Carregando...

A Microsoft teria confirmado o Xbox Lockhart e ninguém percebeu

O anúncio do Xbox Series X foi marcado por uma potência incomparável; Tanto é que hoje não existe um PC que possa imitar as especificações dessa fera que os americanos anunciaram. Já conhecemos os dados brutos. No entanto, ainda há incógnitas na estratégia. O preço é talvez o segredo mais bem guardado, mas tem mais: alguém esqueceu o Xbox Series S ou o Xbox Lockhart? Bem, parece que este projeto ainda está de pé.

Dizia-se que o projeto Lockhart estava em modo de espera, mas poucas vozes da indústria fizeram referência a ele. E a estratégia de competir com uma máquina mais barata em um segmento próximo à sua rival, a Sony, parece sólida. Hoje chega uma nova hipótese vinda do Thurrot, e não é outra senão a ideia de que a Microsoft anunciou indiretamente a insistência do Xbox Lockhart na mesma apresentação do Xbox Series X.

Para falar sobre isso, é preciso usar a memória, se você se lembra, os dois projetos de console da próxima geração vazaram como o Projeto Scarlett e cada máquina tinha um nome de código, o Anaconda seria o mais poderoso e Lockhart, o modelo intermediário entre o Anaconda e o Xbox One X.

O Xbox One X também tinha seu nome de código, Xbox Project Scorpio. A Microsoft batizou o mecanismo desse console como o Scorpio Engine e nos deixou uma gravura engraçada do Master Chief montado em um escorpião.

No imagem em que vemos o interior do Xbox Series X, podemos ver uma parte do quadro. O curioso é que não tem nada em referência a “Scarlett”, a não ser o desenho de uma Anaconda.

A teoria diz que, se o Xbox Series X tiver um Anaconda gravada dentro dele, deve haver um segundo console com a gravação correspondente. Ou pelo menos, que Lockhart existia em algum momento do Projeto Scarlett. É claro que seria mais do que uma boa notícia para a Microsoft ter um modelo acessível e poderoso.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.