Carregando...

Sony critica a retrocompatibilidade: “muito requisitada, mas pouco usada”

Red-Dead-Redemption

A retrocompatibilidade permite rodar games de gerações mais antigas nos consoles da geração atual, totalmente sem custo, caso você já seja dono do jogo, obviamente. Isso parece ser bacana não é? Bem, a Sony não concorda ou ao menos é isso que sugerem os comentários recentes do chefe da PlayStation da Europa, Jim Ryan.

“Quando nós flertamos com retrocompatibilidade, eu posso dizer que este é um dos recursos que são muito requisitados, mas não usados muito de fato”, disse o executivo, em entrevista à revista Time.

“Além disso, eu estava num evento de Gran Turismo recentemente onde eles tinham games de PS1, PS2, PS3 e PS4. E os jogos de PS1 e PS2, eles pareciam antigos, por que alguém iria jogar isso?”, alega Ryan.

Contudo, um pouco contraditoriamente, a própria Sony criou o serviço PlayStation Now para jogar títulos do PS3 via streaming.

Outro fator que cabe salientarmos, as vendas de jogos do Xbox 360 que são retrocompatíveis no Xbox One aumentaram significantemente, e isso talvez vá de encontro com o que o executivo da Sony tenha dito.

Será que remasterizações ou streaming via nuvem são mais cobiçados pelos jogadores do que a retrocompatibilidade? A Sony acertou?

Via: Gamespot

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.