Crackdown 3 foi o título premium mais jogado no Xbox One na semana passada

Embora suas vendas físicas de tenham aparentemente sido um pouco decepcionantes já que o jogo ficou fora do top 10 dos jogos mais vendidos do Reino Unido. Contudo, há dados que sugerem que o Crackdown ainda foi um sucesso no Xbox One.

A True Achievements revelou seu mais recente gráfico semanal dos jogos mais jogados na plataforma, que mostra que Crackdown 3 foi o terceiro título mais popular da semana. Foi superado apenas por Apex Legends e Fortnite, em termos do número de usuários do Xbox que o jogaram, e ambos são títulos free-to-play.

Curiosamente, é a campanha single-player especificamente que alcançou o número 3 nas paradas. O modo multiplayer com o ambicioso modo Wrecking Zone ficaram muito abaixo do nº 22. Talvez por conta da impossibilidade de jogar com amigos ou pelo fato de todos terem preferido “zerar” a campanha antes.

O gráfico da True Achievements é calculado ao analisar contas de usuários do Xbox – uma amostra de mais de meio milhão de pessoas de todo o mundo – para os jogos que eles jogaram na semana anterior, de segunda a domingo. Vale a pena enfatizar que esses jogos são jogados ativamente, não apenas aqueles em que as conquistas foram desbloqueadas.

Um em cada dez desses usuários jogou Crackdown 3 na semana passada, mais que o dobro do número que jogou Red Dead Redemption 2 no mesmo período. Para demonstrar ainda mais a popularidade da campanha single-player, menos de um terço dos proprietários do Xbox que jogaram Crackdown 3 se entregaram a Wrecking Zone.

A razão para a disparidade entre a base ativa de usuários do Crackdown e seus problemas no varejo é quase certamente a inclusão do título no Xbox Game Pass, tornando-o prontamente disponível para qualquer um que já tenha se inscrito – ou mesmo aqueles que se inscreverem para um teste de lançamento.

No Brasil, ficou claro a estratégia da Microsoft em utilizar Leo Stronda em sua campanha publicitária, não para que comprassem o jogo, mas para que na verdade assinassem o Xbox Game Pass. Outra coisa, parece ser claro que os jogadores gostaram da campanha, afinal, ninguém continua jogando o que não gosta.

305 comments on “Crackdown 3 foi o título premium mais jogado no Xbox One na semana passada

        1. Exato,ontem quando surgiu o rumor do Scalebound no Switch já vi sonystas falando que esse seria o maior vexame da geração bla bla bla. Como se pra eles a Sony largar a PSX de 2018 e sair da E3 de 2019 não fosse nada.

          1. Os caras passam pano pra tudo da Sony: queda da PSN em 2011, adiamentos, flops, jogos saindo mais caros no PS4, jogos rodando porcamente no PS4 Pro, saída da E3 2019, mas quem passa pano somos nós.

    1. Os proprietários do console jogando o game. Realmente esse é o melhor controle de dano que ja vi. Ao menos é melhor do que aquela empresa que diz que seus exclusivos vendem o console mas a maioria de seu usuários jogam na verdade é o tal do Fifa, YouTube e páginas voltadas para Xbox.

  1. Esse jogo realmente me conquistou, zerei a campanha, joguei bastante o multi, bem divertido.. Estou rumo a miletar o game(campanha) e o multi falta 2 conquistas.. Tranquilooo!

  2. Como já falaram aqui! Crackdown 3 tem uma pegada muito forte de Sunset Overdrive e como sou fã desse game, eu amei Crackdown, jogo divertido, que só de sair coletando os coletáveis já é legal, as corridas pelos telhados, o gameplay frenético.. Tudo nesse jogo foi muito bem pensado, já no multi acho que eles deveriam adicionar mais coisas para não morrer logo.

    1. Idem. Tive a mesma sensação de quando joguei Sunset Overdrive, é algo realmente positivo sobre o Crackdown 3. Ele não é um jogo massante, é totalmente satisfatório explorar o mapa, fazer as missões, matar bosses e utilizar da evolução constante do seu personagem a seu favor. O meu personagem está tão OP que quando fui para o multiplayer senti uma grande diferença na jogabilidade.

      1. O personagem que uso na campanha é o mesmo do multi? Digo, o que conquisto na campanha vai para o multi? Se for isso eu não percebi, e olhe que zerei o game primeiro e depois fui pro multi.. Mas concordo contigo, é satisfatório!

      2. O Terry Crews rola mais rápido que os carros! rsrsrs

        E isso é bom, jogo mundo aberto hoje em dia tem frescura demais pra te forçar a explorar o mapa, coisa que o Crackdown não me pareceu precisar.

  3. Comparo ele a Agents of Mayhen que tem a mesma proposta, gostei dos dois e apesar de ter gostado mais do AoM isso não quer dizer que o Crackdown seja ruim, só pode melhorar.

        1. Apenas no single player ter essa opção, no multi poderiam fazer opção de salas com automática e sem, não sei se é uma opinião geral, mas para mim seria melhor, jogo 1 horinha dele, ai vou por exemplo pro resident evill, preciso me reacostumar a mirar kkk.

