Far Cry 6 é real e os primeiros detalhes vazaram; terá atualização gratuita para próxima geração

Far Cry 6 é real e confirma a presença do ator Giancarlo Esposito, Gus Fring em Breaking Bad e Better Call Saulou Moff Gideon em Star Wars The Mandalorian. Após os vazamentos dos últimos dias, a guia Far Cry 6 está disponível na PlayStation Store em várias regiões, com uma imagem do jogo em que Esposito é mostrado com um jovem.

A data de lançamento é 18 de fevereiro de 2021 e confirma que você pode atualizar do PS4 para o PS5 sem nenhum custo adicional, um programa que a Ubisoft já anunciou com o Assassin’s Creed Valhallae. Algo que deverá estar presente também do Xbox One para o Xbox Series X, tendo em vista que a Microsoft tem conversado com as devs para que isso realmente seja gratuito.

“Bem-vindo a Yara, um paraíso tropical congelado no tempo. Como ditador de Yara, Anton Castillo tenta restaurar a glória de sua nação a todo custo, com seu filho Diego, seguindo seus passos sangrentos. Sua opressão implacável iniciou uma revolução” diz a descrição de sua história. Vamos jogar como Dani Rojas, um morador de Yara que se tornou um guerrilheiro pronto para libertar o país, confirmando Anton – o papel de Esposito – como o vilão da história. “Lute contra as tropas de Anton no maior Far Cry até o momento, com selvas, praias e Esperanza, capital de Yara.

Além do jogo solo, oferece multiplayer para dois jogadores, embora não haja menção a um multiplayer clássico. As compras no jogo são mencionadas, então deverá ter microtansações.

Semanas atrás, vazou que o Far Cry 6 se afastaria do cenário do Far Cry 5, nos Estados Unidos, para recuperar os locais mais variados e exóticos dos títulos anteriores, que passaram pelas ilhas, pela África e até pelo Himalaia. “Não quero estragar os planos da Ubisoft, fornecendo todas as informações, mas posso dizer com certeza que aqueles que não gostaram do cenário norte-americano de Far Cry 5 acharão esse jogo mais interessante quando ele for anunciado oficialmente durante o Ubisoft Forward em 12 de julho” Gamereactor disse em seu artigo. Yara, um país fictício, é este local que oferece vários ambientes naturais.

A Ubisoft Forward é realizada no domingo, 12 de julho, apresentará as próximas novidades da empresa nos próximos meses. A presença de Assassin’s Creed Valhalla, Watch Dogs Legion , Hyper Scape está confirmadae também esperamos ver projetos conhecidos como Gods & Monsters, Rainbow Six Quarantine, Roller Champions, Skull & Bones ou Beyond Good & Evil 2.

👉 Siga-nos no Facebook, Twitter e Instagram. Excelente conteúdo para seu Xbox.

113 comments on “Far Cry 6 é real e os primeiros detalhes vazaram; terá atualização gratuita para próxima geração

  1. Ganhei o 2 na live, o blood dragon comprei numa penchicha que teve, recentemente comprei os 5 mais novos. Esse 6 aí só quando sair o 7 kkkkkkk

    1. Cara, é impressionante como a Ubisoft não consegue guardar segredo, tudo vaza.
      Isso me faz pensar que eles fazem isso propositalmente cara, só pode. Sla eles têm um acordo com alguns jornalistas que não revelariam as fontes, eles vazam coisas até grandes pra manter a relevância da empresa e gerar expectativa pras conferências, nsei. Pq pqp se não for isso é a empresa mais incompetente em guardar segredos do mundo kkkkkkkk

    1. O 4 é uma cópia do 3…só mudaram o skin, mas a estrutura é a mesma..o 5 tentou fazer algo diferente, mas a história não rolou….nem joguei o New Dawn

      1. Na minha opinião o 5 não foi tão ruim assim, mas o New Dawn, nossa senhora… apesar de usar a mesma mecânica do 5 e de ter aprimoramentos a lacração perturba. É um negócio que se percebe não ser natural. É forçado.

          1. São pequenas coisas. A indústria SJW ainda não tinha avançado com tudo nos games. A começar pelas ‘antagonistas’, que não convencem liderar nada. Estão lá para representar uma classe apenas e não têm essência alguma. Até na capa do game existe a forçada de barra delas ao amarrar o homem branco (ou seja, os ‘vilões’) para atirar. No acampamento, mais SJW, com a lésbica chata querendo dar uma de conquistadora ao dar em cima
            da ‘ajudante’ do player. Lembro que na época a parte da mídia progressista ralhou pq as irmãs acabam derrotadas pelo player (meio que óbvio) e que isso não ‘ajuda na divulgação da diversidade’. Eu avancei no game, mas fui perdendo o interesse depois. O FC5 foi mais interessante, na minha opinião.

          2. nossa… rs… isso realmente passou despercebido pra mim. Tanto que as “vilãs” desse jogo são as piores de toda a série do FarCry, foram bem irrelevantes.

  2. Eu particularmente curto muito jogos de Tiro, tanto em primeira quanto terceira pessoa!
    Tenho os Far Cry 4, 5 e New Dawn!
    Todos em midia fisica!
    Cheguei a jogar o 1 em PC!
    Porém nunca joguei o 2 e o 3!

    1. O Farcry 2 é o que tem melhor acabamento de detalhes e física.
      Foi feito com carinho e dedicação.
      O 4 é meu favorito.
      Já o 3 em que o capataz tem mais destaque que o chefe e suas mortes são em forma de alucinações não me convenceu.

  3. Ótima escolha da Ubi, esse Giancarlo Esposito tem mesmo cara de vilão kkk estou ansioso pra ver o que ele vai aprontar como novo chefe dos “herois” lá em The Boys

  4. Microsoft conversando com os devs para que seja gratuito a atualização. Se não fosse a Microsoft os sonystas iam pagar duas vezes no mesmo jogo.

    1. Também acho que isso partiu da MS e convenhamos foi uma ação excelente para os consumidores e que acabou por beneficiar os usuários das duas plataformas.

      1. É excelente, melhor impossível. A ironia do meu comentário era os sonysta falando mal do smart delivery. Sendo que o bagui é tão bom, que beneficia todo mundo (independente de plataforma, gosto ou qualquer coisa)

  5. Acho que será um grande jogo, FC6, mas muito difícil superar o impacto que o 5 teve pra mim. Tá com jeito de ser mais na veia do FC4, esse novo.

  6. “A data de lançamento é 18 de fevereiro de 2021 e confirma que você pode atualizar do PS4 para o PS5 sem nenhum custo adicional”

    Smart Delivery?

    1. Sabe que eu cheguei a meter o pau na Sony, sobre essa questão de “não ter Smart Delivery”. Mas agora entendo que como ela não terá jogos de seus estúdios Cross-gen e terá jogos Cross-gen “somente” nos multiplataforma, entendo que não têm porque ela lançar um selo similar ao da MS.
      A Sony já declarou publicamente que não obrigará as empresas a fazerem versões melhoradas dos jogos de PS4 para PS5 de maneira gratuita, mas que incentivará fortemente isso e que facilitará ao máximo para que isso ocorra.
      Então caso alguma produtora adote o Smart Delivery da MS e se ela não fizer o mesmo no PS5, estará explícito que foi uma decisão da produtora e não da Sony. A produtora ficará vista como mercenária.
      Então acredito que na prática todos os jogos que tiverem update gratuito de versão as terão nos dois consoles.
      Saudações Colosso

      1. Cara, incrível como você conseguiu fazer a Sony parecer melhor que a Microsoft. Porque aqui todos sabemos que isto não é verdade.
        O Cerny inclusive disse que a estratégia da Sony é promover uma mudança rápida dos consumidores pro PS5. Aqui ninguém acredita que o PS4 não teria condições de rodar uma versão do Miles Morales, por exemplo. Eu ainde te digo que rodaria o Ratchet reformulando a parte/fase dos portais.

        1. Fiz uma nova leitura no meu comentário. E não consegui enxergar aonde que está implícito que a Sony é melhor que MS…
          É obvio que hoje teremos retro no PS5 e versões melhoradas no PS5 por causa da MS.
          Agora quanto a polêmica dos jogos exclusivos da sony não serem cross-gen é claro que a Sony faz isso para “forçar” a compra do PS5.
          Eu acredito numa solução híbrida que a Microsoft pode alcançar e a Sony não.
          Na minha opinião os jogos devem ser pensados nos consoles novos e caso tenham condições de rodarem com qualidade que venham a ser lançados nos consoles atuais. A grande maioria esmagadora dos jogos poderiam ser lançados nas duas gerações. Mas existe excessões como o Residente Evil 8 que a Capcom tinha a intenção de que o jogo fosse Cross-gen, porém o jogo não rodaria numa qualidade satisfatória nos consoles atuais. Nunca que a Capcom abriria mão de uma base de mais de 150 milhões de consoles (fonte AMD).
          Saudações Colosso

          1. A qualidade do Resident Evil 2 Remake me pareceu bem satisfatória. Isso é marketing da Capcom também. Eu não faria diferente, os gráficos serão hypados e divulgação resultante refletiria em vendas do Resident Evil 2 Remake da geração anterior.
            Agora, a Sony quer fazer a estratégia dela de fazer com que seus consumidores comprem o PS5 mais rápido parecer boa pro consumidor com este papinho de acreditar em gerações. E não é.

          2. Eu acho no mínimo estranho o fato da Capcom abrir mão de uma versão do novo resident evil na geração atual. Ainda mais a Capcom que têm jogos Resident Evil em tudo quanto é plataforma… Essa questão que eu comentei de não rodar bem nos consoles atuais eu li num fórum gringo sobre isso e a justificativa que foi dada que era algo relacionado com a profundidade das imagens e tal (não sei o termo correto)… mas tudo era especulação também…
            Quanto a estratégia da Sony, claro que não é boa para o consumidor e só não enxerga quem não quer.
            Por isso que disse que a MS têm a possibilidade de fazer a solução híbrida, pois acredito que 99,9% dos jogos que serão lançados nos próximos 2 anos podem rodar nas duas gerações. O que eu acho que pode limitar um jogo de rodar na atual geração não é placa gráfica e sim a CPU jaguar e muito pouco provável o HD do console.
            Caso venha a existir um jogo que tenha problemas de desempenho de rodar no ONE ela poderia lançar somente nos Series S e X.
            Agora a Sony não lançar os outros 99,9% dos jogos que poderiam rodar no PS4 é sacanagem com o consumidor sim… E aquele migué que dizem que a lançar somente no PS5 é ter respeito com o consumidor do PS5 que pagou caro no lançamento e tal … não tem fundamento, pois este consumidor irá jogar em melhores qualidades gráficas, provavelmente maiores FPS e carregamentos mais rápidos.
            Saudações Colosso

  7. Dá medo de (assim como em qualquer obra hoje em dia) ver os caras colocarem uma franquia como Far Cry no lixo por conta da ‘diversidade forçada’. Apesar do Esposito ser da hora ainda temo que percam a linha como vimos em inúmeros casos recentes.

      1. Presta sim. No entanto quando a obra é focada só no fato de existir minoria e esquecem todo o resto aí se caracteriza como ‘woke’. Não estou dizendo que vai ser assim, mas é temerário que seja. Se vc gosta de obras tipo woke aí é outra história.

        1. GTA San Andreas tá aí pra provar isso. Ninguém tá nem aí se o protagonista é dessa ou daquela etnia, o que ninguém quer é ter uma agenda política enfiada guela abaixo quando for se divertir

    1. Pois é, isso não seria legal.
      Mais acho que esse novo personagem tem potencial. Bem que eles poderiam se inspirar em um mandela da vida, ia ser top.

  8. “Sony compra participação de US$ 250 milhões no criador de Fortnite, Epic Games. O investimento dá à Sony uma participação de 1,4% na Epic”

    Cada um faz o investimento que pode. Uns compram o estúdio completo, outros compram 1,4%….

    Brincadeiras à parte, Sony faz o que dá, o que pode pra não ficar atrás do modelo que se segue na indústria. Precisam de uma participação maior em conteúdo online, tanto de jogos como de infraestrutura.

    “…Sony e a Epic podem querer criar mais experiências multimídia virtuais semelhantes a Fortnite…”

    Sozinha, a Sony não consegue avançar nisso, não tem nuvem, tá comprando da Microsoft, po! Com isso muitos fanboys aplaudem o modelo offline e jogos de 9-12 horas. Tecnologia sempre evolui. Quem não acompanha fica pra trás.

          1. 1% das ações da epic acredito que seja mais vantagem que 50 milhões entregues a um youtuber pra fazer live em uma plataforma encerrada…o que acha?

          2. Acho que Sonysta prefere a desonestidade do marketing da Sony, do que uma empresa transparente que oferece bons acordos.

          3. Honesta é a MS q tem um patrimônio trilionario isso q é honesta, e não sei onde vc viu desonestidade da Sony éla só está fazendo nada mais q o seu dever

          4. Verdade, anunciar que SSD do PS5 é mágico e que o novo console dela bate 10 teraflops com constância, são exemplos de honestidade para sonystas.

          5. Vrdd, o Mixer causou um rombo nos cofres da MS, em vez de comprar umas 20 Çonis, agora só dá pra comprar 19, por isso sempre Clouny Ouims ?????

          6. Kkkkk já desconversou? Aprenda também que no mercado existem divisões de empresas…a MS tem realmente bastante grana, já a divisão xbox tem menos que a Sony e a Nintendo…é o mesmo que eu dizer que a lojas americanas e b2w são a mesma coisa, quando na verdade elas são totalmente separadas financeiramente, inclusive a B2w nunca deu lucros, já a lojas americanas teve alguns trimestres positivos nos últimos anos, é o que ocorre no xbox, sempre no prejuízo enquanto a MS tem lucro em outras áreas…com relação à divisão playstation sinto muito, mas é a que gera mais receitas

          7. Como assim desconversei?? Eu menti quando disse q o Mixer não fez nem cócegas nos cofres da MS?? ????

            Agora vamos raciocinar, vc disse q Xbox só dá prejuízo, e q Xbox é uma coisa e MS é outra, mas se o Xbox só dá prejuízo, da onde veio o dinheiro pra comprar 7 novos estúdios e fazer mais um do zero?? ??‍♂️ Não deve ter vindo da MS né, já q por sua vez, ela não investe no q da “prejuízo”, responde essa pra mim ????????

          8. Vc precisa realmente entender de mercado…pra não passar vergonha…uma empresa ter prejuízo não significa que ela não vá investir…muito pelo contrário

          9. Hummmm entendi, então pq a MS não continuou investindo no Mixes?? Pq dava mais prejuízo?? ????? Menos prejuízo pode, mais prejuízo não pode?? ?????

          10. Espero que saiba que marca nada tem haver com receitas de uma empresa…
            As empresas mais ricas do Brasil são a Petrobras e a Vale, já as marcas mais valiosas são Itaú, Brahma, Skol, Bradesco e Renner, pode juntar todas estas e não vão alcançar o patrimônio e receitas da Petrobras…logo a marca não é nem de longe o mesmo que receitas, e patrimônio…e cara teve um ano, acho que 2018 que a divisão ps faturou o dobro da divisão xbox…e toda vez que ver pesquisas sobre valor de uma marca, espero que saiba que ela é fundamentada em especulação né…pois diferente de uma pesquisa sobre as empresas mais ricas, o valor da marca não tem como ser medido com precisão

          11. Em questao de faturamento e rendimento sim a Sony ganha do Xbox fácil,mas em questão de quanto aquela específica marca vale no mercado nesse caso o Xbox vale mais q a Sony mas isso se deve ao fato da MS injetar muito dinheiro na divisão Xbox por isso ela vale tanto assim chegando ao ponto de valer mais q algumas empresas no caso a Sony.

        1. Gastos com marketing disfarçado. Já imaginou “Sony paga 250 milhões pra Epic promover o PS5”. A enganação do UE5 e os comentários parciais dos devs da Epic iriam perder em parte seu valor de persuasão.

          1. Tá explicado o pq q a Epic tá rasgando elogios pro console porco, por ter vendido 1% das suas ações ??????

        1. A epic é dona da unreal que por sinal é a engine mais usada nos games atualmente…batman, shadow of mordor, Gears, entre tantos…se não é um estúdio grande eu não sei qual é…

          1. Eu sei quem é Epic games. Você que não leu sobre o que se trata.

            Esses 1,4% da Epic games é estratégico pra Sony e envolve mais conteúdo online do que outra coisa. É algo mais estratégico do que ambicioso.

      1. Promoveu bastante o Mixer, a Microsoft, conquistou parcerias e as manteve. A Microsoft tem condições de oferecer boas condições de contratos, já outras empresas abusam da boa fé de seus consumidores. Pra mim isso é tão grave que me recuso a citar alguma como exemplo.

        1. Mais ainda assim no final das contas apesar desses detalhes de quem comprou isso ou comprou aquilo quem tem mais dinheiro quem não tem, assunto q não me enteressa em nada e nem 99,9% dos usuários tirando vocês, eu prefiro o console com os melhores jogos, mais inovador, e nisso o PS é muito melhor Xbox pramim é segunda opção, não adianta a MS ter um patrimônio trilionario e não fãs um console do meu agrado e eu decha de joga vários jogos em pro da pobrinha da Microsoft

          1. Melhores jogos pra você, jogos com experiência multiplayer capadas. A Sony inovou no que? Quando o Xbox foi lançado, consoles da Sony não vinham com modem e nem tinham HD.
            Você jogou 6 Forzas nessa geração? 2 90+ e 3 85+? Ou jogou só um GT?
            Você jogou 3 Gears, 2 Halos, 2 Oris e Sunset Overdrive? Ou deixou de jogar também?

    1. A parte interessante nem é essa, são os fanboys jurando que a Sony esta falida e sem dinheiro….rsss. Daí ela compra a Insomniac, esta estudando compra de outros estúdios e ainda por cima faz uma aquisição para ter participação em uma empresa, ainda que seja pequena…

      Na boa, queria estar falindo assim…

      1. Acho que esse ponto de “Falido” é uma zueira, um exagero com o fato da Sony não ter poder de financiamento que a Microsoft. Por isso vira um exagero.

        Mas essa aquisição de parte da Epic se trata de streamings e jogos online. Se confirma o que sempre venho falando aqui. O futuro dos games não está nos console e jogos off-line mais. E com isso o Playstation precisa se atualizar. Fechou parceria com Azure, e agora gasta dinheiro estratégico para conteúdo de jogos serviços.

        1. Pois é. Estava achando estranho o Unreal 5 ser revelado através do PS5 e elogios gratuitos ao console da Sony.
          Mas com essa história o que eu mais gostaria é de que os jogos da Sony, possam vir para o PC via loja da EPIC.

        2. Leia aí e veja sua pergunta respondida….

          https://canaltech.com.br/negocios/sony-compra-participacao-minoritaria-na-epic-games-com-investimento-de-us250-mi-167855/

          Mas como eu disse, para quem diz que a Sony esta falindo, fico até surpreso…só dá sabichão aqui…

      2. Só o que a Microsoft gastou com a Mojang dava pra comprar várias Insomniac. E se realmente adquirir a Warner será mais 4 bilhões… Queria eu ter uma empresa falida como a Microsoft

        1. Vc é burro ou só se faz???

          Qual parte vc não entendeu que não estou falando da Microsoft e sim dos discursos dos caixistas que dizem que a Sony esta falida ??

          1. E eu também estou falando dos discursos Sonystas de que a Microsoft está “falindo”,ainda mais depois que fechou o Mixer… Por um momento eu acho que tentou me ofender, mas depois de ver seu argumento e sua “inteligência” em interpretar um texto, eu nem preciso contra-atacar, você já sofre o bastante.

    2. 1 – vendeu 120 milhões de ps4 assim
      2 – ela foca no q falta no mercado, jogos single AAA+, multiplayer é preenchido pelas thirds, ela não precisa competir nisso. Agora se ela não fizer os singles, ninguém faz, pela ela é a melhor do mundo nisso. Veja q no xbox essas experiências faltam e só tem a parte multiplayer, no ps4 tem os 2 pq a própria sony supre.

      1. A Sony é fabricante de hardware, eles são bons nisso. Jogos eles fazem o que é mais fácil de fazer (single player com campanhas longas) e vendem hardware importado pra jogar esses jogos. Mas com relação ao ecossistema do entretenimento, não acredito que a Sony consiga acompanhar a Microsoft no futuro.
        A organização corporativa da Sony é muito diferente da Microsoft, os negócios no segmento de eletrônicos não poderia estar pior para a Sony (menos de 5% do marketshare de TVs e home theaters). Eles se seguram na Playstation, que também opera no prejuízo sabe-se lá ha quanto tempo. Já a Microsoft, por ter um portfolio mais variado, e desde a origem focado em atender as necessidades contemporâneas (computação, IoT e cloud services), tem um alicerce muito maior para ousar e ser competitiva.
        Em breve (menos de 15 anos) a divisão Playstation da Sony estará na mesma posição que a Nintendo hoje, que é muito boa, mas voltada a uma audiência de nicho. E quanto aos demais eletronicos, enquanto não desenvolverem uma tecnologia proprietária de monitores, continuarão sendo a quinta roda da LG e perdendo feio pra Samsung.

    1. O problema da Ubi é que ela lança 500 AAA por ano. Ai os jogos além dos bugs, ficam todos parecendo a mesma coisa. É uma proposta bem diferente por exemplo da Rockstar, que lança dois ou três jogos em uma geração, mas todos com muita qualidade.

  9. Pra quem só jogou uma obra prima como o FC3 e ainda mais recentemente, eu até fico no hype, mesmo com todo mundo falando que a franquia teve uma queda. Vai que eles acertam a mão nesse…

  10. Apesar de Far Cry desde o 3 seguir a mesma estrutura com apenas com a troca de vilão e ambientação, se tornou uma das minhas franquias favoritas na geração. E agora com Gus Frieg (esse ator nasceu pra ser vilão), hype aumentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *