Carregando...

Ninja Theory se prepara para a chegada do Ray Tracing com a nova geração do Xbox

No início da geração atual, os consoles atuais, e especialmente o modelo original do Xbox One, foram acusados ​​de não representar uma ruptura tecnológica com a geração anterior. Talvez seja por isso que esta foi a primeira das gerações de consoles modernos, a ter novos modelos mais poderosos no meio da geração. No entanto, parece que em face dos novos consoles que chegarão em 2020, podemos esperar por novas técnicas e tecnologias mais avançadas.

Uma dessas técnicas que já está surgindo como um dos protagonistas da próxima geração, como foram o 1080p ou técnicas de reconstrução de imagem, é o já cobiçado Ray Tracing. Uma nova técnica de renderização que requer chips dedicados ou uma grande potência para alcançá-lo por emulação. Recentemente, rumores de que os próximos modelos do Xbox serão compatíveis com ele, e hoje podemos dizer que a Ninja Theory acaba de praticamente confirmar justamente isso.

Como você pode ver no site da Ninja Theory, novas vagas de empregos pedem experiência UE4 (bastante normal), Ray Tracing, e DirectML que é uma nova API gráfica por Microsoft no GDC este ano, incorporado ao DirectX e que permite aos desenvolvedores criarem códigos compatíveis com praticamente qualquer tipo de GPU. Como você pode ver, a Ninja Theory não apenas se prepara para a chegada de Xbox Anaconda e Scarlett, mas também para um foco maior no PC.

Certamente, muito em breve, veremos movimentos muito semelhantes em outros membros do Xbox Game Studios, mas por enquanto é um bom sinal de que a Ninja Theory já está se preparando para o futuro.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.