Carregando...

Gears 5 é bonito de uma forma que nada no Xbox One ou PS4 pode igualar

Algo diferente parece estar acontecendo com este lançamento do Gears do que como foi com o Gears 4 em 2016. Este parecia um jogo que era … bom, mas que ficou praticamente ausente da maioria das listas dos dez melhores do final do ano. Gears 5? Parece ser um jogo muito melhor em 2019, mesmo que tenham notas parecidas no Metacritic. Pode não ser uma reimaginação do nível God of War ou algo assim, mas está causando mais impacto para muitos.

Uma matéria que fez bastante sucesso foi a da Forbes que afirma que Gears 5 é o jogo mais bonito até agora para os consoles da atual geração, ou seja, títulos como Ryse: Son of Rome, Forza Horizon 4 ou Quantum Break, segundo eles,  não o alcançaram. Outros ainda como Uncharted 4 e God of War do Playstation 4 também ficaram atrás graficamente.

Ocorre que, já estamos no final da geração e nós ficamos cada vez menos menos impressionado com o visual dos videogames. Não é que eles sejam ruins. Pelo contrário, todos são tão bons nesse ponto que meio que se misturam. Espera-se que todos os jogos pareçam ótimos agora, portanto, quando chega algo visivelmente datado como Fallout, é um pouco chocante.

God of War e Uncharted 4 deixaram bons impactos no PS4 Pro, particularmente na cidade pirata perdida do UC4, que é um dos ambientes de videogame mais bonitos que já foram criados. Mas para o Xbox One? Ainda segundo a Forbes, o grande marco é Gears of War 5.

O jogo é impressionante. Não tenho a descrição completa do nível da Digital Foundry sobre por que é tão impressionante, além dos grandes números óbvios, como rodar em 60 FPS em 4K, o que é uma conquista bastante monumental nos dias de hoje para consoles, mesmo no console poderoso Xbox One X.

Ele consegue fazer o Gears of War 5 parecer um título da próxima geração antes que a próxima geração chegue aqui. É assim que as coisas funcionam agora com consoles “intermediários” como o PS4 Pro e Xbox One X, já que essas meia gerações abriram as portas para uma série de melhorias visuais e de jogabilidade. Mas nem todo jogo tira proveito disso. Nesse caso, no entanto, parece que o Gears 5 está torcendo cada gota do poder total do Xbox One X, que é, notavelmente, uma muito mais poderoso que o PS4 Pro, e você pode vê-lo em todas as cenas do jogo, mesmo nos momentos de abertura em que você desce para um abismo ao lado de uma cachoeira, aparentemente projetado para mostrar a beleza do jogo imediatamente. Ter a máquina mais poderosa deu a vantagem da Microsoft em superar graficamente.

Se você lembrar dos flashbacks de Gears of War 1 no Xbox 360, outro jogo que estava ultrapassando os limites dos recursos visuais nos consoles e que fez muito queixo cair quando jogado pela primeira vez. Todos os jogos subsequentes do Gears pareciam bons, incluindo o Gears 4, suponho, mas nenhum deles foi um grande divisor a partir disso.

Quanto ao resto? Veremos. A história está sendo elogiada, e tem foco na exploração e missões secundárias, o que é incomum para esta série. Mas sim, este jogo é apenas um deleite e vale a pena experimentar, não importa como ele seja, por causa de sua aparência e execução, e todos elogios gráficos foram dados por raros jogos segundo o editor da Forbes. O Gears 5 ganhou.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.