Carregando...

Google e Apple ao lado, a Microsoft está livre para rachar o “Windows no telefones” novamente?

Google e Apple ao lado, a Microsoft está livre para rachar o “Windows no telefones” novamente?

liberdade

Vamos terminar a semana com uma polêmica das grandes. O Windows Club não nasceu ontem, e nós já vimos este filme. Há 10 anos atrás, este site era focado no “Samsung Omnia i900” e demais dispositivos com Windows Mobile 5/6.X. O temo passou, mas parece algumas coisas não mudaram. A Microsoft ainda não abriu o jogo, mas a situação pode ser a mesma do passado, talvez veremos uma nova quebra no sistema operacional móvel.

Não é segredo, vamos ver o “dispositivo móvel definitivo” no futuro, e que segundo os bons rumores, já está pronto a espera da CShell que ainda esta “muito bugada“. No mês de abriu, os “vazadores” da Microsoft, inclusive o Windows Central já estavam quase em “pânico” por conta do silêncio da empresa, mas atualmente os planos estão cada vez mais claros.

A chance é alta de uma nova rachadura. Do Windows Mobile antigo para o Windows Phone 7 vimos justamente esta mesa situação, e algo similar com o Windows Phone 7.8 para o Windows Phone 8. Bem, a questão é: a Microsoft tem o direito de fazer isso?

Vamos olhar para seus concorrentes

dock-apple

Apple: a empresa já teves seus abandonos como o próprio iPad, e já cobrou muito por atualizações no MAC. Além disso, já vimos até vários problemas nos updates, pois aparelho mais antigos, apesarem de receberem atualizações ficaram lentos e não receberam os recursos principais. Contudo, o iPhone 4 obteve suporte de 5 anos (até 2016)! Mas nem tudo são flores, fazia tempo que tal dispositivo não recebia atualizações.  Vamos dar para a Apple em dispositivos móveis um lapso de atualizações de 2 a 3 anos em seus iPhones.

Google: Bem, no Android você sabe como é, na grande maioria dos aparelhos atualizações são iguais a caviar, muitos usuários só ouvem falar. Entretanto, vamos forcar exclusivamente no dono da casa, Google e seu Pixel.

Google revelou que Google Pixel e Pixel XL receberão atualizações até 2018 e patches de segurança até 2019. Foram lançados em 2016, então vamos dar a média de 2 a 3 anos também, assim como a Apple.

Microsoft

update-engrenagens

No Brasil, os últimos Lumias foram lançados em 2014, e os últimos top de linha foram lançados no mundo todo em 2015, o último da linha, o Lumia 650, foi lançado no início de 2016. Bem, passados “2 ou 3” anos a empresa poderia está livre para iniciar uma “nova era“?

Se pensar bem, com tantos anos de morte anunciada do Windows Phone pela mídia, e com tantas notícias negativas, com falta de aparelhos em muitos países…. isso seria positivo caso a Microsoft começasse algo completamente novo? A mídia não a culparia de abandono?

Atualmente, o Windows 10 Mobile é suportado e atualizado constantemente, os novos aplicativos UWP rodam nele, e só nesta semana muitos países da Europa estão recebendo o Alcatel idol 4 Pro. Mas saiba, a nova CShell poderá não chegar aos modelos atuais e poderá exigir dispositivos mais potente com Snapdragon 835 ou superior. Claro, já começara com as “gambiarras” para instalar isso no Lumia 950 e HP Elite X3, mas estamos falamos aqui de suporte oficial.

A questão é: A Microsoft já está livre para rachar novamente o Windows no telefones? (Caso ela rache, o que é muito provável).

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.