Carregando...

Temos as notas! Death Stranding “salvou” o PS4 em 2019?

Bem, antes de mais nada queremos deixar claro que notas não é parte mais significativa a respeito de determinado produto, vimos por exemplo Overwatch com média de 7.3 se tornar GOTY (jogo do ano) e o filme do Coringa ter notas medíocres da mídia (58) e quebrar recordes de faturamento. Contudo, ainda assim, é sempre bom ver a opinião dos especialistas na área.

Hoje, o embargo de Death Stranding do mítico Kojima foi quebrado, e temos as principais notas do site. Será que ele é capaz de salvar o PS4 em 2019? Dizemos isso pois, diferente de 2018 com God of War e SpiderMan, o console da Sony em seus exclusivos recebeu muitas notas amarelas ao longo deste ano: Erica (69), Days Gone (71), MediEvil (69) e Concrete Genie (75).

Cabe destacar que, Death Stranding é um jogo com exclusividade temporária para o PS4, e já no próximo ano será lançado para o PC. Então, ainda assim, resolvemos colocá-lo na lista de jogos dos consoles da Sony.  A pergunta do dia é salvou ou não salvou?

Abaixo, confira as notas dos principais sites:

  • GameSpot 9
  • Jeuxvideo 9
  • EZA 8
  • Destructoid 8
  • Game Informer 7
  • IGN 6.8
  • USG 3.5/5
  • GamesRadar 3.5/5
  • VGC 3/5

Alguns comentários:

Polygon

“Death Stranding parece dois jogos em um. Um deles é uma […] aventura de mundo aberto totalmente única, com multijogadores cooperativos assíncronos […] e o outro é um filme longo, confuso e profundamente estranho “.

Stevivor

Death Stranding é um pedaço irrecuperável de lixo que deve servir de aviso aos editores que dão aos desenvolvedores carta branca para criar ‘arte’.

Gamespot

Death Stranding é um jogo difícil de absorver. Há muitos fios entrelaçados em sua trama, e nomes bobos, momentos brega e exposição pesada desmentem uma mensagem muito simples. Isso acontece muito mais claramente nos momentos mais mundanos do jogo, quando você encontra uma escada desesperadamente necessária deixada para trás por outro jogador ou recebe uma carta de um NPC agradecendo por seus esforços. É positivo sem ignorar a dor; de fato, argumenta tanto na história quanto na jogabilidade que a própria adversidade é o que faz as coisas valerem a pena fazer e a vida valer a pena ser vivida. É um jogo que requer paciência, compaixão e amor, e também é um jogo que realmente precisamos no momento.

Destructoid

O Death Stranding não é o jardim murado inacessível e estranho que a campanha de marketing fez parecer.

IGN

Há um mundo fascinante e aprofundado de ficção científica sobrenatural para apreciar em todo o seu amplo e espetacular mapa, por isso é uma pena que tudo tenha sido sobrecarregado por uma espinha dorsal da jogabilidade que luta para suportar adequadamente seu peso durante todo o curso da jornada.

VG2471

Se você conseguir aguentar, será recompensado com lampejos de brilho, mas esses lampejos são enterrados tão profundamente quanto a história principal é enterrada no diálogo interminável.

A média no Metacritic está variando de 81 para 84 em notas, as opiniões são bem divergentes.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.