Carregando...

Devs de Wasteland 3 prometem um futuro incrível no Xbox após serem adquiridos pela Microsoft

Wasteland 3.

A onda de aquisições da Microsoft não passou despercebida, abocanhando sete conceituados estúdios de desenvolvimento de jogos ao longo de 2018. Ela encerrou o ano com uma promissora dupla especialistas em RPG, recebendo a inXile Entertainment e Obsidian Entertainment na família Xbox. Posicionado sob o recém-formado banner Xbox Game Studios, Redmond garantiu uma forte formação de talentos internos para o Xbox One.

A inXile Entertainment criou uma impressionante linha de RPG para PC ao longo dos anos, abrangendo Wasteland 2, Torment: Tides of Numenera e Bard’s Tale IV. Suas equipes em Nova Orleans e Newport Beach continuam a crescer após a aquisição da Microsoft, aumentando recursos para o Wasteland 3, ao lado de um projeto atualmente não anunciado. O fundador do inXile, Brian Fargo, detalhou os planos para escalar “trinta por cento” em novembro passado, garantindo mais contratações de funcionários em tempo integral, mantendo-se pequeno e ágil.

Brian Fargo, da inXile Entertainment, já foi ao Twitter, divulgando o sucesso contínuo sob o manto do Xbox. Adicionando “talento incrível” ao estúdio, Fargo citou um “aumento de qualidade aos trancos e barrancos”:

Graças à Microsoft, temos vindo a acrescentar talentos incríveis  [contração de funcionários competentes] para inXile ao longo destes últimos meses. Estou vendo aumento de qualidade por saltos e barrancos. O futuro é incrível

Wasteland 3 continua a ser o próximo título crucial da equipe, entregando o terceiro título da franquia do RPG isométrico baseado em esquadrão. Depois de uma campanha de crowdfunding ter garantido mais de US $ 3 milhões e um apoio adicional da Microsoft, o mundo pós-apocalíptico do inXile tem mais potencial do que nunca.

Animados?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.