Carregando...

Temer vai trocar programas de código aberto por software da Microsoft

Temer vai trocar programas de código aberto por software da Microsoft

michel-temer

O Governo Federal anunciou que vai realizar a substituição dos programas de código aberto que o Poder Executivo utiliza pelo o software da gigante Microsoft. Segundo o Convergência Digital, todos os órgãos do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP) terão que manifestar interesse na troca.

Ainda segundo o site, foram confirmadas compras conjuntas dos programas Office, Windows Professional, Windows Server e Client Access Licence. Eles serão adquiridos através de licenças perpétuas ou de assinaturas.

Desde a entrada do Partido dos Trabalhadores (PT) ao governo em 2003, essa é a primeira vez que o Brasil vai comprar sistema proprietários da Microsoft de forma tão abrangente. A estratégia do PT era valorizar o software livre, com o argumento de “reduzir custos, ampliar a concorrência, gerar empregos e desenvolver o conhecimento e a inteligência do país na área“.

Em 2010, o assessor da diretoria do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) da Casa Civil da Presidência da república afirmou adotar o software livre gerou uma economia de R$ 500 milhões até o fim daquele ano.

Contudo, após uma reunião as portas fechadas com a Microsoft e governo brasileiro, ficou estabelecido esta mudança.

Boa decisão? Economia em primeiro lugar? Ou a qualidade da Microsoft contou com isso?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.