Carregando...
0 1

Microsoft bate a Apple e a Sony em satisfação do consumidor

Microsoft bate a Apple e a Sony em satisfação do consumidor

microsoft-feliz-loja-fas

Todos os anos, o Harris Poll examina os consumidores nos Estados Unidos ao perguntar quais marcas se destacaram mais durante o ano passado, e vamos falar sobre os últimos resultados. Como se poderia esperar, grandes empresas como Google, Amazon e Coca-Cola marcaram presença na lista. No entanto, graças a grande competição acirrada, vários deles não conseguiram ficar entre os dez primeiros, dando lugar à gigante de varejo online Amazon a ocupar o primeiro lugar – novamente.

O relatório de 2018, que descreve as marcas mais populares e menos populares entre os consumidores, usou uma terminologia específica para determinar isso entrevistando 25.800 adultos entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. O quociente de reputação é então medido pela visibilidade da empresa para o consumidor, sua responsabilidade social, produtos, serviços e apelo emocional.

A Amazon manteve o primeiro lugar, graças ao bom desempenho da Alexa nas casas dos consumidores com o assistente virtual. O CEO da empresa, Jeff Bezos, também se tornou o homem mais rico durante o ano passado, graças as ações da Amazon terem aumentado após uma forte Black Friday. Em segundo lugar, a Wegmans – o serviço de entrega de refeições. Tesla Motors pulou para o terceiro lugar.

A Microsoft subiu significativamente na pesquisa, a partir da vigésima posição, para o número 11. Embora não seja imediatamente claro por que o gigante de Redmond melhorou seu ranking. A empresa revelou o Xbox One X durante o ano passado e anunciou o Xbox Game Pass – o serviço que foi apelidado de ‘Netflix dos jogos’. A Microsoft também lançou vários novos dispositivos da família Surface – incluindo o Surface Laptop – que poderia ter conquistado para aqueles que foram entrevistados. A Sony melhorou o seu ranking, e está na posição 31 graças ao seu trabalho no PlayStation 4.

A Apple caiu para o número 29. A Maçã lançou vários novos dispositivos durante o ano, incluindo o iPhone X. Parece que estes não conseguiram causar um impacto significativo na percepção dos consumidores em geral, apesar de ajudar o preço das ações a alcançar níveis recordes. O Google, que lançou o Pixel 2, e caiu para o 28º posição do ano anterior, tal dispositivo tive muitos problemas e isso deve ter desapontado o consumidor.

Em entrevista à Reuters, CEO da Harris Poll, John Gerzema comentou as falhas do Google e da Apple:

“…Ainda não vimos todas as coisas na inteligência artificial que eles vão fazer”.

O que vocês acharam?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.