Carregando...

De acordo com Downdetector, Xbox Live fulmina a Playstation Network e Nintendo Network

Não é comum a Xbox Live travar, embora seja verdade que este ano estamos sofrendo mais problemas do que o esperado, tudo se deve principalmente ao uso intensivo do serviço devido à pandemia global que fez com que o consumo triplicasse.

A verdade é que os cortes no serviço geralmente não duram muito e o número de relatórios é menor que o da concorrência mais direta. Pelo menos é o que garantem os relatórios do site da Downdetector, que é basicamente dedicado a coletar esse tipo de falha na rede.

Antes de tudo, entenda como esse serviço funciona. Basicamente, ele coleta informações oficiais e de fontes adicionadas, como o Twitter ou sites oficiais, e classifica esses erros por volume e relevância. É possível que haja pessoas que sofrem falhas ou que ocorram pequenos cortes, como alguns experimentados recentemente, mas, se não forem grandes, o Downdetector não os quantifica.

O Downdetector coleta relatórios de status de várias fontes, incluindo o Twitter e relatórios enviados em nossos sites e aplicativos móveis. Nosso sistema valida e analisa esses relatórios em tempo real, permitindo detectar automaticamente interrupções de serviço e interrupções nos estágios iniciais.

Este é um resumo do mês de março. Limitamos os dados da Playstation Network pela metade para que a captura não ocupe muito espaço.

Se você revisar o histórico de erros deste ano, a diferença entre o Xbox Live e o restante dos serviços é impressionante. O serviço da Microsoft dificilmente sofre cortes relevantes, enquanto a Nintendo levanta mais questões sobre datas de alto consumo, e a Playstation Network, por sua vez, falha todos os meses e muitas vezes.

Hoje não há espaço para questionar a robustez do serviço da Microsoft. Embora seja verdade que houve falhas e que o Downdetector parece não tê-las levado em consideração, isso é explicado porque elas não têm uma escala tão grande quanto a de seus concorrentes.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.