deles. Alguns parecem complicados para se tornar realidade, mas não custa nada sonhar que um dias esses 20 jogos poderão chegar ao Xbox One por conta da retrocompatibilidade.

20 jogos que queremos na retrocompatibilidade

  • Enslaved: Odyssey to the West
  • Project Ghotam Racing 4
  • Too Human
  • Star Ocean: The Last Hope
  • Singularity
  • Ninja Gaiden 2
  • ASURA’S WRATH
  • Resident Evil Operation Raccoon City
  • Binary Domain
  • Forza Motorsport 4
  • Ninja Blade
  • Skyrim
  • Max Payne 3
  • WET
  • Conan
  • Magna Carta 2
  • Eternal Sonata
  • Resonance Of Fate
  • Top Spin 4
  • FEAR

Certamente muitos de vocês têm outros jogos em mente ou diretamente alguns dessa lista seriam suprimidos por outros, então nós convidamos você a nos deixar nos comentários quais vocês querem ver na retrocompatibilidade em 2019.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.