    1. praticamente 6 meses sem exclusivos, jogos novos cada vez melhores no Game Pass(que está quase todo mês em promoção), promoções melhores, etc. Mas o infeliz supostamente está passando mais tempo no PS4. Ta bom… esse nao engana ninguém

      1. Último triple A da Sony foi ha 4 meses cara… Em Abril já chegará outro.
        Além de que esse ano virá Tlou, Ghosts of Tsushima ou Death Stranding junto com Days Gone. Ou Dois desses 3 saem esse ano ainda.

        E a última DLC do miranha saiu em Dezembro.

        1. Cara, a Sony ficou de fora da E3 e afirmou que não estará presente porque não existe nada de interessante para lançar no segundo semestre, se eles fossem lançar dois games desse peso, este ano, eles não ficariam de fora.

        2. Tá ruim das contas ou só de mal caratismo msm? Spiderman foi lançado no início de setembro, faz as contas aí. Quase 6 meses e nego ainda esta preso ao PS jogando ele? Assim não dá.
          Vc tá arrotando mtos exclusivos sem data em? Nada disso, quando anunciarem, SE anunciarem, vc fala. Enquanto isso o único exclusivo de 2019 é um que nem a Eurogamer gostou e que a última trailer foi tosca.

          1. Eu ruim das contas ou você com seu mal caratismo?

            Lançou em Setembro. Em Outubro completou 1 mês, em Novembro 2, em Dezembro 3, em Janeiro 4 e esse mês completa 5 dia 20 se não me engano. Acho que é dia 20.

          2. Dia 7 imbecil. Lançou dia 7 de setembro, fazem mais de 5 meses e quase 6 meses. E você falou “foi lançado há 4 meses”, quem está de mal caratismo aqui?

          3. Ah sim, cometi uma leve confusão. Foi dia 7 mesmo. Dia 20 foram as DLCs. Tendo a última sendo lançada no dia 20 de Dezembro.

            Ainda sim, o que isso muda? São jogos triple A e ai?

          4. Em? Falei que pra alguém ainda estar “passando mais tempo.no Preistexo” por causa de exclusivos quando o último foi lançado há 6 meses… Essa pessoa não pode nem ser chamado de gamer. Se vc tirar os exclusivos não resta nada em que o PS4 se destaque em relação ao Xbox One. A história não casa

          5. Cara pelo amor… Pare de ser mocorongo. Exclusivos de PS não são apenas 1. São vários tops. Alguns deles como Bloodborne são jogados até hoje no COOP. E é exatamente isso que ele fala no vídeo.

            Se tu acha que a pessoa pega e larga o jogo depois de zerar tu está bem equivocado.

          6. Lá sei o que diabos é mocorongo. São “vários” lançados há muito tempo e portanto já zerados. Claro que acho, 5% platinou GoW e a Sony já soltou fogos, o que significa que a gigante maioria zera e guarda, sem contar os que nem zeram, vc é o equivocado aqui. Coop não muda o jogo, só coloca uma pessoa lá, uma hora enjoa. Vc esta falando de um jogo que foi lançado há 4 anos cara *** que pariu. N venha com essa que dá para sustentar um PS4 só com exclusivos.

          7. Oxi. Voces nao sao os caras que falam sobre multiplayer? Essa sua lógica se aplica ai também. Enjoou parou. Tu so tenta denegrir sem sucesso os jogos mesmo. Chega a ser patético.

            Enquanto isso, menos de 7% da negada do Xbox zerou Cuphead. Note que eu falei zerar e nao miletar.

          8. Parou o mal caratismo, tá okay?
            1- pare de falar como se Bloodborne tivesse um multiplayer de verdade, continua o mesmo jogo só com mais players. É a mesma coisa que o Coop de Crackdown, Não muda nada.
            2- Mesmo que tivesse um multiplayer de verdade, PvP, diferente da campanha, ainda assim não rendem hora de jogo desde 2015, não tá com a porra isso aí. Voce é patético

            E isto é porque cuphead não é jogo de nutella, é de nicho. A maioria não guenta a dificuldade. E você não vai conseguir me pegar no argumento q uso contra vc queridinho. Sou indiferente pra exclusivos, Multiplataformas é o que há. FATO

          9. Fala isso ai entao pra Gears 4. Ja fique praticamente 20 minutos na fila esperando achar partida ranqueada. So se acha casual. Advinha por que?

            Continue saltitante com esse arjumento patético de “Hurr durr multiplayer”.

            E não amiguinho, eu nao achei partida. Depois de esperar aquele tempo todo desisti e fui pro casual.

          10. Porque a porcaria do jogo tem 3 anos que foi lançado…?

            Como eu falei, um bom multiplayer sempre renderá mais horas que um single(salvo quando este for um RPG muito longo, TW3). Mas isso não significa que são horas infinitas, logicamente. Você está criticando algo completamente diferente do que falei

          11. E mesmo assim ainda se acha partida, vc msm falou. No casual ou não, a maioria das pessoas não gosta de ranked. o jogo que tenho mais horas é overwatch. Adivinha, nunca joguei mais que 3 partidas, so casual.

  4. Pra quem viu e não viu minha mensagem ontem, estou tentando organizar um podcast semanal pra falar sobre as notícias mais interessantes da semana, com quem realmente joga e curte xbox, jogos e serviços da MS. Quem tiver interesse em participar, seja contribuindo com quais notícias devem aparecer no podcast, moderação no canal do youtube onde vão ser transmitidas as lives ou até mesmo participar do podcast via Discord, vou deixar o link do convite pro canal no discord aqui.
    IMPORTANTE, deixe o nome de usuário do discord como resposta ou leva BAN.
    Se eu der ban mesmo postanto nome de usuário aqui, é porque faz parte da minha lista de block do disqus.
    https://discord.gg/wRgPUT

  5. ainda não terminei por falta de tempo, mas joguei umas 6 a 7 horas e dou 7,5 pro jogo, muito divertido, jogabilidade fácil e aprende bem rápido, o jogo te faz querer explorar sempre o que é ótimo, agora não gostei do multiplayer, achei muito ruim 2 modos de jogo só, não tem ranking não tem level e etc, algo que pode ser corrigido mas não me chamou atenção.

          1. Até canal de fanboy de Xboz está descendo o pau nesse jogo, mas fodase controla o dano ai vão ser jogos cada vez piores no Xbox pq caixiatas n estao nen ai

          2. E quando eu falei que o jogo é bom ou ruim ?? é obvio que tem gente que acha esse jogo bom,mais ou menos ou ruim.O que eu abordei no meu comentário foi que Sonysta não aceita que tem gente que gosta dos jogos da Microsoft e fala que essa pessoa está fazendo controle de dano.Do mesmo jeito que pra Sonysta é impossível não gostar de TLOU,God of War etc e se falar que não gosta é porque é exclusivo do Playstation.
            Deu pra entender ?

      1. Ué, ele é obrigado a não gostar? Que venham mais jogos divertidos assim no console e nenhum enfadonho como last of us, e muito menos jogos da quantic dream, que não venham nenhum deles, nunca. vcs sonystas são estranhos, querem pautar os gostos dos outros com os próprios, ô racinha.

  6. Estou quase finalizando a campanha, jogo muito fraco.
    Multiplayer sem inovação alguma, Quake 3 de 20 anos atrás diverte mais.
    Nós que jogamos no xbox One merecemos exclusivos melhores.

      1. Engraçado que o VGChutz como vocês dizem mostra que o PlayStation 4 vendeu mais do que o dobro de consoles em comparação ao Xbox One e dai vocês dizem que a Microsoft não divulga venda… dai as vendas de jogos que são dadoa oficil smpre mostra que os jogos multiplataforma que tem no PS4 e Xone sempre vende o dobro no PS4 em comparação ao Xbosta kkkkkkkkk.

  7. 4 mil pessoas enganadas.

    No mais, estes números são esperados já que a oferta de exclusivos na plataforma é cada vez mais precária, e a cada novo jogo uma nova decepção.

    1. Tah, E os muitos multiplataformas disponiveis aí pra jogar? Nego joga Crackdown pq quer, não falta jogo pra jogar inclusive no próprio Game Pass.

      Continua nessa mentira de que o mundo gamer gira em torno um punhado de exclusivos? Coitado…

  8. Jogos que podem brigar pelo Game of the Year 2019:

    Resident Evil 2: Remake
    Days Gone
    The Last of Us 2 (Se for confirmado para esse ano)
    Ghosts of Tsushima (Se for confirmado para esse ano)
    Death Stranding (Se for confirmado para esse ano)
    Sekiro: Shadows Die Twice
    Devil May Cry 5

    Jogos que eu achava que iriam ter grandes chances para disputar o Goty, mas que já não acho mais.

    Anthem
    The Divison 2

    E cara, eu ia de RE 2: Remake sem dúvidas. JOGAÇO!!!

    1. Achava que KH 3 teria chance mas já vi que não vai ter, RE 2 e DMC5 podem ser os favoritos até agora, mas acho que vem mais surpresas para o fim de ano, ori deveria ser um já que celeste que na minha opinião é muito inferior conseguiu entrar ano passado.

        1. Sei não, o ano ainda está só começando. Vêm por aí: Tunic, Sea of Solitude, Wasteland 3, phoenix point, psychonauts 2, the last night… Tem mta coisa boa vindo por aí.

        2. Com certeza, mas acho que deve ser indicado entre os candidatos, achei aquele celeste um jogo exageradamente hypado pra concorrer ao goty, muito inferior ao cuphead e ori e mesmo assim foi indicado.

        3. Gostei de Unruly Heroes, ainda estou terminando ele, o jogo é bem grande, achei que fosse zerar rápido, mas já estou nessa há uma semana, sempre dando uma pausa para o Apexzinho. Unruly Heroes me lembrou muito Ori, tanto na arte, quanto na jogabilidade, não é fluido como Ori, mas é muito bom, recomendo. E os chefes são sensacionais. https://uploads.disquscdn.com/images/b473b023a31b886eaa5a9faa2b3b25e07ea739fbfdce9799868cc9542d163823.jpg

      1. Na verdade KH3 tem muitas chances sim, acho (opinião) que até mais que Resident Evil. O jogo é um sucesso em muitos lugares do mundo, mas infelizmente não é perfil da massa do público brasileiro, por isso pouco se fala. É até por este motivo que nem veio com localização BR.

          1. Eu não entendo muito bem os critérios, na verdade acho bem zoado. Mas acho que escolher um remake como jogo do ano não faz muito sentido pra mim, por mais bem feito que seja.

    2. Só por este comentário você que jogos da Sony são hypados ao extremo, nem precisa lançar, nem precisa ter uma gameplay decente( Death Stranding), aliásm Ghosts of Tsushima vemos apenas uma gameplays estilo CG, nada mais.

  9. Modo single é bacana, lembra um pouco o Sunset overdrive, acho que mais a arma tóxica. Já o MP com mira travada não me agrada muito, o mapa ainda parece um teste, espero melhorias e novos mapas.

    1. Exato, os mapas sao estranhos, deveriam ser maiores, mais jogadores, as partidas deveriam durar mais, seria bem legal se melhorassem o MP, novas armas, novos poderes, poder usar carros, ter mais interatividade com cenario…ja em questao da mira, nao me incomodei, o jogo sempre foi assim, acho diferencial para ser mais frenetico.

    2. Zerei a campanha e adorei, ja o multiplayer eu não gostei, não tem nenhum tipo de progresso e sem possibilidade de jogar com amigo, fora que toda vez que termina a partida volta pro inicio.

  10. To quase no final da campanha de Crackdown 3. É sem dúvida o melhor jogo da série. É muito gostoso de jogar. Tomará que a Microsoft de continuidade a franquia.

  11. Flopou nas vendas e no online na semana de lançamento? Mas não era o console do multiplayer? E aí, Phil? Mas não chorem, caixistas, vocês tem mais um exclusivo 4k60: 4k de unidades vendidas, 60 de metacritic.

    1. Tem nem como eu fazer controle de dano, o jogo foi mais jogado que Red Dead Redemption 2 no lançamento ?? terceiro jogo mais jogado da Live, mas será que isso é verdade?

  12. “vendas físicas tenham aparentemente sido um pouco decepcionantes”.

    Na boa, menos controle de dano. Tira da sentença as palavras aparentemente e um pouco.

      1. Mas como discutido com um colega em outro post. A base de usuários registrados no True Achievements representa uma fração de ~0,6% dos usuários ativos da live. Dentro do TA, apenas ~40 mil jogaram CD3.
        Já, segundo os dados da live americana (e tbm da brasileira), CD3 não figura nem entre os 50 mais jogados.

          1. Como não foi? Ela já conta com Jump Force entre os mais jogados. Vale ressaltar que Jump Force foi lançado na mesma semana que CD3.

        1. Postei ontem a noite, fui o primeiro site do mundo a postar isso.

          Fiz a notícia após um hora das declarações dele, mas hoje terá mais uma matéria sobre Scalebound.

  13. Opção é que não faltava na Xbox Game Pass e pelo visto Crackdown conquistou o público.
    Merecido o seu destaque!
    Jogo é ótimo! Lembra demais Sunset Overdrive com uma pitada de Recore.

    Para os haters de plantão, coloquem a mão na consciência, a forma de consumir jogos MUDOU!!!!

    Vendas neste momento pouco importa quando existe outras formas de consumir jogos. Vocês parecem aqueles velhos que não se adaptam com a nova realidade tecnológica e ficam repetindo as mesmas besteiras de sempre. Esse Choro me fez lembrar a transição de jogos físicos para digitais e sobre jogos online em uma época em que isso era taxado como piada.

    1. É isso que eu sempre falo. Por isso não faz nenhum sentido a Microsoft divulgar números de vendas de seus jogos e sim de jogadores ativos.
      Aí quando um jogo lança e alcança milhões de jogadores, vem gente falar “ah mas é porque está no game pass” como se isso fosse uma desvantagem. Mas aí quando um jogo grátis é lançado como Apex, e alcança bons números, não vejo ninguém comentando “ah, mas é porque é grátis”

      1. Cara, o True Achievements registrou ~40 mil usuários “tracked” para CD3. Isso é uma fração ínfima do número de usuários ativos.

        Ela, a MS, divulga diariamente a lista dos 50 jogos mais executados nas lives de cada país e, nos EUA, Br, Alemanha, França, RU, não tem CD3.
        Agora vc me pergunta qual dado é mais confiável? A live ou o TA com sua amostra de menos de 1% dos usuários ativos?

          1. Ok! Mas esteja atento ao fato de que a lista que postar será referente ao período em que postar, pois o filtro (que gerou a lista do link que passei) funciona com base nas informações do bando de dados da live (que é atualizado automaticamente).

  14. Olha tenho o xbox one e assino o game pass mais esse numero alto de pessoas que jogaram se deve á promoção do game pass , eu mesmo baixei e logo deletei por não ter gostado , 5 anos e quando lança isso , sei que gosto é gosto e respeito a de cada mais pra mim esse jogo nem bebado jogo…. que venha Gears of war 5 ae sim jogo top….

  15. Alguém sabe o que é aquele olho da morte? Tem conquista pedindo pra matar o inimigo assim mas não achei arma ou meio de usar isso, zerei o jogo e ficou faltando uma arma e a conquista de derrotar o ultimo bloqueio parece que eu deixei passar, se for o ultimo bloqueio antes de entregar o chefe final eu morri, e se vem depois de enfrentar ainda não apareceu nada…

    1. Você é tão mal caráter que,na hora de colocar o titulo da matéria entre aspas não colocou o ´´na semana passada´´ ou seja isso não foi na total vida útil do xbox,mas sim na semana passada

  16. O Salatiel AMX disse que o Wrecking Zone é uma bosta, ele diz em relação a gráficos, a destruição, particulas, escombros eu acho, não a jogabilidade. Mas eu gostei, é um show de cores, luzes, escombros, verticalidade, agilidade, ele fala do “cinco anos pra sair isso?”, mas ninguem sabe o que os desenvolvedores passaram pra chegar até aqui, é muito processamento, muita matemática, muito pepino… Eu estou orgulhoso do trabalho, eu gostaria de fazer um jogo um dia, fazer parte, ter uma música tocando num jogo que seja, então vejo as coisas assim, pelo lado dos desenvolvedores.

    Geração leite com pera, é um nível de exigência que eu nunca vi, de repente todo mundo passou a ser analista crítico com propriedade, a pessoa porque é um consumidor acha que tem o direito de ser babaca, é muita cobrança fútil em cima de expectativa pessoal, muita chocolândia.

    1. Eu achei wssa wrecking zone zoada demais, na boa mesmo, tentei jogar, mas para mim ficou um lixo principalmente a jogabilidade, no single player não atrapalha tanto, mas no mp ficou ruim demais, os gráficos nem ligo tanto por que curto jogos indies e prezo mais a diversão, tanto que curto muito a campanha, mas o wrecking zone, dispenso totalmente, podiam ter cancelado essa parte.

        1. Esse jogo estava fadado as notas que teve pelo rage em cima dele, o jogo é bom, é divertido, mas faltou apenas um acabamento e capricho final por parte da MS, tipo umas animações mais legais e aproveitar melhor o terry crews no jogo, podia fazer ele fazer um lip sync de a thousand miles por ex após matar um chefe kkk, seria demais. O jogo não é bugado, tem uma arte bonita, tem muito conteúdo e dá para se divertir na campanha, principalmente se tiver um amigo para jogar junto, mas não é um jogo que vale 200 reais.

    2. curti muito o wrecking zone, claro que os graficos nessa parte estão mais simples…mas também deve ser pra sustentar toda a destruição da area…no X o jogo roda liso…não deu uma engasgada mesmo com prédios vindo abaixo.

      cara teve momentos no wrecking zone que gostei bastante da destruição, principalmente quando estava andando no solo e as paradas tudo caindo aos montes…o som da destruição…enfim…atualmente está sendo meu multiplayer preferido…bf1 acabou sendo encostado.

      1. O que é legal do Wrecking Zone é que ele pode ser o primeiro shooter online de muita gente. Esse lance de mira fixa é mais atrativo pra quem tem medo do multiplayer e não é bom no analógico direito.

        Só que tem um pessoal gringo que já ta pegando o esquema, tão abrindo uma party com os jogadores que caíram no mesmo time, me convidaram para algumas já só que não falo inglês, fico só escutando e já saio, daí estão combinando de um ficar perto do outro e assim dois ou três mirarem em um só, então o cara morre mais rapido mesmo estando com a mira também fixada no adversário. Estando perto um do outro é mais fácil também pegar o distintivo antes de acabar o tempo, e também mais fácil do amigo defender alguém que venha pra cima.

        1. verdade isso ai, ontem mesmo morri aos montes nessa jogada dos caras rs…tomara que a ms não caia na pilha e abandone o jogo..poderia colocar um modo sem mira travada

    3. O jogo é uma colcha de retalhos de códigos em cima de códigos. A Sumo Digital foi a terceira desenvolvedora a pegar o projeto, e os caras tem 0 experiência em jogos de mundo aberto. Dificilmente sai algo de bom de tudo isso.

      No fim, resultado, o jogo possui algumas mecânicas/interações piores que o CD1, e com destruições que Red faction já fazia melhor a 10 anos atrás.

      1. Mecânica e interações piores?? Vc jogou o 1 ou o 2? So pode estar repetindo o que escutou em algum lugar. Ele evoluiu em tudo, TUDO, o que os primeiros fizeram, o gunplay é muito mais divertido e o dano visivel, os pulos mais satisfatorios e muito mais precisos, vc realmente sente o peso do personagem, melhor para escalar e aderir a superficies, a jogabilidade dos carros, o mundo mais vivo e dinâmico, a variedade de missões que mesmo não sendo no nivel de um gta, os anteriores não chegam nem perto, fora que agora o jogo tem história e chefes, coisa com os anteriores mal arranharam. Quem fala isso viu em algum lugar e realmente não jogou. Fora o multi que quem compara com red faction, falou merda.destruição do Red Faction era controlada, cenarios horrorosos, todos iguais, sem cores, parecia que o planeta inteiro era feito de galpões, outros jogos possuem destruição tbm como battlefield bad company. A novidade do crackdown é transportar essa destruição para o ambiente online, isso que ninguem entendeu ainda, são limitados demais, imagine os calculos para o que vc destruiu no seu console, aparecer em tempo real na tela de 9 outros jogadores, sem delay, pq isso prejudicaria a experiência? Isso é inovador ao extremo, se me mostrarem o red faction fazer isso online, com aquela quantidade de particulas, com 9 outros jogadores simultaneos, ou calo minha boca.

          1. E ainda esta bonita essa foto, ja jogou Red Faction? Eu ja. Video de youtube, foto escolhida a dedo, não da para saber se é um xbox x ou um pc. Cade a foto comparando a destruição do multi do crackdown 3 com o multi do red faction?

          2. Tanto faz se é um PC/Xbox. No mp os cenários não tem sequer metade do brilho da campanha, todos são “caixas de plástico” vazia. E no Red Faction, lá trás, vc podia pegar a bazuca e abrir um túnel por montanha ou simplesmente cavar um, e isso no mp.

            BF5 trouxe um sistema de destruição mais impressionante com 64 jogadres, e isso sem precisa de pdoer da nuvem. Então não, não estou impressionado com a destruição que CD3 trouxe.

          3. Opa, faz toda diferença, no meu x não ta rodando assim nem fodendo, faz toda diferença onde o cara ta rodando. Não joguei BFV ainda, não compactuo com os sjw. Red Faction vc podia abrir buracos na terra no multiplayer? tem certeza?

          4. Não faz diferente pro ponto em discussão, independente da plataforma, é o mesmo prédio vazio.

            “Red Faction vc podia abrir buracos na terra no multiplayer?” Acho q vc somente jogou os q são em terceira pessoa. Teve um em fps onde a destruição era praticamente ilimitada, a jogabilidade era meio parecida com Quake, e vc podia abrir um túnel até a base inimiga pelo chão, por montanhas e assim vai.

            BF5 a destruição é dinâmica, tudo depende da velocidade, direção e força com que o cenário é atingido, e isso tudo a 60fps, 64 players, e gráficos melhores. (Eu recomendo o jogar no fim do ano quando tiver já com bastante atualizações).

            Quem sabe se a Sumo Digital fizer um CD4 do zero, sem pegar resquício dos outros, saia algo realmente impressionante.

          5. Com BF não vou comparar pois a Frostbite pe uma das melhores engines do mercado e ainda não joguei o V para ver o cenario destrutivo, quanto ao red faction eu joguei os da geração do x360, ambos, e era mais feio que bater na mãe e não tinha cenario destrutivo como montanhas por exemplo, apenas os galpões e para destruir demorava muito e era tudo muito feio, os mesmos escombros sempre, terrivel. Sim, o projeto é uma colcha de retalhos, mas ainda assim prefiro projetos que tentem algo diferente do que o multiplayer enfadonho do uncharted por exemplo.

        1. Mas a destruição do Red Faction era controlada, cenarios horrorosos, todos iguais, sem cores, parecia que o planeta inteiro era feito de galpões, outros jogos possuem destruição tbm como battlefield bad company. A novidade do crackdown é transportar essa destruição para o ambiente online, isso que ninguem entendeu ainda, são limitados demais, imagine os calculos para o que vc destruiu no seu console, aparecer em tempo real na tela de 9 outros jogadores, sem delay, pq isso prejudicaria a experiência? Isso é inovador ao extremo, se me mostrarem o red faction fazer isso online, com aquela quantidade de particulas, com 9 outros jogadores simultaneos, ou calo minha boca.

          1. Eu sempre achei a fisica dos escombros de BF3, 4, Bad Company 1 e 2 ruins. Eu só fui gostar no BF1, os escombros têm física, não caem tão rápido no chão como nos outros.

    4. Sim , mas se for comparar com o novo Far cry ,aí não tem como defender . Querendo ou não foram mais de 5 anos de desenvolvimento e querendo entregar o jogo como AAA !

      1. Isso é errado mesmo, cobrar R$ 200.

        São as burocracias da empresa, especular R$ 200 nos primeiros meses para o pessoal dessa classe economica de maior poder aquisitivo.

        1. Mas é que falar isso realmente seria meio sem nexo. Agora falar que Crackdown é uma bosta por ter um online sem graça daquele, e ser um joguinho daquele sendo que levou 5 anos pra desenvolver faz mais sentido.

    5. Salatiel, meses atrás: “Tô caganu pra Crequidáum, vou pegar o Farcrai Nildáum”

      Salatiel, semana passada: Live no Mixer, que tá dando mais dinheiro, e no dia do lançamento, pra embarcar nas views do jogo.

      Nessa semana ele também começou a reprisar live de 3 anos atrás no modo estreia do YouTube, já que migrou pro Mixer e reduziu ao mínimo as lives no YouTube… Patético.

  17. Além do “cara” da Digital Foundry ter elogiado o jogo (tbm tecnicamente), recentemente ele postou no Twitter: “Coisas que eu gosto sobre Crackdown 3 – sem bloqueios, travessia, estilo de vida de estilo retro. De muitas maneiras, o design central é muito parecido com algo como Zelda: Breath of the Wild. Depois de jogar o Anthem, que é TÃO RÍGIDO em sua estrutura e sem sentido em seus encontros, eu sinto falta do CD3.” Compartilho da mesma opinião que ele. É impressionante como a campanha desse jogo me fez largar Shadow Of The Tomb Raider, e meus “multiplayers da vida”.

    1. É que nem eu falei aqui, no Crackdown não tem missão secundária, porque tudo avança a história.

      Os chefões podiam ser mais criativos, mas isso não quer dizer que não sejam difíceis.

  18. Efeito Gamepass. Já estou jogando faz alguns dias a campanha, essa semana mesmo eu devo terminar, e se fosse pra dar nota como um crítico de jogos, daria um 7/10 sólido, mas como jogador, uma nota 8,5 retrata melhor minha satisfação com o game. Eu consigo ver claras limitações nele, mas estou me divertindo como a tempos não fazia. Esse é um tipo de jogo que complementa uma line up e é importante ter, assim como jogos tipo Yakusa, nier, Infamous, Gravity rush 2 e outros.

    E sinceramente, quem vem acompanhando os trailers e gameplay do crackdown 3 já tinha pelo menos uma noção do que seria lançado. Então decepcionar-se com algo que já aparentava ser simples (ou ruim) antes do lançamento é meio esquisito, pra dizer o mínimo. Às vezes parece até que uma parcela de jogadores (e não jogadores muitas das vezes) está forçando a barra pra fazer o jogo parecer pior do que ele realmente é.

    Mas seja como for, os fãs estão no direito de pedir novos exclusivos de peso da Microsoft, principalmente os estúdios novos mais gabaritados, pois desde 2017 tem sido oferecido apenas um AAA de alto perfil por ano, o que ao meu ver está aquém daquilo que pode ser oferecido e os fãs mais engajados esperam.

    1. Eu gostei mas sinceramente se ao lançarem o Sunset overdrive tivessem fechado um contrato já para o segundo jogo teríamos ano passado um sunset overdrive 2 muito melhor que esse jogo feito em menos tempo, acho bom as criticas pq a Ms precisa trazer algo realmente acima de qualquer duvidas em qualidade.

    2. Tbm estou jogando o jogo.

      Não achei tão ruim assim, eu consigo ver todos os defeitos do jogo, mas blz, estou jogando.
      ele tem sua diversão e daria para ele um 6 honesto.
      Da mesma forma que jogo certos jogos de celular que me “divertem”, mas q eu não compraria de jeito nenhum.

      E convenhamos, pra quem gosta de games, diversão quase q todos os jogos proporcionam de alguma forma.

      Porém contudo, eu acho q devemos sim cobrar a MS por jogos melhores SIM.

      1. “Porém contudo, eu acho q devemos sim cobrar a MS por jogos melhores SIM” wtf cara, Crackdown 3 é o jogo menos expressivo da MS pra esse ano, ele foi lançado só pra aumentar Line-Up mesmo, em um ano com a sequência de um dos melhores indies da Geração (Ori), novo Gears e retorno de uma puta franquia amada (Battletoads) é meio besta se estressas e exigir mais qualidade em um game que foi feito puramente pra ser divertido e só.

      2. O problema é que a cobrança já surtiu efeito, eles contrataram uma porrada de estúdios pra fazer os jogos que as pessoas pedem (e que não vão comprar… quer apostar quanto?), só que vai levar um tempo até virem esses jogos e então temos que aguentar pessoas falando que o Crackdown 3 é o resultado da cobrança.

        A franquia é uma vitrine pro processamento em nuvem e foi escolhida justamente por ser low profile. A campanha foi feita nas coxas e ainda assim consegue divertir. O fato de esse jogo existir já é uma vitória e tem outros como Duff que concordam com esse ponto de vista.

        1. O fato de eu jogar Crackdown 3 já é uma vitória pra mim.

          Antigamente eu achava que nunca ia ter PC ou console por causa de grana e por achar que games modernos eram MAIS difíceis do que antigamente. Mal sabia eu da acessibilidade que as empresas fizeram nos games pra atrair mais jogadores e mais dinheiro. Tanto é que eu só colocava no fácil e depois fui aprendendo a exigir mais de mim conforme a evolução e hoje até zerei Halo 5 no lendário e estou até gostando de conquistas.

          Pessoal tem que ficar mais humilde aí na internet.

        2. sim concordo, contrataram uma porrada de studio, mas vamos supor que a MS veja q os numeros dos jogos delas tipo crackdown 3 sejam satisfatorios, a galera aplaude de pe…vc nao acha q isso pode prejudicar a propria MS? achando q é isso q os players querem? solta mais uns crackdowns, states of decay, pq a galera quer isso.
          Nao que sejam jogos ruins, joguei eles, mas está longe do padrão xbox 360, q tivemos.

          Nao me entenda mal é apenas uma colocação de que apesar do CD3 ser divertido, temos q cobrar coisas mais fodas da MS…

          1. Prejudica não. As aquisições de novos estúdios, seja em quantidade ou em perfil, mostram que ela está atenta ao que uma parcela do público quer, e sabe que precisa oferecer mais e melhor.

            Precisamos ver o Crackdown 3 de maneira mais isolada, e não colocar um fardo no jogo maior do que ele realmente pode entregar. As pessoas devem entender que tem público para esses jogos mais diretos e verticais, tal como tem para os mais focados em narrativa ou rpgs de alto perfil, e a MS está montando uma estrutura de desenvolvimento interno capaz de oferecer de Crackdown à rpgs de alto orçamento, sem precisar canibalizar um ou outro. Mas como jogos levam tempo para serem feitos, então só resta aguardar.

          2. Gosto do seu otimismo.
            Espero q esteja correto, porém video game não é futebol, onde vc torce para o time mesmo ele estando na merda.

          3. Isso é verdade, mas isso vale tanto pra torcida a favor como contra também. Se bem que o mercado gaming mais engajado é praticamente torcida de futebol, é só vermos eventos como a E3 hehe.

          4. quem fica na torcida contra é babaca…
            Não tem nem pq torcer para isso….Como possuo ambas as plataformas eu quero o melhor para as todas.
            Nos so temos a ganhar com isso.

          5. quem fica na torcida contra é babaca…
            Não tem nem pq torcer para isso….Como possuo ambas as plataformas eu quero o melhor para as todas.
            Nos so temos a ganhar com isso.

          6. Um Crackdown com uma versão refinada desse gameplay e a produção de um Halo seria espetacular!

            Eu acho que essa franquia tem um baita potencial sim, só que não deu pra explorar nesse jogo devido às complicações que eles tiveram. Se não me engano essa campanha nem era pra existir, e no final das contas ficou até interessante.

            Eu não tenho vergonha de dizer que gostei pra caralho do gunplay e acho inclusive que deviam ter tirado as corridinhas, que não agregam em nada ao jogo, pra focar só na bala.

            Já o State of Decay surgiu no 360 e era esse mesmo jogo que saiu no One. O que achei ruim foi no lançamento vir todo cagado daquele jeito. Nisso eu concordo com os críticos.

    1. Eu também curti, antes do jogo chegar eu achei que ia ficar só no multiplayer, mas não curti o multiplayer do jeito que tá, sem progresso nenhum, apenas entra la e joga pra ver quem ganha, não desbloqueia nada, acredito que o servidor vá ficar vazio daqui um tempo, espero que atualizem futuramente pra ver se melhora, ta muito cru, ja a campanha que eu pensei que não ia curtir eu gostei demais, ja zerei e agora to terminando o que falta pra liberar algumas conquistas que sobraram.

  19. Alguem que tá jogando o Wrecking Zone, tem aquelas orbes cor de laranja, pra que servem? Eu vi que vai enchendo uma barrinha lá, quando enche pede pra apertar LB e RB junto, apertei mas não entendi o que faz.

      1. Zerei wolf 1 2 x e quero jogar o 2 logo!
        Wolf é muito bom!
        Tem um outro wolf q pensei q seria uma dlc?
        Deus ex comecei e parei jogo complicado!
        Logo volto a jogar ele!

  20. Eu não entendo os sonystas q frequenta esse site e vive seguindo a mídia especializada disseram q ninguém ia jogar o crackdown 3 e agora foi o 3° mais jogado da semana, pubg foi pro ps4 e disseram q não ia vender e está sempre entre os mais vendidos da PSN. Eles não cansam de vir aqui passar vergonha?

      1. Acho muito difícil ter alguém realmente isento, querendo ou não a pessoa joga mais em uma plataforma q outra. Eu prefiro jogar no Xbox mas gosto de alguns exclusivos da Sony agora eu não vou pegar e ficar em página de PS dizendo pra quem tem play comprar xbox pq tem game pass ou por causa de algum jogo.

  21. Achei crackdow 3 bem divertido principalmente a campanha, area de demolição é legal…mas ainda falta conteúdo que deverá vir futuramente com atualização.

  22. Joguei mas não gostei. Saudade do tempo em que jogo era jogo e nota só na escola. Vou continuar jogando FH4, Gears ultimate edition e Assassins Cred, depois volto pra Hellblade ?

  23. Nada de anormal nisso, jogo foi lançamento, óbvio que muita gente ia querer testar o jogo pra saber se ia curtir, além de todas as pessoas que jogam pra fazer análises etc. Vamos ver como se sai no decorrer do ano, o que acho que não deve ter bons números.

  24. só foi jogado porque tá no gamepass e tinha promoção de R$ 2,00 se não esses numeros não existiriam , desinstalei esse jogo assim q joguei 15 min …. quero Gears of war 5 logo de resto passo…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *