Carregando...

Xbox Series X já tem um valor melhor que o PS5 – eis o porquê

O Xbox Series X pode ser o console com maior custo-benefício de todos os tempos. Isso pode parecer uma afirmação hiperbólica à primeira vista, especialmente se a Microsoft anunciar um preço absurdamente alto nos próximos dias. Mas, como está, todos os sinais apontam para o Xbox Series X como um produto que tem um valor para o consumidor realmente bom.

Se você já faz parte do ecossistema do Xbox, a Microsoft está fazendo todo o possível para garantir que você permaneça comprometido com a equipe verde. Mas há também algumas razões muito convincentes que os recém-chegados podem não estar cientes, o que pode influenciar sua decisão sobre qual console comprar. Vamos mergulhar. Esta matéria foi inspirada no Techradar.

Xbox Game Pass – esqueça a pirataria!

Vamos voltar há algumas décadas, quando o Playstation 2 era o queridinho no Brasil por suportar maravilhosamente a pirataria. Os tempos de software ilegal chegaram ao fim, mas não ache que você terá que gastar muito – talvez você gaste até menos do que quando comprava CDs nas feiras do seu bairro ou seus valiosos centavos nas locadoras.

Nós já ensinamos aqui como conseguir três anos de Xbox Game Pass de graça. Além disso, existem diversas promoções que fazem com que você pague cerca de R$ 17 por mês pelo plano “Ultimate” – plano premium.  É muito comum que o cartão de seis meses do Xbox Game Pass custe R$ 119. Dessa forma, você poderá jogar centenas de jogos no Xbox One e PC, e ainda usufrui todos os benefícios da Xbox Live Gold.

A qualidade dos jogos do Xbox Game Pass é alta, e tem jogos mais velhos ou lançamentos. Para que você possa entender a economia disso, por exemplo, The Last Of Us 2 custa R$ 279 para o Playstation 4, é um jogo exclusivo da Sony. É muito caro se comparado com  o salário mínimo do brasileiro. Halo Infinite, principal exclusivo da Microsoft, vai estar de “graça” no Xbox Game Pass.  Com  o dinheiro gasto em três ou quatro jogos AAA na Sony você já compraria um Xbox One S – tem noção disso?

Viver sem Game Pass já não é mais possível, a não ser que você tenha um bolso muito cheio de dinheiro. O lado bacana é que, ele também possibilita que você prove jogos que você nunca provaria. Um exemplo recente foi Minecraft Dungeons que conquistou basicamente a todos que o jogaram – ao menos de acordo com os comentários dos nossos leitores.

Os exclusivos do Xbox estão incluídos no Xbox Game Pass

O Xbox One foi justamente criticado por seus exclusivos nesta geração, mas isso não significa que não tenha tido nenhum título de destaque. Alguns jogos cresceram ao longo do tempo em franquias de sucesso, como Sea of ​​Thieves, e o Forza Horizon 4 é sem dúvida é o melhor jogos de corrida desta geração. Mas se um exclusivo é bom ou não é inteiramente subjetivo. O que mais importa é jogar e formar sua própria opinião (muitos gostaram de Crackdown 3, por exemplo, que a crítica especializada desprezava).

Existem vários títulos que também foram sucesso de notas como Ori (os dois títulos da saga), Cuphead, Quantum Break, Sunset Overdrive, Gears 5, Halo 5: Guardians, franquia Forza Motorsport e por aí vai. Entretanto, os destaques desta vez são para os vários estúdios que a Microsoft adquiriu.

Agora, a Microsoft possui muitos estúdios que estão com equipes sendo reforçada para oferecer jogos. A grande maioria trabalha em títulos menores e títulos AAA – aqueles com orçamento caro. Halo Infinite, por exemplo, pode ser o jogo mais caro de toda a história.

Algo que a Microsoft se destaca é a variedade, ela tem estúdios para todos os gostoso, e não apenas para gêneros narrativos em terceira pessoa. Vale a pena demais curtir os exclusivos da Microsoft, além de grandes nomes de terceiros no Xbox Game Pass por uma valor mensal de um lanche na padaria.

Retrocompatibilidade

Um dos piores aspectos da geração PS4 e Xbox One foram os enxames de remasters, remakes e lançamentos apressados que os desenvolvedores tiveram que fazer graças a falta de retrocompatibilidade. É improvável que isso mude no PS5 e no Xbox Series X, mas pessoalmente estou cansado de pagar por jogos um pouco mais bonitos que já possuo.

Claramente, a Microsoft entende esse sentimento, pois seu programa de retrocompatibilidade tem sido uma lufada de ar fresco para a indústria, que muitas vezes parece que seu único foco é espremer você a cada centavo que você tiver.

O Xbox Series X não só suporta centenas de jogos Xbox 360 e Xbox Original no lançamento, como também os aprimora substancialmente. A Microsoft já sugeriu como os jogos podem se beneficiar do poder de seu novo console, aumentando as taxas de quadros e a resolução de títulos mais antigos, além de adicionar retroativamente o HDR. E já vimos isso no Xbox One X, onde jogos como Red Dead Redemption e Final Fantasy XIII foram aumentados para 4K, fazendo com que pareçam novíssimos novamente.

A Sony, por outro lado, não tem sido tão promissora no que diz respeito à retrocompatibilidade. Não sabemos como será a retrocompatibilidade do PS4 no PS5, mas é improvável que haja suporte para jogos PS1 e PS2 que não sejam através de relançamentos digitais, e os jogos PS3 provavelmente serão reservados para streaming através do PS Now, que não é é uma ótima experiência. Tanto é que um dos maiores destaques dos jogos para o Playstation 5 foi um remaster/remake de Demon’s Souls do PS3.

Você pode usar os acessórios existentes do Xbox One

Se, como eu, você coletou meia dúzia de controles de edição limitada ou gastou uma porção considerável de alterações no Xbox Elite Wireless Controller Series 2 é bom saber que todos os acessórios do Xbox One também funcionam no Xbox Series X. Isso significa que você não precisará comprar outro controle para os dois jogadores em sua vida e, se você se acostumou à sensação do controle do Xbox One, não precisa mudar nem tão cedo.

Embora saibamos que o controle PS5 DualSense inclui muitos dos mesmos recursos do DualShock 4, como touchpad, barra de luzes, alto-falante e fone de ouvido, não está claro se a Sony permitirá que você use seus controles e acessórios mais antigos da mesma maneira. A Sony poderá exigir que assim como os jogos, você pague novamente por isso também.

O Xbox Smart Delivery oferece a melhor versão de qualquer jogo

Com os consoles da próxima geração aparecendo, os compradores às vezes podem se encontrar em uma posição complicada: eu compro este jogo agora ou aguardo a versão mais sofisticada dos novos consoles? Graças ao Xbox Smart Delivery, essa dor de cabeça comum agora é coisa do passado.

Ao comprar um jogo compatível no Xbox One, você o obtém automaticamente no Xbox Series X. Isso significa que, se você comprar o Gears 5 hoje ou fazer o download como parte do Xbox Game Pass, ele estará disponível no Xbox Series X se você compre o novo console da Microsoft. O mesmo se aplica se você quiser jogar um jogo do Xbox Series X no seu Xbox One. Comprou Halo Infinite no Xbox Series X, mas quer jogá-lo no Xbox One, localizado no seu quarto? O Xbox Smart Delivery reconhecerá isso e fornecerá a versão correta do jogo para que você possa jogar o Halo sem sair da cama.

O mais preocupante é que não sabemos se esse será o caso do PlayStation 5, pelo menos parece que está sendo deixado para os desenvolvedores decidirem mais do que tudo. Com a Sony já afirmando que está projetando jogos exclusivamente para o PS5, é difícil ver qualquer título do PS5 sendo jogável no PS4, e embora alguns jogos possam ser atualizados para o PS5, já sabemos que a Microsoft prometeu jogos como Destiny 2, Yakuza: Like a Dragon, o Gears 5 e o Assassin’s Creed Valhalla suportam o Xbox Smart Delivery.

Xbox One tem vida mais longa

A Microsoft afirmou que seus jogos do Xbox Series X serão portado para o Xbox One ao menos pelos próximos dois anos. E porque isso é benéfico? Bem, isso é outra aula de respeito ao consumidor. Imagine, um dia seu Xbox Seris X ficará velho, mas ainda assim a Microsoft vai prolongar o seu suporte.

Após o PS5, a Sony já disse que não lançará mais jogos para Playstation 4, já que, segundo ela, quer aproveitar todo o poder da máquina. Até agora não vimos jogos exclusivos do PS5 que não pudessem rodar no PS4 de forma adaptada.

Sem dúvida alguma, um console da Microsoft tem maior longevidade para receber novos jogos, e isso é uma coisa boa, certo?

Xbox Play Anywhere é um bônus para jogadores de PC

O Xbox Play Anywhere já existe há algum tempo, mas é negligenciado criminalmente em termos do custo-benefício que oferece. Se você comprar a versão digital de um jogo compatível com o Xbox Play Anywhere, será a sua proprietária no Xbox One e no PC – compre um e leve dois. Os títulos do Xbox Play Anywhere também oferecem suporte para salvamento cruzado, para que você possa levar seu progresso para o PC ou console, dependendo de onde deseja jogar.

Você pode não possuir um PC ou simplesmente preferir jogar no console – no entanto, obter algo de graça nunca é uma coisa ruim, e existem alguns títulos notáveis ​​que suportam o serviço, como Resident Evil 7 e Cuphead. A Sony costumava ter um esquema semelhante ao PlayStation Vita, mas desde que parou de oferecer suporte ao seu dispositivo portátil agora extinto, não há nada a mais com a compra de um jogo digital no console da Sony.

Comprar um jogo e ganhar uma cópia grátis no PC, isso é algo ruim? Não tem como não gostar.

Projeto XCloud pode ser um divisor de águas

A Microsoft prometeu combinar o Project XCloud, seu próximo serviço de streaming em nuvem, com o Xbox Game Pass, o que faz todo o sentido. A perspectiva de jogar em qualquer dispositivo através do poder da nuvem oferece aos jogadores outra maneira de aproveitar os jogos do Xbox.

A Sony foi rápida no cenário de jogos em nuvem com o PS Now, mas o serviço enfrentou críticas por ser muito caro e a experiência geral ser instável. A Sony também usa o serviço para transmitir principalmente jogos de PS3 com resultados mistos. Eu mesmo experimentei a versão beta do Project XCloud e, apesar das queixas usuais que os jogos em nuvem podem trazer, como artefatos visuais e a estranha interrupção na qualidade da conexão, isso me deixou consideravelmente impressionado.

Os jogos na nuvem ainda não estão prontos para adoção em massa (desculpe, Stadia), e a Microsoft está ciente disso. Mas, por incrível que parece, é possível jogar isso no 4G aqui no Brasil. Acredite, você vai se surpreender.

Conclusão

Note como a Microsoft possui um combo muito mais favorável aos jogadores. O investimento da empresa nunca foi tão alto nesta área. Lembre-se o Xbox Series X é o console mais poderoso do mundo, a retrocompatibilidade dele é perfeita, viver em um mundo sem o Xbox Game Pass (para consoles, no PC ainda é beta) é muito difícil e além do mais, você já vai estar preparado para os benefícios do futuro na nuvem com o Project xCloud.

Jogar jogos no lançamento? Xbox Game Pass faz isso para você, e você não precisa ser rico. Jogos com poder máximo, sem se perdê-los ao mudar de gerações. Após você se acostumar com tantos benefícios, ficará difícil se mudar para qualquer outro console que não seja o Xbox. A Microsoft é definitivamente a empresa mais pró-consumidor da indústria dos games. Divirta-se sem limites sem perder um rim.

Não esqueça de compartilhar esta matéria com seus amigos que estão em dúvida entre Playstation e Xbox One. Você pode salvar o bolso deles.

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.