PlayerUnknown’s Battlegrounds agora é exclusivo do Xbox One e PC, sugere estúdio

Battlegrounds

PlayerUnknown’s Battlegrounds, ou melhor, PUBG, foi anunciado como um “Exclusive Launch”, ou melhor, “exclusivo de lançamento”. Contudo, ainda alguns jogadores e boa parte da mídia interpretava isso como “exclusivo temporário”, algo que ele nunca foi.

Para ficar mais didáticos:

  • Exclusivo temporário: o jogo fica impedido de ir para outra plataforma por um período de tempo, normalmente de seis meses a um ano. Um empresa paga para que o game não saia em uma outra plataforma.
  • Exclusivo de lançamento: o jogo sai em uma plataforma específica, mas está livre para ir para outra plataforma – mas isso não quer dizer que vá.

Um exemplo prático, Cuphead é um exclusivo da Microsoft, mas não por acordo, e sim por simples convicção do desenvolvedor. Por ser um estúdio pequeno, eles não querem ter mais trabalho com o Playstation. Black Desert, um dos fenômenos do PC do momento, o estúdio também não é grande, e pode levar anos ou talvez nunca chegar ao Playstation.

PUBG sempre teve um amor adicional pelo Xbox, e já vimos sites afirmando que tal game chegará ao PS, isso é mentira. O estúdio nunca confirmou isso, e apesar do sucesso no PC (8 milhões de unidade em 4 meses), o game ainda nem foi lançado, ainda está no programa de acesso antecipado da Steam. Entenda, o estúdio não é grande e está muito atarefado.

PUBG não tem data específica para chegar ao Xbox, apenas “no final de 2017“, algo muito estranho pois estamos praticamente no mês de setembro.  Também por isso, a Microsoft interviu e resolveu publicar o jogo, ou seja, vai ajudá-lo a chegar no Xbox de forma aceitável ainda este ano. Nos consoles, a Microsoft que vai publicar, mas veio a pergunta, e no Playstation, se um dia ele sair, será a Microsoft a editora?

Não, segundo um dos desenvolvedores, a parceria foi fechada com a Microsoft e não existe previsão de ser lançado em outros consoles. A Microsoft também ajudará o estúdio na versão PC (possivelmente torna-lo algum dia em um Xbox Play Anywhere). Mas com a negativa de estar sendo desenvolvido para o Sony Playstation e a Microsoft ajudando no seu desenvolvimento, inclusive sendo sua editora. Como visto acima, PUBG não está sendo pensado para outros console, logo, ele é um exclusivo Xbox One e PC.

Um dia a exclusividade pode ser quebrada? Quem sabe, mas é melhor esperar sentado, como dito acima, a versão para PC nem foi lançada ainda e o desenvolvedor confirmou que não irá para outro console pois agora a Microsoft tem participação efetiva no game.

Fonte: MSP

36 comments on “PlayerUnknown’s Battlegrounds agora é exclusivo do Xbox One e PC, sugere estúdio

  1. Logo veremos uns sonystas se humilhando para sair a versão do ps4, onde seus exclusivos fazem eles não querer nada de outras plataformas ???

  2. A MS fez bem com esse negocio de game preview. Tem muito jogo que fica eternamente em Preview como desculpa pros bugs (como o Ark) e as vezes depois que lança ninguém mais quer saber.. Esse PUBG ai ta todo esse sucesso hj, vai saber se qnd “lançar” realmente vai ainda estar na moda…

  3. Já. to vendo a poneyzada mendigar em massa nas redes sociais. Ah, mas este mês eles tem Yakuza, Hellblade e a DLC do Unchato com um baita downgrade. KKKKKKKKKKKKK….

  4. PUBG não tem data específica para chegar ao Xbox, apenas “no final de 2017″.

    Na na transmissão de ontem eles falaram que vai ser lançado na próxima primavera (hemisfério norte), ou seja, nosso outono: Entre março e junho de 2018.

  5. a versão para PC nem foi lançada ainda

    Isso aí é balela. Foi lançado sim, quem quiser paga e entra nesse early access. Só tem essa tag pra usar como desculpa pra jogo bugado que precisa de grana pra ser melhorado.

    1. KKKKKK Vdd!! O PUBG tá muito mal otimizado, acho que essa tal “ajuda” da MS no PC é justamente pra isso e diz o Unknown que sai a versão final ainda esse ano junto com a versão do Xbox.

        1. É quase uma praga abrir o Twitch ou Mixer e ver só esse jogo… kkkk
          Eu particularmente nem jogo ele, não gostei muito. E os poucos vídeos que vi não me apetecem em nada.

          1. É divertidinho até, e frustrante ao mesmo tempo. O problema é ficar atualizando direto pra ficar corrigindo bug.

            Pra mim essa parada de early access aberto a quem pagar devia ser proibido.

          2. Mas isso acaba ajudando a dev a custear o desenvolvimento, será que não ? Deve ser estúdio pequeno, igual do Cuphead, precisam de dinheiro pra pagar os devs e a demanda é bem grande pra conserto de bugs e novas funcionalidades. Sei lá, acho justo de certa forma. Em todo caso não é meu dinheiro sendo empregado ali kkk

          3. Pelos motivos que eu citei. Mas o Rust, por exemplo, teve um hype no começo e logo depois foi abandonado por geral. E tava no mesmo esquema de early access pago.

            Nem sei se chegaram a lançar o jogo na sua versão final.

          4. Mas o early acess acaba ajudando a corrigir problemas antes de fechar enfim o jogo (terminá-lo). Acho interesse o feedback que se pode obter durante o período de compra antecipada, mas não descarto tua ideia.

  6. Se vai sair pra PS ou não, eu não sei. Mas estou feliz demais pelos atuais responsáveis do console estarem recuperando o que É o Xbox de verdade. O Xbox sempre foi um console potente, sempre foi um parceiro do PC e sempre foi amigável para se desenvolver jogos.

    Só o One que rompeu com essas características. uma prova de que estão trazendo o nosso Xbox as raízes é a caixa da edição project Scorpio do One X, é nada mais que design do primeiro Xbox!

  7. Com a possibilidade de existir Cross-Play entre Steam + Windows PlayAnywhere + Xbox Live e a Sony sempre recusando os cross-play, é claro que os estúdios escolheriam/escolherão a Microsoft.
    Deixa a Sony com seus exclusivos, no Xbox o negócio é jogar online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *