Quota de mercado do Microsoft Edge cresce pelo quarto mês consecutivo

edge-fd

O Microsoft Edge, novo browser padrão do Windows 10, ainda não se estabeleceu realmente no mercado de navegadores e por ser muito jovem certamente não será uma tarefa fácil.

O Internet Exporer, no Windows 7 e 8, foi particularmente criticado pelo público e agora sua imagem havia sido arruinada permanentemente (basta pensar que era considerado útil apenas baixar o Chrome) e é por isso que em a Microsoft decidiu revolucionar tudo a partir da décima versão do sistema operacional.

Aproximadamente dois anos após o lançamento, o Edge ainda não está sendo amplamente utilizado, mas no período atual sua participação de mercado está crescendo, embora devagar.

De acordo com os dados coletados e publicados pelo NetMarketShare, o navegador de Redmond teria registrado, pelo quarto mês consecutivo, um aumento atingindo 4,21%, + 0,15% em relação ao mês passado. Nem é preciso falar que o Chrome (60.61%) permanece em primeiro lugar e que, mesmo em novembro, registrou mais um aumento. O Firefox, por outro lado, caiu e está em terceiro lugar, passando de 11,72% para 11,42%. O Internet Explorer conta com 12.04% de participação ainda e está na posição de vice.

21 comments on “Quota de mercado do Microsoft Edge cresce pelo quarto mês consecutivo

  1. Eu até tendo usar ele, mas ele é muito bugado, é irritante como ele trava em páginas e as vezes sofre pra carregar outras, daí você abre o Chrome e a página funciona 100%. Tô com um tablet da Chuwi, muito bom pelo visto, me surpreendi como ele roda fluido o Windows 10, já na FC. Pensei em não instalar outro navegador e só usar o Edge, mas simplesmente não dá. O Edge é muito bom pra leitura, mas ainda sofre demais na navegação.

    1. Eu uso o Edge desde 2015, quando o Windows 10 ainda era Preview. Não sei se é porque já uso a bastante tempo, mas não vejo todos esses problemas nele.

      1. Depende do tipo de uso. Eu usava para o básico, mas para tarefas mais complexas ele ainda é muito cru. Entendeu que eu disse cru e não ruim, né?! Mas é um processo normal, vide o próprio Chrome diante do IE que por anos amargurava a segunda colocação até atingirem uma maturidade e eficiência melhor que o IE. Eu acho que o Edge vai brigar muito ainda e tem potencial para se tornar uma ótima opção de uso, mas para isso, investimentos.

          1. Desenvolvimento, pesquisa, testes, uso intenso e compatibilidade. Mas como disse, o edge é muito cabaço ainda, ele vai amadurecer com o tempo.

  2. to usando o edge no android apesar da microsoft ter tirado ele da loja por enquanto. No celular ele é fluido mas nunca gostei do chrome no celular e firefox e opera são similares a ele. O unico diferente foi o edge, é oq tem pra hj

  3. Ele só não cresce mais no Brasil (principalmente no meio corporativo) por causa da incompatibilidade com certos sites/sistemas bancários/governamentais, certificados digitais, etc.)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *