Carregando...

É mais fácil desenvolver jogos para Xbox Series X do que Playstation 5, diz dev de Chorvs

Hoje, a Microsoft revelou um jogo chamado Chorvs – também conhecido como Chorus – durante seu programa Inside Xbox. Vários jogos foram revelados, mas esse shooter espacial se destacou principalmente por seus visuais impressionantes e jogabilidade frenética. A Eurogamer conversou com Johannes Kuhlmann, chefe da Core Technology da desenvolvedora FishLabs, para discutir o jogo e o Xbox Series X.

O Chorvs roda em resolução 4K e 60 quadros por segundo no Xbox Series X, mas é realmente fácil para os programadores criarem o código do jogo. Kuhlmann disse o seguinte quando perguntado sobre o que mudou da perspectiva do desenvolvimento.

Devo dizer que a transição do Xbox One para o Xbox Series X foi direta. Nos sentimos em casa no novo devkit. Não houve desafios particulares. Você tem muito mais liberdade. Você não precisa se preocupar tanto com a taxa de quadros. Em vez disso, você pode aumentar a taxa de quadros. No final, é mais fácil desenvolver o Xbox Series X do que qualquer outro console [E isso incluí o Playstation 5, é claro].

Há alguns meses, um desenvolvedor da Crytek disse que o PlayStation 5 era mais fácil de desenvolver, mas voltou atrás com essa afirmação com base no DirectX 12 Ultimate – a matéria chegou a ser apagada. Parece que esta é a primeira declaração de um desenvolvedor que trabalha em um jogo da próxima geração para confirmar que o Xbox Series X é mais fácil de desenvolver do que “qualquer outro console”. Vale lembrar que os devs de Chorvs estão trabalhando com os kits de última geração da Microsoft e da Sony.

Pode ser mais fácil desenvolver porque o dispositivo possui 2-3 teraflops a mais do que o PlayStation 5. Isso dá às equipes mais liberdade para testar vários efeitos e otimizar porque não precisam se preocupar tanto com builds não otimizadas.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.