Carregando...
0 1

Crackdown 3 estaria em seu último atraso; multiplayer baseado em nuvem “muito grande” para Xbox One

Crackdown 3 estaria em seu último atraso; multiplayer baseado em nuvem “muito grande” para Xbox One

O desembrulhar do Crackdown 3 foi uma bagunça. Quando o jogo foi exibido pela primeira em 2014, a Microsoft prometeu um multiplayer totalmente destrutível impulsionado pela nuvem e uma série de inovações tecnológicas em colaboração com David Jones, e sua empresa, Cloudgine. Infelizmente, há também uma curta demonstração “pré-alpha” mostrada na Gamescom 2015.

Bem, um novo rumor da Eurogamer afirma que o desenvolvimento de Crackdown 3 não anda tão promissor ainda no que tange ao seu multiplayer. De acordo com fontes anônimas com as quais a Eurogamer falou, todo o multiplayer 100% destrutível, movido a nuvem era simplesmente “muito grande” para funcionar no Xbox One.  Além disso, possuía um modo, intitulado “Wrecking Zone”, suportava 10 jogadores, e o objetivo era destruir a torre do seu inimigo antes que o tempo acabasse (as partidas tinham cerca de 20 a 30 minutos de duração). Não está claro se esta versão do multiplayer fez uso da tecnologia cloud.

“Havia um monte de tecnologia que a Cloudgine desenvolveu para o Crackdown. Como isso é usado, eu não sei. Em última análise, essa é a decisão da Microsoft. Mas isso depende do custo – há muitos fatores sobre isso. Eu estava realmente lá apenas para mostrar o potencial para a nuvem, e então a Microsoft continuaria trabalhando nisso dependendo de como eles quisessem mostrar isso ”.

O Crackdown 3 foi recentemente adiado novamente, desta vez para fevereiro de 2019. Foi o chefe do Xbox, Phil Spencer, quem falou sobre o jogo:

“Eu comecei a jogar o jogo e não parecia certo para mim. Eu senti que o jogo precisava de mais tempo para alcançar o que eu considero como Crackdown, que eu acho que deveria ser uma forte franquia do Xbox”.

Spencer usa um tom esperançoso, como sempre faz, mas a palavra é que os criadores do Crackdown 3 agora enfrentam um relógio. Por fontes de desenvolvimento do Reino Unido, o Crackdown 3 foi quase cancelado nos últimos 12 meses, e esse atraso final pode ser o último que a Microsoft permitirá. Não terá mais atrasos ou isso ou o cancelamento.

De alguma forma, eu espero que a Microsoft consiga resgatar o Crackdown 3. Além disso a Eurogamer pode estar errada. O que você acha? Será o último atraso? Pode atrasar novamente? Está curioso pelo resultado final?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.