Carregando...

Microsoft registra duas marcas de possíveis jogos futuros

A Microsoft registrou recentemente duas marcas a seu favor, ambos os títulos não são novos, mas isso mostra que a Redmond tem interesse em dar seguimento a essas franquias. Na E3 2019, a empresa anunciou dois novos estúdios para a Xbox Game Studios que são Double Dine e Age of Empires. E justamente o primeiro tem IPs que vamos abordar nesta notícia.

Não custa nada lembrar, a Double Fine Productions foi fundada em 2000 pelo ex-designer da LucasArts, Tim Schafer. É talvez mais conhecido por jogos de aventura como “Broken Age” e “Grim Fandango Remastered”, junto com o clássico cult de plataformas “Psychonauts”, que atualmente receberá uma sequência para 2020 confirmada também para o Xbox Game Pass. A pegada desse estúdio é essa criar jogos mais descontraídos e divertidos.

Agora, dois de seus IPs passaram por aprovação no site de exibe os registro de marcas Trademark, e eles são: BrutalLegend e Broken Age. Quanto ao primeiro, uma sequência parece que não chegará tão cedo, mas está nos planos, assim disse Schafer em entrevista recente.

Quanto ao Broken Age, temos uma grata surpresa, seria muito interessante vermos a continuação desse jogo já que teve uma recepção muito positiva, os usuários do Steam recomendam muito – apesar da nota 73 no Metacrict. BrutalLegend também teve uma recepção positiva desde o Xbox 360, e alcançou uma ótima nota 82 no Metacrict. Sabemos que a recepção do público vale mais do que qualquer coisa, e ambos  certamente agradaram.

A Microsoft entrou em uma onda de aquisições no ano passado, adicionando vários estúdios promissores ao seu portfólio, e já no próximo mês veremos ao menos dois jogos da Xbox Game Studios: Rad (Double Fine) e The Bard’s Tale (inXile Entertainment). Após a aquisição da Double Fine, o número total de estúdios que atualmente trabalham com a Microsoft subiu para 15.

 

Fonte

Jorge Henrique
Sou advogado, jornalista e fã da plataforma Windows há cerca de 10 anos. Faço cobertura em eventos e estou diariamente atento a respeito do universo da Microsoft no que tange aos produtos para os consumidores. Respondo como editor-executivo do Windows Club. Estou no Facebook e no Instagram a sua disposição.