Vulnerabilidade recém-descoberta no WhatsApp não afeta o Windows Phone

whatsapp-destacada

WhatsApp continua a ser o aplicativo líder de mensagens instantâneas, porém sabe-se dos graves problemas de segurança que tem apresentado, uma vez que foram descobertas muitas vulnerabilidades. Uma das falhas mais recentes está relacionada a criptografada entre dois usuários, uma vez que a mensagem pode ser interceptada e ter seu conteúdo revelado, mas, felizmente, a equipe já está trabalhando para resolver a questão.

O The News Hacker descobriu uma nova vulnerabilidade que bloquear completamente o aplicativo através do envio de uma mensagem com 2000 caracteres e 2 KB de tamanho. Essa vulnerabilidade afeta apenas o sistema operacional Android, deixando o Windows Phone e o iOS isentos deste grave problema, uma vez que na maioria dos casos, é necessário reinstalar o aplicativo.

Mais uma vez é demonstrado o excelente nível de segurança do Windows Phone como vimos antes no Pwn2Own 2014 sendo o único sistema operacional móvel que não foi possível invadir e controlá-lo.

[youtube]yqU9-eRj5Cc[/youtube]

O WhatsApp tem melhorado consideravelmente em suas últimas atualizações, especialmente com a compatibilidade do Windows Phone 8.1. Esperamos que em breve receber uma nova atualização e incorpore mais recursos interessantes presentes na versão beta.

A mensagem maligna que faz o WhatsApp do Android, para evitar “trolagens”, é melhor não divulgar.

3 comments on “Vulnerabilidade recém-descoberta no WhatsApp não afeta o Windows Phone

  1. IOS não está isento dessa “mensagem maligna”, tem código pra travar ele também… Pelo menos um amigo meu mandou no grupo do whatsapp uma mensagem que travou o iPhone ( fez isso pq o dono do iPhone tinha mandado o código do Android antes kkk ). E eu só vendo a presepada rindo pakas

    1. Vc poderia me mandar essa msg? Li q essa msg era feita com caracteres especiais, como não encontrei fiz uma, funciona, trava Android mais eu queria vê a original
      21981653708

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *