The Initiative, novo estúdio Xbox, poder mostrar seu primeiro jogo este mês

O estúdio Xbox recém-criado The Initiative poderá exibir seu jogo no grande show dos próximos jogos do Xbox Series X para o mês de julho de acordo com VGC. Este estúdio nunca mostrou qualquer jogo por ser novato, então muitos estão curiosos para saber o que ele será capaz de fazer.

Fundado em 2018 por desenvolvedores da Crystal Dynamics, Sony Santa Monica, Naughty Dog e muito mais, tem sido muito mencionado que a The Initiative estará trabalhando em um reboot da franquia Perfect Dark para a próxima geração do Xbox Series X.

The Initiative faz parte do movimento interno da empresa para criar conteúdo mais exclusivo para os consoles Xbox e Xbox Game Pass. A Microsoft também gastou uma quantia considerável adquirindo estúdios como Ninja Theory, Obsidian Entertainment, inXile Entertainment, Playground Games e muito mais.

Até agora, apesar dessas aquisições serem recentes, todos os estúdios estão trabalhando em novos projetos empolgantes para os sistemas de próxima geração da Microsoft. Obsidian está criando Grounded e um novo RPG AAA. A inXile Entertainment está criando um RPG de última geração usando o Unreal Engine 5. Ninja Theory está criando Hellblade 2 e Project Mara. Vários outros estúdio estão criando mais jogos.

90 comments on “The Initiative, novo estúdio Xbox, poder mostrar seu primeiro jogo este mês

  1. Caras eu acabei de ver um lance aqui que me deixou MUITO preocupado.

    O jogo Fuser, que eu não faço a menor ideia do que seja, entrou em pré-venda na live por 60 dólares, beleza, padrão.

    Só que o jogo entrou na live BR por R$350!!!!!!

    Eu espero MESMO que isso seja um erro. Porque se o preço dos jogos for para o espaço assim aqui no Brasil, eu vou ter que viver de Games With Gold mesmo.

    1. Fuser é um jogo de música. É os preços vão ser esses mesmo, compre um Xbox série S e assine game pass…

      Fui….

          1. Verdade,

            Acho que nem merecemos o Xbox.

            Se eu fosse a MS teria vazado daqui a muito tempo, e dane-se os BR.

    2. Fifa 21 também tá a R$300 a standard edition. É amigo na próxima geração vou de GamePass e jogos em promoção, comprar no lançamento vão ser raras exceções.

      1. E a edição ultra mega power do FIFA que tá saindo 499 ? kkkkkkk a EA perdeu a noção e vai quebrar (Battlefield 5 mesmo virou um fiasco após várias tentativas sem sucesso e a EA abandonou)

    3. Se converter o dólar vai ver que o valor é próximo, o que sobra é imposto, comprei COD MW a 280, e 33,02 foi custo de impostos, na real sem impostos era pra ter saído 246,98. A carga tributária de tudo no Brasil ta pesada, e o governo descobriu uma mina de ouro no mercado de games.

    4. Por essas e outras que eu to pensando seriamente em ir pro Pc nessa geração.. o custo inicial é maior mas pra manter é mais barato q console, e com jogos tanto do Xbox como do PS indo pro Pc da pra aproveitar de tudo

  2. Estou com grandes expectativas com esse estúdio.
    Com toda bagagem desses funcionários acredito que não irão nos decepcionar e irão nos apresentar algo espetacular!

    Como eu queria dormir hoje e só acordar no dia do evento da Microsoft hahaha…

    1. Mais 9 exclusivos pra ps5, todos anunciados hj. Já pode chorar.

      Sony revela PlayStation Indies, uma iniciativa para apoiar novos jogos
      Sony pretende anunciar nove jogos ao longo desta quarta-feira (01)

      1 de julho de 2020 por Vinícius Paráboa

    1. Comprar estúdios pra q?

      Mais 9 exclusivos pra ps5, todos anunciados hj. Já pode chorar.

      Sony revela PlayStation Indies, uma iniciativa para apoiar novos jogos
      Sony pretende anunciar nove jogos ao longo desta quarta-feira (01)

      1 de julho de 2020 por Vinícius Paráboa

        1. Jogaço cara confesso que demorei pra zerar kkk tô ansioso pra anunciarem a data de lançamento daquela DLC dele nesse evento de julho.

  3. “A comunidade indie se torna cada vez mais importante para o futuro da indústria dos games, já que o desenvolvimento de jogos AAA se tornou tão caro que está cada vez mais difícil das grandes empresas se arriscarem a investir em novos conceitos. Confiamos nos desenvolvedores indie, para nos mostrar ideias nunca vistas, criando gêneros e avançando a arte” – Shuhei Yoshida

    Pelo andar da carruagem… acho melhor sonystas já se acomodar nos Indies kkkkkk. (Oque eles tanto temiam). Pela fala do Yoshida me parece que é só oque terão daqui pra frente!

    1. Agora os Sonystas vão ter que começar a idolatrar os indies que eles tanto odiavam…
      https://www.gamevicio.com/noticias/2020/07/shuhei-yoshida-apresenta-a-iniciativa-playstation-indies/

    2. Boa! Eles já estão jogando um indie (Tloup2) e esse mês ainda vem mais um: Ghost of Tsushima. O PS5 também virá com outro: um tal de Horizon sei lá o quê!
      Não tá fácil ser sonista com esses indies todos!
      Obs: estou adorando O AAA bledding edge, e aguardo ansiosamente Grounded e o ultrarealista Battletoads.
      #not2013 #xboxacasadoAAA

      1. TLOU2 é aquele joguinho que a Sony extorquiu a mídia “parcial” para dar notas altas? e o Ghost of Tsushima? seria aquele jogo que nem lançou e já recebeu um downgrade gigantesco?

        Vou nem falar nada de Bugsnax…

        1. Caramba, quanto rancor e inveja no seu comentário! Que sentimento feio! É só comprar um PS e jogar também, amigo. Que carga pesada você está carregando em seus ombros! Desabafe, amigo. Conte mais sobre essa conspiração mundial pró PlayStation. Sou todo ouvidos!

        1. Pra quem curte exclusivos da Sony, no caso single player é um prato cheio, agora pra quem tá pouco se lixando pra exclusivos e que é só um plus pro console, o Xbox vale mais a pena, alguns exclusivos da Sony (poucos na minha opinião) são realmente muito bons, mas comprar um console pra usufruir de 3 ou quatro exclusivos em 7 anos de geração eu acho loucura, prefiro comprar o novo PS5 na internet com Bundle de exclusivo, terminar em 1 semana e devolver do que me prender a uma empresa que só começa a liberar jogos bons no fim da geração

    3. A microsoft já percebeu isso, que os jogos são caros para se produzir, e que o flop de um jogo, é milhões jogado fora. A solução é o gamepass, não importa se o jogo flopar ou não, o jogo está no serviço e com o dinheiro das assinaturas o jogo se paga. È o que a netflix faz, uma receita constante o ano todo .Isso da liberdade aos studios, e financia novos jogos. O próprio negocio se financia

    4. Lugar de INDIES é no x box. Iniciativa maravilhosa da sony da suporte aos desenvolvedores, enquanto os estúdios first party produzem TRIPLOS A e GOTYS pra nós

    5. É verídico isso aí mano kkk mas a Sony tá certa, melhor investir em jogos indielandia de baixa renda do que gastar milhões em jogos como Death Stranding e Days Gone e flopar.

      1. Eu acho que pra evitar riscos, criar uma versão Indie do game e ver o que vai dar, se estourar vendas cria-se um AA ou AAA, ainda que estes vão ser valores arrecadados da versão Indie (ou boa parte do valor)

    6. Primeiro, essa cultura dos sonystas em rechaçar jogos “indies” (sem nem saber do conceito da palavra) é uma idiotice. Sinceramente, hoje em dia eu prefiro muito mais ter mais experiências diversificadas em jogos menores do que ter que jogar um ou dois jogos maiores por mais tempo. E eu não quero entrar no mérito da qualidade dos jogos em si; pois jogos indies de qualidade existem e são muitos. E noutra perspectiva, essa indústria de jogos indies é a que entregará novos e grandes estúdios no futuro.

      1. É um erro associar Indie com algo de baixo orçamento. Na verdade a palavra indie se refere a algo independente.

        Investimento e dinheiro é uma coisa, ser independente é outra.

        CD Project RED é um estúdio independente, Sim witcher 3 é um índie… Porém tem orçamento alto.

        1. Não. CD project Red é uma desenvolvedora que publica seu próprios jogos. Tal como Squareenix ou Ubisoft.

          A Remedy é uma desenvolvedora indie. E para publicar seu jogo (Control) precisou de uma ou publisher (505 Games)
          A Platinum é uma developer indie que precisa de uma publisher (como a Sega em Bayonetta)

          1. ” CD project Red é uma desenvolvedora que publica seu próprios jogos.”

            -Então ela é independente, é indie… Utiliza capital e recursos próprios… Mas concordo contigo, é discutível isso.

            “A Remedy é uma desenvolvedora indie. E para publicar seu jogo (Control) precisou de uma ou publisher (505 Games)”

            -Sim, concordo.

            “A Platinum é uma developer indie que precisa de uma publisher (como a Sega em Bayonetta)”

            -Sim, concordo.

            Você pegou bem a lógica, é isso mesmo…

  4. Playstation Indie.
    Playstation Cartoon.
    Playstation 30 FPS.
    Playstation digital.
    Playstation no PC.

    O melhor disso tudo é que quem tá quebrando as pernas dos sonystas é a própria Sony

  5. Os caras estão tão bitolados em poder que usam a palavra errada até no título da matéria. Enfim…
    Não creio que um estúdio formado por refugos ex PlayStation traga algo de relevante. Bem, talvez para o nicho Xbox fique de bom tamanho.

  6. Urgente

    A Xbox acaba de anunciar seu Evento de Demonstração do Summer Game Fest, que será ao vivo de 21 a 27 de julho

    Espere mais de 60 novas demonstrações de jogos para os próximos jogos do Xbox (tenha em mente que algumas delas são ‘demonstrações de chão de show’ e não tão polidas quanto as demonstrações habituais)

    Vai ser uma semana de Xbox para o desespero do Sonysta kkkk.

    Quem tem conteúdo é assim.

  7. Pessoalmente eu não ligo pra até que o jogo seja revelado. Hype vazio não faz bem pra comunidade Gamer. Melhor só se surpreender quando chegar a hora.

  8. Pessoalmente eu não ligo pra até que o jogo seja revelado. Hype vazio não faz bem pra comunidade Gamer. Melhor só se surpreender quando chegar a hora.

  9. É um erro associar Indie com algo de baixo orçamento. Na verdade a palavra indie se refere a algo independente.

    Investimento e dinheiro é uma coisa, ser independente é outra.

    CD Project RED é um estúdio independente, Sim witcher 3 é um índie… Porém tem orçamento alto.

    Reply

  10. Só adicionando e lembrando:

    Quem critica e fala mal dos desenvolvedores Indies com desdém: SÃO SÓ OS SONYSTAS.

    isso é desde a época do ps3…

    Não se passa na cabeça destes seres, que estes desenvolvedores, tem família pra sustentar, as vezes arriscaram suas carreiras em prol de uma ideia,e que inclusive, muitas ideias podem ser geniais?

    Quando falo que sonysta é o câncer do mundo gamer, ninguém acredita… Tóxicos pra caramba… Eles acham que jogo bom é só se for de alto orçamento.

    Compram o console pra jogar meia dúzia de jogos e depois anunciam no OLX kkkkkkkkkk… Patéticos.

  11. O que particularmente eu mais queria com a parceria da Sony em utilizar os servidores da Microsoft seria um crossgen unificado, pra todos os jogos, poder adicionar a ID Sony de um amigo no Xbox ou uma gamertag no PS e criar um grupo crossgen pra jogar seria perfeito. Pena que as empresas só pensam nelas, se pensassem mais nos seus clientes agregando jogos e serviços e liberando algo tão básico que é a comunicação com qualquer plataforma, seria outro nível jogar, seria uma rede global de jogadores de verdade.

  12. olha na boa,esse estudio,com todas estas contratações,vai recriar perfect dark??? um shooter? esse é o novo the next big game? perfect dark,nunca teve impacto algum,sei não hein

  13. Minha expectativa é ver um reboot de Perfect Dark em terceira pessoa com elementos stealth, focado em espionagem. Assim como também gostaria de ver um reboot de Fable pelas mãos da Playground. Deixaria pra InXile, Obsidian e Compulsion trazer novas IPs para a plataforma. Mas se a Playground e The Initiative estiverem trabalhando em novas IPs também estará ótimo, o importante é que eu quero ver jogos de alta qualidade como eu imagino que sejam. To com expectativa alta pra esses estúdios!

  14. The Initiative promete muito, mas, ao meu ver, deveriam criar uma IP nova e não um reboot ou remake. Enfim, coisa boa sairá dali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *