Carregando...

PlayStation solta indireta sobre a posição do Xbox quanto ao VR

Shuhei Yoshida do PlayStation aparentement, respondeu aos comentários feitos pelo chefão do Xbox, Phil Spencer, na qual ele disse VR era algo que “ninguém está pedindo VR”. O recém-nomeado chefe dos indies do PlayStation twittou: “muitas vezes trabalhamos duro para fazer coisas que nenhum cliente está pedindo”.

Yoshida não fez referência direta ao Xbox, mas suas frase casa perfeitamente com a declaração de Phil Spencer, e mais parece uma indireta já que VR é algo que a Microsoft não focará. Yoshida também respondeu às mensagens dos fãs no Twitter elogiando o suporte da plataforma por assumir riscos criativos.

O tweet provavelmente se refere a uma entrevista publicada na terça-feira, na qual Phil Spencer, do Xbox, revelou que ele tem “alguns problemas com VR” e chamou o formato de “isolado” e que prefere tornar o videgogame algo mais social e comunitário.

“Estamos respondendo ao que nossos clientes estão pedindo e … ninguém está pedindo VR”, disse ele. “A grande maioria de nossos clientes sabe que, se eles querem uma experiência em VR, há lugares para obtê-los”.

Spencer também disse que “ninguém está vendendo milhões e milhões” de unidades de realidade virtual e, embora ele ache que há uma chance da realidade virtual chegar lá, “não é onde está o nosso foco”. A razão é que a Realidade Virtual não decolou e realmente para que ninguém se importa com isso.

Na semana passada, a Valve anunciou Half-Life: Alyx, um título VR “completo” em sua principal série FPS. Com lançamento previsto para março de 2020, será compatível com os head sert Valve Index, HTC Vive, Windows Mixed Reality, Oculus Rift e Oculus Quest. Então, além da Sony, a Valve também parece ter esperança nessa tecnologia.

O que vocês acham das declarações de Yoshida?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.