Carregando...

Ressurreição: a volta do Pocket PC

Ressurreição: a volta do Pocket PC

samsung-pocket-pc

Vamos, certamente você se lembra do Pocket PC. Sim, esses dispositivos tinham a intenção de ser computadores de bolso. Essas telas e teclados que estavam acompanhados ao Windows em dispositivos anões. Embora não fossem o Windows completo, foi o Windows Mobile. E as parceiras eram marcas líderes de mercado como a HTC, a Palm ou HP, e muitas outras populares nos dia de hoje.

Todos estes dispositivos foram deixados de lado com o surgimento do iPhone e de uma nova geração de smartphones. O telefone mudou a nossa forma de trabalhar, tornando desnecessária a figura do Pocket PC. Além disso, o aparecimento de tablets e ultrabooks ajudou bastante a dar um sumiço nessa categoria. Mas ainda sua morte não pode ser cantada porque o mítico Pocket PC está começando a ressurgir. E devo dizer que estão muito atrativos.

GPD Pocket, Pocket PC que faz jus ao seu nome

gpd-pocket

Agora, nós já falamos bastante sobre o GPD Pocket no Windows Club, um Pocket PC que foi lançado no Indiegogo, e resgata a ideia de ter um computador em seu bolso. E, de fato, ele consegue. A sua campanha foi tão bem-sucedida que em questão de poucas horas eles já tinham cumprido a meta para arrecadação de dinheiro.

Estamos falando de um computador que tem uma quantidade ridícula de espaço com um teclado real, e um sistema operacional de verdade. Nós ainda podemos escolher entre Windows e Linux, abrindo uma porta interessante para administradores de sistemas ou programadores.

Bateria de 12 horas, tela de 7 polegadas  que excede resolução Full HD, processador Intel Atom e 4 GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno … e outros guloseimas por apenas US $ 399.

Gemini PDA, menor teclado e clamshell

Bem, talvez o Gemini PDA é seja capaz de ser uma compra ainda melhor. Olhe bem para o visual deste produto. Sim, você não está sozinho, ele lembra o lendário Nokia 9000 Communicator.

Além deste design atraente, encontramos componentes interessantes. Uma tela Univisium de 5,7 polegadas 2880 x 1440, processador de 10 núcleos, 4GB de memória RAM, 64 GB de armazenamento interno + micros e um teclado completo.

As desvantagens em comparação com o primeiro modelo são claras: estamos limitados a um sistema operacional móvel. Neste caso, um dual boot Android e Linux. Em troca temos um dispositivo muito menor e mais cuidadosamente projetados. E custa  $ 299 no Indiegogo.

São vários os produtos deste tipo, inclusive no GPD Win, um portátil gamer que roda de tudo, inclusive muitos jogos recentes. No Youtube, tem vídeo dele aos montes. Muito recomendado.

É a verdadeira era do Pocket PC?

A verdade é que agora este é o momento ideal para a volta do Pocket PC. Suas peças foram miniaturizadas ao extremo, e avançaram o suficiente para oferecer uma boa experiência. Antes estávamos com déficit em hardware ou não tínhamos bons conceitos. Agora finalmente avançamos para tanto, inclusive o Windows vai rodar após em processadores ARM ainda neste ano, até estes chips só serviam principalmente para smartphones e tablets com sistemas operacionais móveis.

No entanto, atualmente existe uma maior concorrência. Não falo apenas dos smartphones, um mercado que já está saturado. Falamos sobre ultrabooks e laptops ultraportáteis que podem ser muito mais confortáveis. Falamos ainda de híbridos como o Surface e seus clones.

O Windows Club já está velhinho, nós acompanhamos o Windows Mobile desde os Pockets PCs. Seria muito interessante algo com a potência do GPD Win e que funcionasse como um smartphone também. Esperamos que com advento o “Windows 10 in ARM” tudo isso aconteça.

Neste contexto, o Pocket PC está ressurgindo no mercado. Você gostaria de um? Acha bacana ter um PC completo no seu bolso? Saudade do Pocket PC de raiz? Já usou algum?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.