Carregando...

A Microsoft compra a Konami? Um boato assustador sugere isso

A Microsoft comprou a Konami? Desde que a Konami anunciou que Silent Hill não seria exclusivo da Sony, todos os tipos de rumores sobre o destino das franquias começaram a se espalhar. Inicialmente, o portal Rely on Horror garantiu que a Sony seria dona das principais sagas da Konami, afetando Silent Hill, Castlevania e Metal Gear. O primeiro teria dois jogos; um reboot da saga e uma sequência episódica. Além disso, o site observou que Silent Hills, o jogo da Kojima Productions, poderia ser um desses projetos. Finalmente, foi a própria Konami que negou os rumores, embora simplesmente afirmasse que o acordo não ocorreria nos termos indicados pela web.

Agora, tudo virou para o lado da Microsoft. Pelo menos, isso é garantido por um rumor que começou a se espalhar no Twitter. Mesmo que seja um boato simples e não haja base para dar credibilidade, seria incrível se algo assim acabasse acontecendo. O tweet refere-se a um documento publicado no site da Pastebin em 4 de março, que descreve o contrato da seguinte forma:

“Hoje, entre 22h e meia-noite (EST), a Microsoft concluirá a compra do catálogo completo da Konami. O acordo em que eles estão trabalhando será muito caro para a Microsoft, que financiará sozinha uma nova instalação para a Konami. A empresa japonesa quer que eles realizem atividades de pesquisa e desenvolvimento em dispositivos “slot”.

A Microsoft continuará pagando royalties à Konami por todos os jogos que a empresa japonesa já lançou, incluindo futuros remasters. Somente os novos jogos, criados do zero, oferecerão à Microsoft cem por cento dos benefícios. A Konami também manterá os direitos de criar um novo hardware de slot com base nos +18 jogos de classificação lançados anteriormente.

Segundo o contrato, a Microsoft poderá manter os funcionários que foram potencialmente demitidos após a venda para desenvolver um estúdio em Chou, Tóquio. A Konami também atuará como epicentro do “Xbox Game Studios Tokyo”, por 12 a 18 meses, permitindo que eles usem o segundo andar de suas instalações atuais. Tudo isso enquanto a Microsoft finaliza seus planos de mudar ou construir seu novo espaço “.

Sabemos que a Microsoft quer ao menos um estúdio japonês e tem investido pesadamente para adicionar jogos para este público no Xbox Game Pass, entretanto, a longo prazo, sai muito melhor para a Microsoft comprar estúdios do que depender de terceirizados. Será que Konami venderia seus IPs?

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.